PUBLICIDADE
Topo

Primeira Classe

Chevrolet deve fazer dobradinha no ranking de vendas em novembro

Rafaela Borges

Rafaela Borges é jornalista automotiva desde 2003, com passagens por Carsale e Estadão. Escreve sobre o mercado de veículos, supercarros, viagens sobre rodas e tecnologia.

Colunista do UOL

23/11/2020 04h00

Os primeiros vinte dias de novembro mostram que a Chevrolet deve voltar a dominar o ranking de vendas no mês de novembro. Depois de o Onix perder a liderança, em meses alternados, para T-Cross e a Strada, o carro agora vem se consolidando na primeira posição.

Novembro, porém, traz um ingrediente a mais para a Chevrolet: a vice-liderança. Ela foi ocupada, nos primeiros 20 dias, pelo Onix Plus. Além disso, o Tracker voltou a se consolidar, no período, como o SUV mais emplacado do Brasil.

Domínio da Chevrolet

O Onix caminha para seu melhor mês desde o início da pandemia. Nos primeiros 20 dias de novembro, o carro somou 9.145 emplacamentos. Se conseguir manter a média diária até o encerramento do mês, deverá atingir cerca de 14 mil unidades vendidas.

O número pode ser até superior a esse, pois há tendência histórica no mercado brasileiro de, nos três últimos dias de cada mês, a média diária de emplacamentos crescer. Antes da pandemia, o Onix chegava a atingir mais de 20 mil unidades vendidas mensalmente.

Porém, desde que o isolamento para combater a proliferação da covid-19 começou, os números de emplacamentos do hatch despencaram, e ficaram inferiores a 10 mil unidades. Mas o Chevrolet vem se recuperando mês a mês. Em outubro, atingiu 12.203 exemplares vendidos.

Segundo colocado nos primeiros dois-terços de novembro, o Onix Plus teve 7.738 unidades emplacadas. Líder de emplacamentos dois meses atrás, a Fiat Strada agora ocupa a terceira posição, com 6.509 exemplares vendidos, ante as 6.277 do Volkswagen Gol, que tem o quarto lugar, e 6.151 do Hyundai HB20, o quinto colocado.

Fiat Argo, Chevrolet Tracker, Fiat Toro, Ford Ka e Jeep Compass completam a lista dos dez mais emplacados nos primeiros vinte dias de novembro.

SUVs compactos

Não há grandes mudanças no segmento de SUVs compactos, na comparação com o mês de outubro. O Tracker aparece na frente, com 4.400 unidades vendidas, ante as 4.187 do Jeep Renegade (o Compass aparece entre eles, mas é utilitário-esportivo médio, não compacto).

A briga pela liderança do segmento entre Tracker e Renegade deve ser acirrada até o fim de novembro, já que pouco mais de 200 unidades os separam. O T-Cross já aparece um pouco mais distante, com 3.280 exemplares, na terceira posição.

O quarto mais vendido no período é o Hyundai Creta, seguido respectivamente por Nissan Kicks, Honda HR-V e Volkswagen Nivus.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.