PUBLICIDADE
Topo

Mora nos Clássicos

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Inédito, acervo de clássicos da Renault abre com Clio V6 e primeira Scenic

Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodrigo Mora

O blog Mora nos Clássicos contará as grandes histórias sobre as pessoas e os carros do universo antigomobilista. Nesse percurso, visitará museus, eventos e encontros de automóveis antigos - com um pouco de sorte, dirigirá alguns deles também.

Colunista do UOL

06/11/2021 04h00

(SÃO PAULO) - Museus ligados às marcas ficam, naturalmente, em suas sedes. O da Audi reside em Ingolstadt, o da BMW, em Munique; o da Porsche, em Stuttgart; o da Citroën, em Paris. E por aí vai.

Cabe a cada filial montar se não um museu próprio, ao menos um acervo com peças que representem aquela operação. No Brasil, apenas Volkswagen, Renault e Fiat se dignaram a guardar parte do que produziram por aqui. Nenhum deles é aberto ao público - ao menos por enquanto.

No entanto, o da Renault acaba de ganhar uma exposição itinerante - reservada a funcionários - que percorrerá as quatro fábricas e a recepção principal do Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR).

Acervo Renault abre - Rodolfo Buhrer / Renault  - Rodolfo Buhrer / Renault
Gordini e a primeira Scenic são destaques do acervo histórico da Renault, em Curitiba (PR)
Imagem: Rodolfo Buhrer / Renault

Os carros foram incorporados ao acervo da marca ao longo dos 22 anos da Renault no Brasil. "Para construir o futuro é necessário cultivar a nossa história de inovação", explica Caique Ferreira, diretor de Comunicação da empresa.

Acervo Renault Scenic - Rodolfo Buhrer / Renault  - Rodolfo Buhrer / Renault
Primeira unidade da minivan Scenic produzida no Brasil está no acervo
Imagem: Rodolfo Buhrer / Renault

Segundo o executivo, a iniciativa de preservação foi de Alain Tissier, ex-vice-presidente da Renault no Brasil. "Ele tinha muito forte esta questão de memória da marca. E isso foi mostrado de algumas formas, como nas inúmeras Noite Renault que celebramos", explica Ferreira, se referindo a eventos onde se reuniam clássicos da fabricante francesa no Sambódromo do Anhembi.

Acervo Renault Fluence  - Rodolfo Buhrer / Renault - Rodolfo Buhrer / Renault
Fluence na recepção do complexo industrial correu o Campeonato Brasileiro de Marcas entre 2015 a 2018
Imagem: Rodolfo Buhrer / Renault

Além de modelos emblemáticos para a Renault do Brasil - como a primeira unidade da minivan Scenic e um Fluence de corrida -, alguns membros do acervo têm dimensão internacional, como o Gordini, o Clio V6 e uma réplica do Voiturette, construída em 1998 em comemoração aos 100 anos do primeiro veículo da marca. Há também um 4CV e um Willys Interlagos (neste momento em processo de restauro).

Acervo Renault 4CV - Rodolfo Buhrer / Renault - Rodolfo Buhrer / Renault
4CV ao lado de uma réplica da Voiturette
Imagem: Rodolfo Buhrer / Renault

Alguns modelos foram incorporados por uma questão de oportunidade, segundo Ferreira: "o Clio V6 veio quando a Renault tinha categorias de competição por aqui. Já o Megane R.S. desembarcou para o Salão do Automóvel de 2012 e ficou".

Outros foram se juntando pelo envolvimento de clientes e colecionadores. "Hoje mesmo estamos avaliando a aquisição de um Twingo ofertado por um colecionador, que ao lado dos clubes têm papel importante na nossa decisão de preservar alguns exemplares", revela o executivo.

Acervo Renault Clio V6 - Rodolfo Buhrer / Renault - Rodolfo Buhrer / Renault
Clio e seu motor V6 instalado onde deveria estar o banco traseiro
Imagem: Rodolfo Buhrer / Renault

A inspiração do acervo - cuja manutenção é executada por colaboradores voluntários - vem da planta da Renault em Flins, na França, onde estão cerca de 150 carros e um centro de documentação. Tal como lá, é obrigatório que todos os veículos estejam funcionando.

Acervo Renault Duster Extreme - Rodolfo Buhrer / Renault - Rodolfo Buhrer / Renault
Duster Extreme
Imagem: Rodolfo Buhrer / Renault

Modelos conceituais também estão lá, como Oroch Concep e Duster Extreme.

O último Sandero R.S. produzido - ali mesmo, pertinho do acervo - deverá ser o próximo se juntando ao grupo.

Acervo Renault F-1 - Rodolfo Buhrer / Renault  - Rodolfo Buhrer / Renault
Segundo a Renault, este é o R30 pilotado por Robert Kubica e Vitaly Petrov na temporada 2010 da F-1
Imagem: Rodolfo Buhrer / Renault