Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

GM lança arquitetura eletrônica de olho em autônomos e elétricos

Cadillac CT5 será primeiro modelo da GM a usar nova tecnologia, no fim do ano - Divulgação
Cadillac CT5 será primeiro modelo da GM a usar nova tecnologia, no fim do ano
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/05/2019 13h13

Resumo da notícia

  • Arquitetura tem 5 vezes mais capacidade de processamento
  • Novidade estreia em modelo da Cadillac no fim do ano
  • Estimativa é que sistema equipe a maioria dos modelos GM até 2023
  • Tecnologia permitirá atualizações do veículo pela internet

Em tempos de carros eletrificados, conectados e dotados de tecnologias de condução autônoma, a robustez e capacidade de processamento de informações é cada vez mais importante na indústria automotiva. Ciente disso, a General Motors anunciou hoje nos Estados Unidos o lançamento de nova arquitetura eletrônica para futuros produtos da montadora.

Concebida para viabilizar uma nova geração de veículos, a arquitetura também foca a segurança ativa e estreia no fim de 2019 na linha 2020 do Cadillac CT5, apresentada recentemente. De acordo com a companhia, até 2023 vai equipar globalmente a maioria dos modelos produzidos e comercializados pela GM.

A transição, portanto, começa em modelos mais caros para ir se estendendo aos demais veículos da empresa.

A General Motors informa que a nova arquitetura é composta por um sistema eletrônico "inteligente" capaz de processar até 4,5 terabytes de dados por hora ou cinco vezes mais do que a tecnologia utilizada atualmente pela fabricante. Contará com velocidade de conexão à internet de 100 Mbs, 1 Gpbs e 10 Gbps.

Destaque: com essa nova plataforma de processamento de dados, os futuros veículos da montadora poderão ser atualizados de forma remota via internet, como em telefones celulares, durante toda a vida útil do automóvel -- essas atualizações vão possibilitar, inclusive, a incorporação de novas funcionalidades e recursos, como já acontece com os modelos da Tesla, por exemplo.

A eletrônica tem cada vez mais relevância em nossos veículos", diz Mark Reuss, presidente mundial da GM. "Nosso novo conceito de arquitetura digital veicular vai dar suporte às inovações futuras em uma ampla gama de avanços, incluindo a democratização dos veículos elétricos e autônomos", completou o executivo, responsável pelo anúncio.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

#Avaliação: como anda o Chevrolet Camaro Conversível 2019

UOL Carros

Seu Automóvel