Topo

Testes e lançamentos


Avaliação: novo Peugeot 2008 turbo mantém bom fôlego com câmbio AT6

Vitor Matsubara

Do UOL, em Morungaba (SP)

2019-06-04T07:00:00

04/06/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Câmbio automático de 6 marchas é principal novidade do SUV
  • Primeira reestilização do SUV foi inspirada no 3008
  • Além do THP, carro tem motorização 1.6 16V de 122 cv

O Peugeot 2008 está entre nós há quatro anos, mas raramente é lembrado por quem quer um SUV compacto. Não deveria ser assim: o modelo da Peugeot já tinha design atraente, bom pacote de equipamentos e preços competitivos. O motor da versão Griffe era o eficiente 1.6 THP de até 173 cv, mas faltava um "pequeno grande" detalhe: câmbio automático.

Sem ele o SUV patinou nas vendas e foi deixado para trás. Só agora é que a Peugeot corrigiu o vacilo na versão Griffe THP (R$ 99.990), acompanhado de uma leve reestilização visual. O estilo ficou bem parecido com o do 2008 europeu, embora a filial brasileira jure de pés juntos que há diferenças entre eles. Eu, pelo menos, não consegui encontrar. Mesmo assim, as mudanças conseguiram repaginar o modelo.

Recheio generoso

Bem equipado, o Peugeot sai de fábrica com seis airbags, ar digital com duas zonas, teto solar panorâmico, sensor de chuva, sensor crepuscular, sensores de estacionamento traseiros, bancos com revestimento parcial em couro, câmera de ré, Grip Control (seletor de modos de condução), console central com aplique em preto brilhante e faróis com função cornering lights. entre outros itens.

A cabine preserva a boa posição de dirigir do conceito i-Cockpit, que traz um volante bem menor (e com ótima empunhadura) que o habitual e o painel de instrumentos em posição mais elevada. O acabamento não salta aos olhos como no Jeep Renegade, mas também é superior ao do recém-lançado VW T-Cross.

A central multimídia com tela tátil de 7 polegadas fica em uma posição mais elevada, facilitando a navegação pelas funções. Pena que a entrada USB agora fica do lado da tela em vez de dentro do porta-objetos central, deixando o cabo exposto se você quiser carregar seu smartphone.

Já o espaço interno continua acanhado em relação a alguns rivais, como Honda HR-V. O porta-malas leva 402 litros e não é o mais espaçoso, embora não seja o menor da categoria -- Chevrolet Tracker, Citroën C4 Cactus e Jeep Renegade oferecem menos espaço para bagagens.

Sintonia fina

Mas vamos falar da grande novidade do 2008. Se no passado a própria PSA dizia ser impossível colocar câmbio automático na plataforma do SUV, o que aconteceu, então? "Milagres da engenharia", limitou-se a dizer um porta-voz da fabricante.

Esta, porém, não foi a única incoerência do evento de apresentação do modelo. Inexplicavelmente, a Peugeot limitou o contato dos jornalistas com o 2008 THP apenas a uma pista particular localizada no interior de São Paulo -- o deslocamento da capital até lá foi realizado em uma unidade com motor 1.6 16V.

Apesar do breve contato, foi possível constatar que a transmissão caiu bem no carro: as trocas de marcha são realizadas no tempo certo e as respostas são praticamente iguais frente ao veículo com câmbio manual -- que deixa de ser oferecido na linha 2008. Há aletas atrás do volante para realizar as trocas sequenciais, o que também pode ser realizado por toques na alavanca se assim o motorista desejar.

De resto, o SUV preserva as virtudes e deficiências do projeto de 2015. Resta saber se isso será suficiente para fazer o 2008 recuperar o tempo perdido e, quem sabe, incomodar os líderes.

FICHA TÉCNICA

Motor: 1.6, turbo, quatro cilindros
Potência: 173/165 cv a 6.000 rpm
Torque: 24,5 kgfm a 1.750 rpm
Câmbio: automático de seis marchas; tração dianteira
Velocidade máxima: 209 km/h
0-100 km/h: 8,1 s
Dimensões: 4,16 m (comprimento), 2,54 m (entre-eixos)
Porta-malas: 402 litros (1.172 litros com banco traseiro rebatido)
Preço: R$ 99.990

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Testes e lançamentos