PUBLICIDADE
Topo

Não é só medalha! 6 carros que dá para comprar com premiação das Olimpíadas

Toyota Hilux 2021 - Divulgação
Toyota Hilux 2021 Imagem: Divulgação

do UOL, em São Paulo (SP)

28/07/2021 04h00

As medalhas de ouro, prata ou bronze não são a única coisa que os atletas vencedores levam para casa com as vitórias conquistadas nas Olimpíadas de Tóquio 2020, eles também recebem uma quantia em dinheiro por cada medalha.

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) divulgou há poucos dias os valores que os atletas levariam para casa como premiação em caso de vitória do outro lado do mundo.

Com base nas premiações de atletas de modalidades individuais, que levam R$ 250 mil em caso de ouro, R$ 150 mil na conquista da prata e R$ 100 mil para o bronze selecionamos dois carros de cada faixa de preço para os medalhistas se presentearem.

  • Divulgação

    Toyota Hilux SRV - R$ 247.990

    Uma das opções para o Ítalo Ferreira, por enquanto o único medalhista individual de ouro do Brasil, é levar para casa uma picape Hilux. A versão SRV é a segunda mais cara da gama, com cabine dupla, tração 4x4 e motor 2.8 turbodiesel de 204 cv e 50,9 mkgf e câmbio automático de seis marchas. Um bom modelo para carregar suas pranchas e chegar até as praias mais inóspitas do País. Leia mais

  • Divulgação

    Audi Q3 Prestige Plus 1.4 TFSI - R$ 246.990

    O Gabriel Medina pode até ser o patrocinado da marca alemã, mas foi o Ítalo que levou para casa o "bicho" suficiente para comprar o menor SUV da Audi à venda no Brasil. Na versão intermediária Prestige Plus tem motor 1.4 turbo a gasolina de 150 cv e câmbio automatizado de duas embreagens e seis marchas. O problema aqui que é até o teto panorâmico é opcional e ele não traz o pacote com ACC e frenagem autônoma. Leia mais

  • Divulgação

    Fiat Toro Volcano T270 - R$ 147.590

    A pequena Rayssa Leal ainda não pode dirigir, mas a sua medalha de prata no skate street deu acesso a um prêmio de R$ 150 mil, valor que levou o também skatista Kelvin Hoefler. Para carregarem a família e seus equipamentos de skate, uma das opções é a Toro na versão Volcano, a mais completa com o novo motor 1.3 turboflex de até 185 cv e câmbio automático de seis marchas. A picape traz a tela vertical de 10" e painel virtual de 7". O carro ainda tem um 4G que permite a eles fazerem vários stories para os fãs que ganharam. Leia mais

  • Divulgação

    VW Taos Comfortline - R$ 154.990

    Apesar de estar um pouco acima do valor do prêmio da medalha de prata, dá para pensar em completar, né? A versão de entrada do Taos Comfortline tem motor 1.4 turboflex de até 150 cv e câmbio automático de seis marchas. O espaço interno para quem vai atrás e o porta-malas de 498 l são grandes destaques. Ele tem a central VW Play, carregador sem fio de smartphone e painel virtual de 8 polegadas. Além disso tem o fator novidade entre os SUVs médios. Leia mais

  • Marcos Camargo/UOL

    Renault Sandero RS - R$ 90.990

    O nadador Fernando Scheffer e o judoca Daniel Cargnin trouxeram um bronze até agora e cada um vai embolsar R$ 100 mil. Se os carros estão cada vez mais caros no Brasil, pelo menos dá para se divertir bem se optarem pelo esportivo Sandero RS. O motor 2.0 de 150 cv e 20,9 mkgf vem acomplado a um câmbio manual de seis marchas. A suspensão é dura, mas muito boa para acelerar em um track day ou estável para estradas de curvas. Leia mais

  • Divulgação

    Jeep Renegade Sport - R$ 103.890

    Está cada vez mais difícil encontrar um SUV compacto por menos de R$ 100 mil, mas se o judoca ou o nadador quiserem algo mais confortável que o hatch esportivo, por R$ 103 mil, o Renegade Sport é uma opção. O modelo é a versão de entrada do SUV mais vendido do País ainda com o motor 1.8 flex de até 139 cv e câmbio automático de seis marchas. Apesar do estilo de aventura, ele gosta mesmo é de asfalto. Leia mais