Topo

Carros


Carros

Caoa assumirá fábrica da Ford; veja veículos que já produz e vai produzir

Inaugurada em 2007, com 100% de capital nacional, fábrica da Caoa em Goiás faz produtos da Hyundai e da Chery - Divulgação
Inaugurada em 2007, com 100% de capital nacional, fábrica da Caoa em Goiás faz produtos da Hyundai e da Chery
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

03/04/2019 07h00

A Caoa, empresa brasileira que fechou acordo para a aquisição da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP), a fim de manter a produção de caminhões sob licenciamento, não é apenas a maior distribuidora nacional de veículos da marca norte-americana. A companhia já conta com duas fábricas no país, que produzem automóveis e caminhões de pequeno porte das marcas Hyundai, sul-coreana, e Chery, chinesa.

Em Anápolis (GO) fica a fábrica da Caoa inaugurada em 2007, inicialmente para montar no país exclusivamente modelos da Hyundai, sob licença da matriz -- atualmente, a linha de montagem goiana é responsável pela produção dos SUVs ix35 e New Tucson, bem como os caminhões leves HR e HD80, todos Hyundai. Recentemente, a unidade passou a fabricar também modelos da Chery: os utilitários esportivos Tiggo5x e Tiggo7.

Em novembro de 2017, a Caoa anunciou a criação de joint-venture com a Chery e passou a ser dona de 50% das operações locais da marca chinesa, bem como metade da fábrica da montadora asiática em Jacareí, no interior paulista. De lá, atualmente saem os modelos QQ, Arrizo 5 e Tiggo 2, vendidos com o logotipo Caoa Chery.

Por conta da aquisição da fábrica em São Bernardo do Campo, a produção dos caminhões Cargo, bem como dos modelos F-350 e F-4000, vai prosseguir, mas o Fiesta, também montado na unidade do ABC, sairá de linha.

Os veículos produzidos pela Caoa no Brasil

  • Divulgação

    Hyundai HR

    O caminhão compacto fabricado na unidade de Anápolis (GO) teve 4.310 unidades novas comercializadas em 2018, de acordo com a Fenabrave, a federação das concessionárias. Traz motor 2.5 turbodiesel de 130 cv e tem PBT (Peso Bruto Total, o peso do veículo mais sua capacidade de carga) de 3,4 toneladas.

  • Divulgação

    Hyundai HD 80

    A Caoa também fabrica em Anápolis (GO) o HD80, caminhão leve de maior porte, com PBT de 8 toneladas e motor 3.0 turbodiesel de 170 cv. Assim como o HR, pode receber implementos, tais como baú e caçamba, para diferentes aplicações.

  • Divulgação

    Hyundai ix35

    Produzido em Anápolis, o ix35 é na verdade a segunda geração do Tucson, acabou de sair de linha e também era fabricado na unidade goiana. Atualmente, ix35 e New Tucson, de terceira geração, são montados em Anápolis. Vendeu 8.525 unidades em 2018.

  • Divulgação

    Hyundai New Tucson

    A terceira geração do Tucson também é montada em Anápolis, equipada com motor 1.6 turbo dotado de injeção direta de gasolina, capaz de render 177 cv e 27 kgfm de torque. A transmissão é automatizada de dupla embreagem e sete marchas. O SUV compacto vendeu 8.525 unidades em 2018, somando exemplares remanescentes do Tucson de primeira geração.

  • Murilo Góes/UOL

    Chery Tiggo 2

    Lançado em abril do ano passado, o Chery Tiggo 2 é o primeiro produto da Caoa Chery, joint-venture anunciada em novembro de 2017 com as participações das fabricantes brasileira e chinesa. O utilitário esportivo com porte de Ford EcoSport é produzido em Jacareí (SP).

  • Divulgação

    Chery Tiggo 5x

    O Tiggo 5x é segundo lançamento da parceria entre Caoa e Chery. Recém chegado ao mercado, mede 4,34 metros de comprimento, 1,83 m de largura e 2,63 m de entre-eixos e vem com motor 1.5 turboflex de 150 cv, com câmbio de dupla embreagem e seis marchas. É montado em Anápolis (GO).

  • Murilo Góes/UOL

    Chery Tiggo 7

    O Tiggo 7 tem porte de Jeep Compass e é o mais novo integrante da ofensiva da Caoa Chery para lançar utilitários esportivos no Brasil, segmento que mais cresce. O modelo chegou em fevereiro com a mesma mecânica do Tiggo 5x e mais espaço interno. Também é feito em Anápolis.

  • Divulgação

    Chery Arrizo 5

    A Caoa Chery também lançou há poucos meses o sedã médio Arrizo 5, equipado com o mesmo motor do Tiggo 5x, porém gerenciado por transmissão automática CVT com simulação de sete marchas. Assim como o Tiggo 2 e o QQ, sai da linha de montagem em Jacareí.

  • Divugação

    Chery QQ

    O subcompacto QQ foi o segundo carro da Chery fabricado no Brasil, na unidade de Jacareí. Equipado com motor 1.0 flex de 3 cilindros e 75 cv, é hoje o automóvel zero-quilômetro mais barato do país, com preços partindo de R$ 27.490. Foram licenciados 3.176 exemplares em 2018.

Os veículos fabricados pela Ford em São Bernardo

  • Pedro Bicudo/Divulgação

    Ford Fiesta

    O Fiesta vai sair de linha com a venda da fábrica em São Bernardo do Campo para a Caoa, que deverá manter lá apenas a produção de caminhões. Hoje disponível apenas em 3 versões, perdeu terreno para o Ka, hoje um dos três carros mais vendidos do país e que recentemente ganhou a opção de câmbio automático. O Fiesta teve 14.505 emplacamentos em 2018.

  • Divulgação

    Ford F-4000

    Fabricado no ABC paulista, o Ford F-4000 teve 1.346 unidades comercializadas em 2018 e é equipado com motor 2.8 turbodiesel de 150 cv e cabine com lugar para três ocupantes. Tem PBT homologado de 6,8 toneladas e seu chassi pode ser personalizado com uma série de implementos.

  • Divulgação

    Ford F-350

    O Ford F-350 é o "irmão menor" do F-4000, tem configuração de cabine semelhante e igualmente oferece chassi personalizável. A motorização turbodiesel é a mesma, enquanto o PBT é reduzido para 4,5 toneladas. No ano passado, teve 1.043 emplacamentos, segundo a Fenabrave.

  • Divulgação

    Ford Cargo

    A linha de caminhões de maior porte da Ford acumulou cerca de 7.000 licenciamentos em 2018, descontando a linha F -- segundo a Anfavea, a associação das montadoras. Conta com 34 configurações diferentes, incluindo versões pesadas e configurações urbanas, segundo o site oficial da Ford Caminhões.

Mais Carros