Topo

Mobilidade


Exército dos EUA testará veículos autônomos comandados a partir de tanques

Bradley Fighting Vehicle - Divulgação
Bradley Fighting Vehicle
Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo

16/07/2019 12h40

O exército dos Estados Unidos anunciou que fará em 2020 um teste de utilização de veículos robóticos em combates. A simulação operacional dos novos sistemas deverá ocorrer em março do próximo ano em Fort Carson, no Colorado. O exercício fornecerá informações para a inteligência do exército sobre os veículos autônomos.

Os veículos atualizados - chamados de Mission Enabler Technologies-Demonstrators, ou MET-Ds - terão grandes recursos de combate, como uma torre remota para uma pistola principal de 25 mm, câmeras de consciência de 360º.

Os veículos são protótipos experimentais e não devem ser colocados em campo, mas podem influenciar outros programas de tecnologia do exército. Um objetivo para os veículos autônomos é descobrir como penetrar áreas adversárias sem colocar soldados em perigo.

"Esta tecnologia não é apenas para permanecer no portfólio, mas também no histórico de esforços", disse o major Cory Wallace, líder do veículo de combate robótico.

Os veículos eventualmente terão kits infravermelhos avançados com um alcance de pelo menos 14 quilômetros.

No final de 2021, os soldados realizarão a fase 2 do teste, com seis MET-Ds, além de quatro veículos robóticos de combate leves e quatro médios substitutos.

Os testes para a fase 3 estão programados para meados de 2023 com o mesmo número de veículos MET-D, mas com quatro veículos robóticos médios e quatro pesados.

Mais Mobilidade