Jorge Moraes

Jorge Moraes

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
ReportagemCarros

De chineses a Hyundai 'do futuro': carros que vêm ao Brasil no 2º semestre

O segundo semestre de 2024 promete ser dos maiores em termos de lançamentos para o setor dos automóveis.

Uma série de novidades é aguardada, e elas incluem novos modelos híbridos e elétricos e modelos convencionais a combustão, passando por SUVs, sedãs e picapes. Vale destacar que as montadoras estão apostando em tecnologia, sustentabilidade e segurança para conquistar os consumidores.

O mercado brasileiro de veículos é tão importante que, nos últimos meses, montadoras instaladas no país anunciaram cerca de R$ 100 bilhões em investimentos para desenvolvimento e produção local de novos produtos.

A Volkswagen, por exemplo, confirmou aporte de R$ 16 bilhões e vai lançar 16 carros aqui - dentre eles, a reestilização da picape Amarok.

A Stellantis, por sua vez, vai aportar R$ 30 bilhões - além disso, tem a chegada de marcas chinesas com produção local nestes próximos anos - para citar as mais relevantes, destacamos a BYD, que terá fábrica em Camaçari (BA); GWM, em Iracemápolis (SP); e Omoda Jaecoo, que possivelmente também irá se instalar em São Paulo.

A Chevrolet anunciou seis lançamentos para este ano: Spin, S10 e Trailblazer já foram apresentados e, no segundo semestre, a montadora deverá colocar nas ruas os demais modelos: os novos Blazer e Equinox estão garantidos.

Veja os principais lançamentos que vêm aí.

Kia EV9

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL
Continua após a publicidade

O SUV elétrico chega para disputar o restrito segmento dos elétricos de sete lugares. Hoje, o BYD Tan é o único do mercado. O carro chegará às lojas entre julho e agosto. Já falamos dele aqui.

Kia EV5

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL

O EV5 é um SUV elétrico para cinco passageiros que foi apresentado nos Salões de Chengdu e Pequim, na China.

Terceiro produto da plataforma E-GMP, o EV5 tem 4,61 m de comprimento, 1,87 m de largura e 1,71 m de altura. O entre-eixos é de 2,75 m.

As medidas são próximas às do Toyota RAV4. O porta-malas tem 513 litros de capacidade. Serão três versões.

Continua após a publicidade

Também virá para cá o EV9, que tem porte maior e foi eleito o melhor carro do mundo em 2024 pela World Car Awards. O UOL Carros estava lá para conferir.

GWM Tank 400

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL

O Tank 400 será a maior novidade deste ano da GWM no Brasil.

Depois dele, o modelo 300, mais rústico, flagrado pela coluna em São Paulo, dará continuidade ao ingresso no mundo do 4x4 mais radical.

O GWM Tank 400 é um utilitário híbrido com 408 cv de potência e 76,5 kgfm de torque. O câmbio é automático de nove velocidades com opção de tração 4×4 com reduzida.

Continua após a publicidade

Apesar de ser grande, com 4,98 metros de comprimento, ele acelera de zero a 100 km/h em apenas 6,9 segundos, movido pela combinação de motor 2.0 a gasolina com dois propulsores elétricos.

BYD Song Pro

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL

Opção mais acessível e simples ao Song Plus, o Song Pro é um SUV híbrido plug-in que combina motor 1.5 aspirado com outro, elétrico, para render 197 cv.

O Song Pro terá duas versões: a de entrada, com autonomia em torno de de 50 km no modo totalmente elétrico, enquanto a mais completa chega a 100 km.

Na interna, uma leve distância em relação ao Song Plus. Mas a tela é a mesma de 15,6 polegadas com todos os mimos de assistência, o que vai levar o cliente a refletir sobre pagar R$ 40 mil a mais no modelo mais caro.

Continua após a publicidade

BYD King

Imagem
Imagem: Divulgação

O primeiro lote do sedã King já está no Brasil e o sedã médio com propulsão hibrida deve ser lançado em julho, em seguida ao Song Pro, que chegará às lojas no próximo dia 15 - isso se a BYD não decidir lançar os dois ao mesmo tempo.

Com o mesmo conjunto híbrido do Song Pro, o King vai entregar autonomia de 100 km na versão mais completa, equipada com baterias de 18,3 kWh.

Em termos de força mecânica, combina motor 1.5 litro aspirado e com motor elétrico.

BYD Yuan Pro

Imagem
Imagem: Divulgação
Continua após a publicidade

Menor do que o Yuan Plus, o Yuan Pro é um SUV compacto elétrico também aguardado para o 2° semestre mas a BYD poderá adiar o lançamento para o começo de 2025.

Na Ásia, o utilitário esportivo tem versão a partir de 95 cv (mesma potência do Dolphin de entrada). Porém, para o Brasil, deve vir a configuração mais cara, com 177 cv. A autonomia das baterias fica em torno dos 400 km.

Só lembrando que a picape Shark estreia em setembro e será mais um modelo híbrido da marca.

Hyundai Palisade

Imagem
Imagem: Divulgação

Na configuração que será importada para o Brasil, o Palisade será o único SUV de 8 lugares no mercado.

Continua após a publicidade

Com design robusto, traz interior que preza pela sensação de relaxamento e conforto, com recursos premium como os bancos do tipo Ergo Motion Seat, que massageiam e ajustam a postura do ocupante, e o Remote Smart Parking Drive, sistema com o qual é possível manobrar o carro em espaços apertados estando fora do veículo.

Hyundai Ioniq 5

Imagem
Imagem: Divulgação

Com jeito de "carro do futuro e veículo mais premiado da Hyundai em tempos recentes, o Ioniq 5 estabelece a referência da marca sul-coreana para redefinir o estilo de vida moderno, através da mobilidade elétrica, com recursos sustentáveis e inovadores.

Em 2022, foi eleito o "Carro Mundial do Ano", o "Carro Elétrico Mundial do Ano" e o "Melhor Design de Carro Mundial do Ano".

Construído sobre a plataforma global de veículos elétricos da Hyundai E-GMP, possui carregamento ultrarrápido e sistema que permite usar as respectivas baterias para fornecer eletricidade a dispositivos de uso doméstico.

Continua após a publicidade

Citroën Basalt

Concento Citroën Basalt Vision antecipa visual da versão final do SUV cupê
Concento Citroën Basalt Vision antecipa visual da versão final do SUV cupê Imagem: Divulgação

O SUV cupê apoiará o crescimento da Citroën ao lado do C3 e do Aircross.

O Basalt será produzido na América do Sul e chega ao mercado ainda neste ano no Brasil e em outros mercados da marca.

O utilitário esportivo terá o mesmo conjunto mecânico de diversos modelos da Stellantis, incluindo o conhecido motor 1.0 turboflex de 130 cv e câmbio CVT.

Amarok V6

Imagem
Imagem: Reprodução
Continua após a publicidade

A linha 2025 da Volkswagen Amarok com visual repaginado já tem data e local para ser revelada no Brasil.

A reestilização da picape da VW vai aparecer na Festa do Peão de Barretos, cuja edição de 2024 acontece entre 15 e 25 de agosto no município do interior paulista.

O conjunto mecânico, no entanto, deve permanecer igual e nem precisaria mudar, assim como o sistema 4Motion de tração integral.

Seguirá com o 3.0 V6 turbodiesel de 258 cv e 59,1 kgfm e a transmissão automática de oito marchas.

Chevrolet Blazer EV

Imagem
Imagem: Divulgação
Continua após a publicidade

\O SUV elétrico já foi visto em testes rodando no Brasil praticamente sem disfarce.

O modelo está confirmado pela General Motors para nosso mercado e apareceu durante evento da Anfavea, a associação das montadoras, em Brasília (DF).

A versão que circula no Brasil tem dois motores que rendem 565 cv de potência e 89,5 kgfm de torque.

Peugeot 2008

Imagem
Imagem: Divulgação

A Peugeot deve lançar, em breve, o novo SUV 2008.

Continua após a publicidade

Ele virá da Argentina e será produzido ao lado do novo 208 na fábrica de El Palomar.

O modelo foi flagrado, camuflado, em Pernambuco. O novo 2008 usará a plataforma CMP e terá embaixo do capô o motor 1.0 turbo de 130 cv e 20,4 kgfm de torque.

O câmbio será do tipo CVT com simulação de sete marchas.

BMW iX2

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL

O SUV elétrico também é aguardado para o este semestre no Brasil.

Continua após a publicidade

O iX2 xDrive30 é equipado com dois motores elétricos, que produzem 313 cv de potência, e traz baterias de 64,7 kWh.

A autonomia é de até 449 km no ciclo WLTP. Além dele, vem aí o novo Cooper e a Mini está animada em apresentar a renovação completa do compacto elétrico.

BMW X2

Imagem
Imagem: Divulgação

A nova geração do X2 será lançada em breve.

A segunda geração do SUV cupê compartilha alguns detalhes com o novo X1, mas com uma personalidade própria.

Continua após a publicidade

Na versão todo da gama M35i xDrive, o modelo possui tração integral e motor 2.0 turbo a gasolina que produz 321 cv de potência e 40,8 kgfm de torque. A aceleração de zero a 100 km/h é feita em 5,4 segundos.

Omoda 5

Imagem
Imagem: Divulgação

A Omoda Jaecoo confirmou o lançamento do Omoda 5 no mercado brasileiro em 2024.

O modelo, que marcará a estreia da empresa no país, terá uma versão topo de linha equipada com motorização 100% elétrica e outras duas versões híbridas leves.

Jaecoo J6

Imagem
Imagem: Reprodução
Continua após a publicidade

O modelo deve perder a letra J e mudar a nomenclatura para Jaecoo 6.

Já no forno, ele foi apresentado na Tailândia e é baseado no Chery iCar 03. Ainda não se sabe qual versão deverá vir. A mais provável tem 279 cv de potência e autonomia próxima dos 470 km no ciclo chinês.

Neta GT

Imagem
Imagem: Divulgação

O Neta GT é um esportivo elétrico que tem carroceria cupê e duas portas. Na versão mais "mansa", o modelo tem 170 kW de potência (231 cv) e vai de zero a 100 km/h em 6,5 segundos. A velocidade máxima é limitada em 190 km/h.

Na autonomia, o carro tem duas configurações de bateria que vão de 550 km a 660 km. O Neta GT dispõe de várias tecnologias, como modos de condução, condução semiautônoma e modo para track day.

Continua após a publicidade

Neta S

Imagem
Imagem: Divulgação

O cupê esportivo tem quase 5 metros de comprimento.

A carroceria larga e o perfil baixo são acompanhados de portas sem moldura.

Na potência, ele conta com 170 kW (cerca de 228 cv). O tempo de aceleração de zero a 100 km/h é de 8,6 segundos. A velocidade máxima é limitada em 185 km/h.

Neta X

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL
Continua após a publicidade

O SUV elétrico tem porte próximo ao do VW Tiguan. São 4,62 m de comprimento e 2,77 m de entre-eixos.

O porta-malas tem 508 litros de capacidade. No mercado chinês está disponível em cinco cores. Já o interior pode ser preto ou marrom.

Por dentro, tem uma tela gigante e painel 100% digital. O acabamento é premium. O volante parece ser grande e conta apenas com dois botões. A potência é de 120 kW (cerca de 160 cv).

Volvo EX90

Imagem
Imagem: Divulgação

O SUV grande totalmente elétrico deve ser lançado no final deste ano ou no início do próximo.

Continua após a publicidade

O novo EX90 tem autonomia para até 600 km com uma única carga completa e chega para ficar no lugar do atual XC90 (híbrido plug-in).

De acordo com a Volvo, o carregamento das respectivas baterias de 10% a 80% acontece em menos de 30 minutos.

O padrão de segurança do Volvo EX90 também é maior do que qualquer carro Volvo antes dele. O novo EX90 tem uma espécie de "escudo invisível" formado por uma série de assistentes e sensores eletrônicos.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

*Colaborou Rodrigo Barros

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Deixe seu comentário

Só para assinantes