PUBLICIDADE
Topo

Jorge Moraes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Caoa Chery Tiggo 3X : motor turbo surpreende como alternativa ao VW Nivus

Vitor Matsubara/UOL
Imagem: Vitor Matsubara/UOL
Jorge Moraes

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.

Colunista do UOL

01/06/2021 04h00

A voz de Ferreira Martins (locutor da empresa) explorou o grave nas televisões do fim de semana para anunciar o que a Caoa Chery chama de "nova maravilha do mundo".

O Tiggo 3X tem a responsabilidade de colocar a montadora de Carlos Alberto de Oliveira Andrade no novo jogo dos SUVs compactos na faixa dos aproximados R$ 100 mil.

Será que o produto de Jacareí (SP), primo do Tiggo 2, vai morder essa fatia do segmento onde a Volkswagen, com o Nivus Comfortline de R$ 98 mil, domina? Recordo aqui que o Highline custava R$ 99,9 mil em setembro do ano passado, quando foi lançado, e hoje vai a R$ 111 mil.

O que dizer? Coisas da indústria, da escassez e do dólar em alta, mais impostos e etc. Quer mais justificativas? Agora não, porque entendo que você quer saber mesmo é do novo Tiggo 3X.

Equipamentos de série

Tiggo 3X interior - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Então vamos lá: na cabine, a central multimídia de nove polegadas possui conectividade Apple CarPlay e Android Auto integrados. E a turma da engenharia com desenvolvimento fica devendo o carro conectado, com internet a bordo. Está valendo como diferencial.

O painel de instrumentos muda do Plus para o Pro: analógico com display de 3,5" e digital com tela colorida de 7 polegadas no completo. O modelo ainda conta com comando de climatização a distância e destravamento de portas por aproximação. Ligue de longe e abuse do estiloso visual da chave. Um capricho.

Para o conforto e segurança, o novo Tiggo 3X recebeu controle de tração e estabilidade, assistente em rampa, direção elétrica e sensores de pressão e temperatura dos pneus. Tudo que consegui testar com eficiência em pista, aclives e declives. Gostei do que provei. Evoluiu muito em termos de produto se comparado ao Tiggo 2.

Design

Caoa Chery Tiggo 3X Traseira - Vitor Matsubara/UOL - Vitor Matsubara/UOL
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

Do design, que na frente ficou sem retoques, elevo o tom de crítica para a traseira que poderia ter recebido um traço mais personalizado e entendo que o fator custo também foi relevante e a arquitetura geral da carroceria estava pronta. Ninguém precisou me dizer isso.

O utilitário de design elegante, e que representa o novo frontal da Chery internacional, possui 4,2 metros de comprimento, 1,76 metro de largura, 1,57 metro de altura, 2,555 de entre-eixos, além de 420 litros de capacidade do porta-malas. De acordo com a montadora, a aceleração de zero a 100 km/h é feita em 14,2 segundos.

O novo Tiggo 3X da Caoa é mais elegante no modelo Pro (prefiro ao Plus que custa R$ 5 mil a menos) e observei desde o primeiro encontro, da grade frontal personalizada, faróis de LED afilados e a nova assinatura da Chery internacional.

O SUV surpreendeu boa parte da crítica especializada pela mecânica. Vamos falar que embaixo do capô o 1.0 turboflex gera 102 cv, mas parece muito mais. Rende 17 quilos de torque no etanol. O câmbio é CVT de 9 velocidades e surpreende quando você acelera e exige do SUV nas retomadas, ultrapassagens e subida de rampa com o motor girando em alta.

A suspensão é outro acerto positivo e transmite pouca vibração dentro da cabine. Desenvolveram um SUV com equilíbrio calçado na rodagem aro 16 polegadas com pneus Michelin.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL