PUBLICIDADE
Topo

Paula Gama

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Nem todo 4x4 te tira da lama! Entenda o modelo ideal para o seu uso

Conteúdo exclusivo para assinantes
Paula Gama

Jornalista especializada no mercado automotivo desde 2014, Paula Gama tem 28 anos e avalia diversos modelos no Brasil e no exterior. Nesta coluna, você terá opiniões sinceras sobre os lançamentos, cultura automotiva, tendências e análises de comportamento do consumidor.

Colunista do UOL

16/07/2021 04h00

Não faltam opções de veículos com tração 4x4 no mercado, mas atenção: se você planeja comprar um modelo com força nas quatro rodas para encarar trechos off-road e outras aventuras no final de semana, saiba que nem todos podem te tirar do atoleiro.

Nas próximas linhas, vou esclarecer o tema que deixa muitos consumidores frustrados ao perceberem que seu carro super equipado tem pouca efetividade em situações extremas. Conheça os tipos de tração 4x4 e entenda qual é a ideal para o seu estilo de vida.

A maioria dos veículos tem tração do tipo 4x2, ou seja, a força gerada pelo sistema motriz é direcionada apenas para um dos eixos, que pode ser o dianteiro ou traseiro. Quando a tração é considerada 4x4, significa que é possível transferir a força para o outro eixo.

Mas isso não quer dizer que eles estão prontos para enfrentar a lama ou o areal, na maioria dos casos, serão veículos extremamente estáveis na estrada, por exemplo, já que a presença de tração nos dois eixos é para melhorar, principalmente, a aderência.

Audi Q5 - Divulgação/Audi - Divulgação/Audi
O Audi Q5 possui a tração integral quattro, que garante mais aderência ao solo, tornando o carro extremamente estável nas curvas mais sinuosas
Imagem: Divulgação/Audi

Esse sistema é denominado AWD, que vem do inglês all wheel drive, que equivale a força em todas as rodas - que alguns fabricantes também denominam 4WD. Ele pode oferecer tração nas quatro rodas a todo momento ou sob demanda, mas a principal diferença para o 4x4 indicado para trechos de terra é que nesses carros não há a função "reduzida".

É importante reforçar que é um equipamento eficiente para o que promete, equipa carros como Audi, BMW e Mercedes-Benz, e te dá segurança em uma pista escorregadia, só não são indicados para quem comprar um carro com a intenção de ativar o modo aventura.

Saindo da lama

Para quem quer encarar lama e areia sem preocupação, a indicação é buscar um veículo com tração 4x4 com a função "reduzida". O termo em inglês, comum em muitos modelos importados é o "low". Este recurso reduz as marchas em uma relação aproximada de 2:1, incluindo a ré.

Isso possibilita alcançar o torque (força) máximo do motor em baixas velocidades - tornando o veículo capacitado para rebocar cargas pesadas ou ter força extra desatolar. São modelos realmente voltados para o trabalho pesado ou para encarar trechos off-road, alguns deles incluem outros equipamentos para facilitar essa jornada.

Renegase - Divulgação - Divulgação
Jeep Renegade Moab é um exemplo de SUV com tração 4x4 reduzida
Imagem: Divulgação

Do que você precisa?

Se você faz muitas viagens e busca segurança em situações extremas na estrada, ter um modelo com tração 4x4 vai garantir uma aderência maior. Isso significa que em uma situação de estrada escorregadia ou um empecilho que comprometa o contato de uma das rodas com o solo, por exemplo, o sistema enviará o torque para as restantes e te tirará da situação sem maiores problemas.

Você também fará as curvas mais sinuosas com confiança! Esse sistema está disponível em modelos como Audi Q5, Honda CR-V Touring, Mercedes-Benz GLC, Volkswagen Tiguan Allspace R-Line, entre outros.

No entanto, se você quer viver aventuras, mesmo que apenas nos fins de semana, como chegar de carro a uma praia mais afastada ou percorrer uma fazenda, é melhor ter um carro com tração 4x4 reduzida. Fazendo essa opção, você pode ir por alguns caminhos.

Escolher um modelo completamente desenvolvido para o off-road - como um Jeep Wangler, Suzuki Jimny e Toller T4 -, optar por um SUV tradicional que te leve mais longe, como os Jeep Compass e Renegade, ou um que una os dois mundos, como o Ford Bronco Sport, que tem tecnologias semiautônomas, mas inspira a aventura, com itens como piloto automático off-road e assoalho emborrachado para facilitar a limpeza.

Bronco - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
O Ford Bronco Sport une muitos predicados: tem 4x4 reduzida, tecnologias semiautônomas e itens que inspiram aventura, como piloto automático off-road e assoalho emborrachado para facilitar a limpeza
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Turista x graduado

Fazendo uma brincadeira com as categorias de rally, que dividem os iniciantes e experientes entre as categorias "turismo" e "graduado", respectivamente, alguns carros também são mais indicados para quem já tem mais ou menos costume com o off-road. Em uma Ford Ranger, por exemplo, quando você entra em apuros, precisa parar, pensar e colocar a tração em uma situação adequada para transpor o obstáculo.

Já no irmão Ford Bronco Sport, antes de entrar no trecho mais crítico, você escolhe um modo de condução correspondente entre os disponíveis, como Escorregadio, Areia, Rocha ou Lama/Terra. Sozinho, o sistema vai se ajustar para melhor pelo trecho, vai aumentar a resposta do motor em baixa velocidade, por exemplo, sem o motorista precisar pensar muito. Ideal para iniciantes.

Experiência

Recentemente, avaliei dois modelos com tração 4x4 diferentes. O primeiro deles foi o Audi Q5, com o sistema quattro. O SUV é realmente muito estável na estrada, a sensação é de estar "grudada" ao solo. Cheguei a pegar um trecho sem pavimentação no qual ele se desenvolveu muito bem, mas é possível perceber que não seria interessante colocá-lo para ultrapassar obstáculos maiores.

Por último, encarei o areal com o Ford Bronco Sport. Selecionando o modo de condução "Areia", fiquei segura para ultrapassar trechos arenosos e vi que o utilitário respondia com a força necessária em todas as rodas. Além disso, o passeio ficou completo com os diversos itens voltados para aventura que o veículo tem: como uma mesa para um piquenique e até um abridor de garrafas embutido no carro.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL