PUBLICIDADE
Topo

Paula Gama

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Como carro conectado me ajudou a recuperar veículo roubado em um assalto

O aplicativo Ford Pass, da picape Maverick, mostrou a localização do veículo em tempo real - Divulgação/Ford
O aplicativo Ford Pass, da picape Maverick, mostrou a localização do veículo em tempo real Imagem: Divulgação/Ford
Conteúdo exclusivo para assinantes
Paula Gama

Jornalista especializada no mercado automotivo desde 2014, Paula Gama tem 28 anos e avalia diversos modelos no Brasil e no exterior. Nesta coluna, você terá opiniões sinceras sobre os lançamentos, cultura automotiva, tendências e análises de comportamento do consumidor.

Colunista do UOL

02/05/2022 04h00

Não há nada mais verdadeiro do que a máxima de que é fácil se acostumar com o que é bom. Desde a primeira vez testei um carro conectado, ou seja, equipado com chip que permite realizar diversas funções por aplicativo de celular, há quase 3 anos, decidi que, se coubesse no bolso, nunca mais compraria um carro sem a tecnologia.

Os meses se passaram e a característica ficou cada vez mais comum, inclusive nos carros de entrada, como Chevrolet Onix e Hyundai HB20, fazendo os concorrentes "old school" parecerem veículos da idade da pedra.

A Ford Maverick foi recuperada em poucos minutos  - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
A Ford Maverick foi recuperada em poucos minutos
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Exageros à parte, foi há um mês que entendi que a minha preferência por modelos conectados não era apenas comodismo ou entusiasmo. Eu já desconfiava que a tecnologia ajudava na segurança, já que é possível travar e destravar portas à distância, assim como abrir e fechar vidros e acessar as imagens da câmera de ré (em alguns casos). Mas dessa vez senti na pele.

Estava testando a Ford Maverick, nova picape da Ford, em Salvador, cidade em que moro. Saindo de um shopping em uma área residencial da cidade, fui abordada por quatro homens armados que levaram o carro e todos os meus pertences. Certamente, os criminosos não reconheceram que se tratava de um veículo de lançamento, tão facilmente identificado nas ruas da cidade.

No entanto, foi outra coisa que fez o carro ser encontrado: em pouco tempo, meu marido, que também estava com aplicativo Ford Pass instalado em seu smartphone, passou a localização para a Guarda Municipal, que chegou até o carro em apenas 15 minutos.

No meu caso, os bandidos já haviam deixado a picape estacionada em uma praça, na certa se deram conta de que, pelo padrão, o carro poderia ter rastreador, mas por muito pouco teriam sido presos em flagrante.

Por isso, aqui vai uma dica: se tiver um carro com acesso remoto em sua casa, instale o aplicativo no celular de mais de um integrante da família. Assim, se roubarem o seu celular junto com o veículo, como foi o meu caso, você terá ainda acesso à localização.

Outras funções dos aplicativos de carros

1- Ligar o motor / ar-condicionado sem a chave

A primeira grande facilidade é poder controlar o carro sem estar perto dele. Essa facilidade já me "salvou" diversas vezes. Além de conseguir deixar o veículo climatizado para quando eu for usá-lo, é uma mão na roda no quesito segurança. Quando estou saindo de um local a noite, ligo o motor e destravo as portas enquanto me aproximo, agilizando a partida.

Também facilita quando preciso pegar algo dentro do carro e estou sem a chave. Quem nunca passou por isso, não é mesmo?

2- Não lembra onde estacionou o carro?! Sem problemas!

Uma grande comodidade é ter a localização do seu carro na palma da mão. Você nunca mais vai passar por aquela situação chata de esquecer onde estacionou, ou mesmo de se perder em uma cidade que não conhece.

3- Seu filho foi mesmo ao local combinado? Descubra!

Os pais de jovens recém-habilitados podem ficar mais tranquilos! Tendo a localização do carro à mão, fica fácil saber se seu filho foi mesmo para a faculdade ou está em um barzinho. O recurso também vale para quando você deixa o carro no lava-jato ou com um manobrista.

4- Check up sem sair do sofá

Sabe aquela conferência habitual que fazemos antes de uma viagem? Como está a pressão dos pneus, se é preciso trocar o óleo, autonomia do combustível - tudo isso pode ser conferido via aplicativo. Uma baita economia de tempo!

5- Quando será a próxima revisão?

Além de mostrar a quilometragem total do veículo, os aplicativos mostram quando será necessário realizar a próxima revisão, alguns informam o último serviço feito e até permitem que o proprietário marque o procedimento na concessionária mais próxima.