PUBLICIDADE
Topo

Mora nos Clássicos

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Aston Martin retorna ao Brasil com SUV de R$ 1,2 milhão e loja em São Paulo

Rodrigo Mora

O blog Mora nos Clássicos contará as grandes histórias sobre as pessoas e os carros do universo antigomobilista. Nesse percurso, visitará museus, eventos e encontros de automóveis antigos - com um pouco de sorte, dirigirá alguns deles também.

Colunista do UOL

16/03/2021 09h43

(SÃO PAULO) - Quatro anos após deixar o Brasil, a Aston Martin está de volta ao mercado nacional. Representada agora pela UK Motors, estreará no segundo semestre com concessionária única no bairro paulistano do Itaim.

"Formada pela união dos controladores do Grupo Eurobike (rede de concessionárias de marcas Premium) e da Stuttgart (maior rede de concessionários Porsche do Brasil), a UK Motors passa a responder pelas operações de duas das mais conceituadas fabricantes britânicas de carros esportivos e de luxo do mundo", diz o comunicado da empresa.

Aston Martin DBX - Divulgação  - Divulgação
Aston Martin DBX
Imagem: Divulgação

Carro-chefe deverá ser o DBX, utilitário esportivo equipado com motor 4.0 V8 biturbo de 550 cv e 71 kgfm de torque, que segundo a fabricante acelera até os 100 km/h em 4,3 segundos e chega aos 290 km/h. Na mira, clientes da versões mais caras de Porsche Cayenne e Land Rover Range Rover.

DBX - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Aos puristas, oferecerá os cupês Vantage (510 cv / 70 kgfm), DB11 (510 cv / 69 kgfm) e DBS Superleggera (715 cv / 92 kgfm). O Valkyrie, hiper carro híbrido, teve toda produção já vendida para outros mercados.

Aston Martin Valkyrie - Divulgação - Divulgação
Aston Martin Valkyrie
Imagem: Divulgação

Preços não foram revelados. Como referência, no Reino Unido o DBX parte de £158 mil, o que dá na cotação de hoje R$ 1,2 milhão. Nessa conta ainda entrarão frete, impostos e eventuais equipamentos adicionais.

Esta é a segunda tentativa da Aston Martin no Brasil. A primeira foi em 2010, representada então pelo empresário Sergio Habib, hoje importador oficial da JAC Motors. A gama começavam pelo Vantage, passava por DB9 e Rapide e culminava no DBS, com preços que iam de R$ 620 mil a R$ 1,35 milhão.

A operação começou bem, com 18 exemplares emplacados no primeiro ano e 30 em 2011. Contudo, o mercado brasileiro entrou em crise e a marca se despediu em 2017 tendo vendido apenas duas unidades no ano anterior e somando 89 unidades em seis anos.

A UK Motors espera vender 20 modelos por ano.