Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Lee Iacocca, pai do Ford Mustang e salvador da Chrysler, morre aos 94 anos

Iacocca comandou a Chrysler e salvou a empresa da falência nos anos 80 - Divulgação
Iacocca comandou a Chrysler e salvou a empresa da falência nos anos 80
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/07/2019 23h58

Resumo da notícia

  • Ex-executivo era um dos grandes nomes da indústria automotiva dos EUA
  • Filho de imigrantes italianos, Iacocca presidiu Ford e Chrysler
  • Além de liderar projeto do Mustang, Lee deu sinal verde para minivans

Lee Iacocca, um dos nomes mais importantes da indústria automotiva norte-americana, faleceu hoje (2) aos 94 anos. As causas da morte não foram reveladas.

Ícone da indústria americana

Filho de imigrantes italianos, Lido Anthony Iacocca cresceu em meio à pobreza e se tornou celebridade em Detroit, berço das grandes montadoras dos Estados Unidos.

Durante sua carreira, Iacocca participou - direta ou indiretamente - de três importantes momentos da indústria americana.

Então na Ford, foi dele a autoria do projeto do Mustang. Presidindo a Chrysler, Lee liderou o plano que livrou a empresa da falência nos anos 80 e deu sinal verde para a produção da primeira minivan da marca. O segmento, inclusive, se tornaria um dos mais rentáveis do país nas décadas seguintes.

Após ser demitido da Chrysler, Lee até tentou fundar uma fabricante de veículos elétricos em 1999, a EV Global Motors. Sem sucesso, o ex-executivo decidiu abraçar ações de caridade.

Iacocca se casou três vezes e passou seus últimos anos de vida em Los Angeles.

Mais Seu Automóvel