Topo

Testes e lançamentos


Novo Renault Sandero ganha traseira inédita, airbags laterais e câmbio CVT

Vitor Matsubara

Do UOL, em Campinas (SP)

24/07/2019 10h10

Resumo da notícia

  • Hatch tem reestilização com lanternas inspiradas no Mégane europeu
  • Versões com motor 1.6 ganham opção de câmbio CVT
  • Carro está mais seguro: 4 airbags e Isofix em todas as versões

O Renault Sandero está longe de ameaçar os líderes Chevrolet Onix e Hyundai HB20 nas vendas. Mesmo assim, o hatch é peça fundamental na estratégia da marca que é a quarta maior no ranking de emplacamentos no ano. É por isso que a fabricante se apressou para renovar seu hatch antes da concorrência.

O Sandero 2020 praticamente não mudou na dianteira. A grade muda de aparência de acordo com a versão, mas preserva as formas básicas da última reestilização. O desenho do para-choque também é novo e os faróis ganharam guias de LEDs.

As alterações mais profundas aconteceram na traseira, com novas lanternas que invadem a tampa do porta-malas. O prolongamento não é meramente estético, já que as luzes realmente funcionam.

Segundo a Renault, a inspiração foi o Mégane europeu, mas é difícil não pensar no visual do Fiat Argo. Seja como for, o resultado agrada mais pessoalmente do que nas fotos, especialmente nas versões com lentes fumê.

Veja abaixo os preços e itens de série das versões do Sandero 2020:

+ Life 1.0 (R$ 46.990): quatro airbags (dois frontais e dois laterais), ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix, direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, chave canivete e rodas de 15 polegadas.

+ Zen 1.0 e 1.6 (R$ 49.990 / R$ 55.990): acrescenta central multimídia Media Evolution, volante com comandos de som e telefone no volante, sensores de estacionamento traseiros, banco do motorista com regulagem de altura, computador de bordo, coluna de direção com regulagem de altura, alarme, vidros elétricos com função "um toque" e sistema start-stop (apenas na versão com motor 1.6).

+ Zen CVT X-Tronic (R$ 62.990): todos os itens da Zen manual mais câmbio automático CVT X-Tronic, controle de estabilidade (ESC), assistente de partida em rampas, rodas de 16 polegadas com calotas e molduras nas caixas de roda.

+ Intense CVT X-Tronic (R$ 65.490): todos os itens da versão Zen CVT mais ar-condicionado digital, câmera de ré, faróis de neblina, vidros traseiros elétricos, retrovisores elétricos, piloto automático com limitador de velocidade e rodas de liga leve de 16 polegadas diamantadas.

+ R.S. 2.0 (R$ 69.690): todos os itens da Zen manual mais assistente de partida em rampas, controle de estabilidade (ESP), ar-condicionado digital, câmera de ré, retrovisores elétricos, vidros traseiros elétricos, piloto automático com limitador de velocidade e rodas de liga leve de 17 polegadas na cor preta com acabamento diamantado.

Mais requintado e seguro por dentro

Pouca coisa mudou por dentro, como novas opções de revestimento. O novo volante tem boa empunhadura e a versão Stepway traz acabamento mais esmerado com faixas de tecido ou couro nos painéis das portas.

A lista de equipamentos ganhou importantes reforços, como a central multimídia Media Evolution que agora suporta os sistemas operacionais Android Auto e Apple CarPlay. O Sandero também evoluiu em segurança, ganhando airbags laterais frontais e ganchos para fixação Isofix em todas as versões.

A nomenclatura das versões segue o novo padrão global da Renault: Life, Zen, Intense e Iconic. Já as motorizações são as mesmas 1.0 de três cilindros e 1.6 16V de quatro cilindros. A novidade está na oferta do câmbio CVT X-Tronic nas versões mais caras de Sandero, Logan e Stepway - que são identificadas externamente pelas molduras em plástico preto nas caixas de roda nos dois primeiros modelos.

Estas configurações vêm ainda com controle de estabilidade e assistente de partida em rampas, itens oferecidos também na versão esportiva R.S., que incorpora o mesmo visual do restante da gama.

Como anda?

Fosse um vinho, o Sandero estaria em sua melhor safra. A fabricante já havia solucionado antigos problemas do modelo, como o acabamento espartano demais (ok, ele continua simples, mas evoluiu em relação ao modelo de alguns anos atrás). Lembre também de alguns itens incomuns para um carro desta categoria (e até de segmentos superiores), como o amortecedor que sustenta o capô. É só olhar a quantidade de carrões (nacionais e importados) que ainda dependem da arcaica vareta para segurar a tampa...

Desta vez, a Renault investiu novamente no interior, trazendo novas opções de revestimento e um mecanismo decente para regular a altura para a coluna de direção. Agora ela não "despenca" mais quando o motorista puxa a alavanca para mudar a posição do volante. Faltou só a direção ficar um pouco mais leve para facilitar as manobras.

De todo jeito, estes pequenos detalhes melhoraram sensivelmente a vida a bordo. O câmbio CVT, enfim, trouxe um pouco de conforto nesta geração do Sandero - o modelo descontinuado em 2014 tinha a antiquada transmissão automática de quatro marchas (a mesma de Duster e Captur), enquanto a geração atual tinha o mal sucedido câmbio automatizado Easy'R.

A caixa X-Tronic é a mesma dos modelos Nissan (como March e Versa), mas recebeu uma calibração específica para o Sandero. Não adianta esperar agilidade, até porque nenhum câmbio CVT nasceu para ser esportivo. Porém, a caixa dá conta do recado para aquilo que ela serve, ou seja, proporciona conforto no caótico trânsito urbano.

Stepway e Logan também mudam

O Stepway (que abandonou o nome "Sandero" há alguns anos) acompanha as novidades do Sandero, mas tem alguns detalhes a mais. O aventureiro traz dianteira com detalhes cromados, apliques plásticos na parte inferior dos para-choques na cor prata e lanternas com lentes escurecidas - como na versão R.S.

O modelo é oferecido exclusivamente com o motor 1.6 SCe, nas versões Zen (a única com câmbio manual), Intense e Iconic, estas duas últimas com transmissão CVT.

Veja a seguir as versões e preços da linha Stepway 2020:

+ Stepway Zen 1.6 (R$ 61.190): quatro airbags (dois frontais e dois laterais), ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix, direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, sistema start-stop, travas elétricas, chave do tipo canivete e rodas de 16 polegadas.

+ Stepway Intense 1.6 CVT X-Tronic (R$ 70.990): todos os itens da versão Life mais central multimídia Media Evolution com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, volante com comandos de som e telefone, sensores de estacionamento traseiros, banco do motorista com regulagem de altura do banco, computador de bordo, alarme, coluna de direção com regulagem de altura, vidros elétricos com função "um toque" e rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento diamantado.

+ Stepway Iconic 1.6 CVT X-Tronic (R$ 73.090): todos os itens da versão Intense CVT mais bancos de couro, sensor de chuva, sensor de luminosidade e rodas de liga leve de 16 polegadas com pintura biton e acabamento diamantado.

Já o Logan praticamente preservou o design de seu antecessor: faróis e lanternas tem o mesmo visual de antes. As versões equipadas com câmbio CVT (Iconic e Intense) se diferenciam pelas rodas de liga leve, molduras plásticas nos para-lamas e suspensão elevada - detalhe este que fez muita gente achar que haveria um Logan Stepway.

Confira abaixo as versões e preços da linha Logan 2020:

+ Logan Life 1.0 (R$ 50.490): quatro airbags (dois frontais e dois laterais), ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix, direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, chave do tipo canivete e rodas de 16 polegadas.

+ Logan Zen 1.0 e 1.6 (R$ 53.490 / R$ 59.490): todos os itens da versão Life mais central multimídia Media Evolution com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, volante com comandos de som e telefone, sensores de estacionamento traseiros, banco do motorista com regulagem de altura do banco, computador de bordo, alarme, coluna de direção com regulagem de altura, vidros elétricos com função "um toque" e sistema start-stop (apenas com motor 1.6 SCe e câmbio manual).

+ Logan Zen CVT X-Tronic (R$ 66.490): todos os itens da versão Zen manual mais câmbio automático CVT X-Tronic, controle eletrônico de estabilidade (ESC), assistente de partida em rampas (HSA), rodas de 16 polegadas Flexwheel e molduras nas caixas de roda.

+ Logan Intense CVT X-Tronic (R$ 68.990): todos os itens da versão Zen CVT mais ar-condicionado automático, câmera de ré, faróis de neblina, vidros traseiros elétricos, retrovisores elétricos, piloto automático com limitador de velocidade e rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento diamantado.

+ Logan Iconic CVT X-Tronic (R$ 71.090): todos os itens da versão Intense CVT X-Tronic mais bancos de couro, sensor de chuva e sensor de luminosidade.

Testes e lançamentos