PUBLICIDADE
Topo

Na Garagem


5 SUVs que andam como superesportivos e desafiam leis da física

Lamborghini Urus é um exemplo de marcas clássicas de carros esportivos que se renderam à demanda por SUVs - Divulgação
Lamborghini Urus é um exemplo de marcas clássicas de carros esportivos que se renderam à demanda por SUVs Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/12/2019 04h00

Os SUVs são a categoria de automóvel que mais cresce no mundo. No Brasil, são responsáveis por mais de 26% das vendas de veículos de passeio.

A posição elevada de dirigir, a maior distância do solo e o espaço interno amplo, na comparação com sedãs e peruas, são algumas das características mais valorizadas nos utilitários esportivos.

Ao mesmo tempo, são aspectos que à primeira vista não combinam com alta performance: carroceria alta tende a balançar mais nas curvas e assento do motorista elevado não combina com esportividade.

Isso sem contar que, por conta do porte maior, costumam ser mais pesados, o que também parece não ajudar a atingir acelerações de tirar o fôlego.

No entanto, a alta demanda pelos SUVs fez até tradicionais fabricantes de carros esportivos se renderem à moda: a Lamborghini tem o Urus; a Maserati, o Levante; e até a Ferrari já confirmou que vai lançar um modelo dotado de carroceria alta.

Essas e outras marcas recorreram a suspensões mais rígidas, melhorias aerodinâmicas, distribuição equilibrada do peso e, claro, motores potentes para provarem que utilitário esportivo pode, sim, acelerar forte e ser bom de curva.

Mais recentemente, começaram a surgir os primeiros SUVs elétricos. Apesar do peso das baterias, que não é pequeno, ele é usado a favor do comportamento dinâmico: as células que acumulam carga são instaladas juntamente ao assoalho, o que baixa consideravelmente o centro de gravidade e ajuda a "grudar" o veículo no asfalto.

Adicione à receita o torque instantâneo proporcionado pelos motores elétricos e você verá um Tesla Model X com aceleração de superesportivo.

Confira cinco exemplos de SUVs que deixam muito cupê "comendo poeira" - e ainda podem encarar uma estrada de terra.

Utilitários esportivos de alta performance

  • Divulgação

    Lamborghini Urus

    - Motor: 4.0 V8 biturbo
    - Potência: 650 cv
    - Torque: 86,7 kgfm
    - Transmissão: automática de 8 marchas, tração integral
    - Aceleração de zero a 100 km/h: 3,6 segundos
    - Velocidade máxima: 305 km/h Leia mais

  • Divulgação

    Alfa Romeo Stelvio Quadrifoglio

    - Motor: 2.8 V6 biturbo
    - Potência: 512 cv
    - Torque: 61,2 kgfm
    - Transmissão: automática de 8 marchas, tração integral
    - Aceleração de zero a 100 km/h: 3,8 segundos
    - Velocidade máxima: 283 km/h Leia mais

  • Divulgação

    Jeep Grand Cherokee Trackhawk

    - Motor: 6.2 V8 supercharged
    - Potência: 717 cv
    - Torque: 89,2 kgfm
    - Transmissão: automática de 8 marchas, tração integral
    - Aceleração de zero a 100 km/h: 3,5 segundos
    - Velocidade máxima: 290 km/h Leia mais

  • Divulgação

    Tesla Model X P100D

    - Motor: 2 motores elétricos
    - Potência: 690 cv
    - Torque: 98,6 kgfm
    - Transmissão: automática de 1 marcha, tração integral
    - Aceleração de zero a 96 km/h: 2,7 segundos
    - Velocidade máxima: 250 km/h Leia mais

  • Marcos Camargo/UOL

    Porsche Cayenne Turbo

    - Motor: 4.0 V8 biturbo
    - Potência: 550 cv
    - Torque: 78,5 kgfm
    - Transmissão: automática de 8 marchas, tração integral
    - Aceleração de zero a 100 km/h: 4,1 segundos
    - Velocidade máxima: 286 km/h Leia mais

Fonte: Dados oficiais das montadoras

Na Garagem