Topo

Carros elétricos


Renault Zoe ganha nova geração com mais potência e autonomia... na Europa

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/06/2019 10h17

Resumo da notícia

  • Elétrico agora pode ter até quase 400 km de autonomia
  • Vendida no Brasil, segunda geração roda até 300 km
  • Compacto agora tem painel digital e assistentes à condução
  • Vendas na Europa começam em breve
  • Chegada ao Brasil ainda não foi anunciada

Mal começou a ser vendido oficialmente a clientes pessoa física no Brasil, o Renault Zoe acaba de ter a nova geração revelada na Europa. De acordo com a fabricante, o compacto melhorou em todos os aspectos: a autonomia ficou maior, o espaço interno cresceu, o motor ganhou potência e o hatch incorporou tecnologias de conectividade.

A segunda geração disponível aqui tem preços sugeridos a partir de R$ 149.990 e, atualmente, é o carro elétrico mais barato do país.

Para começar, a Renault informa que o Zoe traz baterias maiores e agora é capaz de rodar até 390 km com uma carga completa no ciclo WLTP (Worldwide Harmonized Light vehicles Test Procedure), contra os 300 km do modelo atual. Também oferece carga rápida diretamente no veículo, sem a necessidade de adaptadores específicos.

O ciclo adotado considera 57% da quilometragem em percursos urbanos, 25% em vias suburbanas e 18% em rodovias.

Mudança profunda na cabine

Além de trazer mais lugar para os ocupantes, a terceira geração do elétrico teve o interior, um tanto espartano no carro atual, bastante reformulado. A marca francesa diz que melhorou os revestimentos, incluindo superfície do painel macia ao toque.

Agora, o Zoe traz quadro de instrumentos digital em tela de dez polegadas de alta resolução e central multimídia em tela vertical de 9,3 polegadas que lembra um tablet -- compatível com Apple CarPlay e Android Auto, oferece na Europa localização de pontos de recarga em tempo real e traz acesso à internet.

O painel digital está disponível desde a versão de entrada, bem como o freio de estacionamento eletrônico, informa a fabricante. Outro destaque: o console central elevado ganhou um nicho para recarga sem fio de celulares.

Visualmente, as linhas da carroceria representam uma evolução no desenho atual: olhando de longe, parece o mesmo carro, mas faróis, lanternas traseiras, para-choques e peças de estamparia são, de fatos, novos.

Quanto ao desempenho, o Zoe ganhou opção de motor com potência de até 100 kW (136 cv), contra 65 kW (88 cv) atualmente utilizado na especificação vendida no Brasil.

No quesito segurança, as versões mais equipadas passam a contar com recursos de condução semiautônoma, como alerta de saída involuntária de faixa, assistente de permanência na faixa, frenagem automática de emergência e alerta de excesso de velocidade, mais estacionamento automático, luz alta automática, reconhecimento de placas de trânsito e alerta de ponto cego.

Ainda não há informação de quando a terceira geração virá ao Brasil.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Carros elétricos