Topo

Mobilidade


Volkswagen e Ford estão perto de fechar acordo para fazer carros autônomos

Divulgação
Ford já testa protótipos autônomos do Fusion nos EUA por meio da startup Argo AI Imagem: Divulgação

Christoph Rauwald

2019-06-13T10:35:30

13/06/2019 10h35

O Grupo Volkswagen está se aproximando de um acordo para cooperar com a Ford em tecnologia de carros elétricos e veículos autônomos, de acordo com o CEO da VW, Herbert Diess.

As conversas com a Ford estão "progredindo bem" e perto de serem finalizadas, disse Diess em comentários aos quais a "Bloomberg" teve acesso e que foram entregues em uma reunião dos 500 executivos mais importantes da montadora em Wolfsburg, na Alemanha. O pacto, que já inclui picapes e vans, faz parte do plano da VW de adicionar escala e economizar custos para compensar as vendas mais lentas e atingir os requisitos de gastos para desenvolver novas tecnologias.

"Sem uma forte presença nos EUA -- ainda nossa região mais fraca --, os conflitos comerciais globais podem nos colocar em uma situação terrível", disse Diess. "Hoje somos uma empresa fortemente influenciada pela China. Precisamos de um contrapeso nos EUA "

A Volkswagen enfrenta uma desaceleração na China, a maior região de vendas da fabricante, em meio ao aumento das tensões comerciais e ao estreitamento das regras sobre as emissões veiculares. Hoje (13), Diess também pediu que a empresa se tornasse mais ágil e mais valiosa.

A aliança da VW com a Ford provavelmente incluirá investimento na Argo AI, afiliada de tecnologia autônoma da empresa norte-americana , e um acordo pode ser anunciado já em julho, disseram pessoas familiarizadas com as negociações nesta semana. Essa parceria pode rivalizar com a Waymo, afiliada ao Google, e com a unidade correspondente da General Motors em termos de ambição e escopo, disse uma das pessoas.

A parceria da Ford será fundamental para elevar a baixa avaliação da VW, disse Diess, acrescentando que pode haver mais fusões e aquisições no setor.

Uma alta avaliação é "uma importante moeda de aquisição na próxima fase de consolidação do setor", disse Diess aos principais gerentes da VW. É também "uma moeda virtual para parcerias que precisamos para a transformação".

Fusões e aquisições

As rivalidades tradicionais entre as montadoras começaram a cair no esquecimento por conta da cara transição para os carros elétricos. Fabricantes de automóveis estão buscando adicionar escala para pulverizar os custos de veículos a bateria. Enquanto as vendas de carros elétricos estão subindo rapidamente, elas continuam sendo uma fração dos carros de combustão.

Essa tendência é evidenciada pela proposta fracassada da FCA (Fiat Chrysler Automobiles) para uma parceria com a Renault para se tornar a terceira maior montadora do mundo. A Daimler e a BMW se uniram para desenvolvimento de tecnologias de condução autônoma.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Audi: Carros autônomos precisam de estrada boa

UOL Notícias

Mais Mobilidade