PUBLICIDADE
Topo

Ford Territory será apresentado em julho; conheça detalhes do novo SUV

Ford Territory: conheça o SUV que chega ao Brasil em 2020

Jorge Moraes

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.

Colunista do UOL

02/06/2020 04h00

A Ford confirmará em julho a data de lançamento do novo SUV Territory (novo mesmo porque será o carro do recente facelift apresentado na China).

Antes mesmo de estrear no Brasil, lembrem, ele foi exibido para o público durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em 2018. Mas era o modelo da época diferente do veículo que foi atualizado no mês passado. O fabricante driblou 2019 para importar o novo e não trazer um carro defasado.

A partir do próximo mês, quando será apresentado, começa a contagem regressiva para chegada do SUV - que terá como faixa de preço e competição o Jeep Compass Limited e as versões iniciais do Tiguan. A Ford deve lançar um programa de pré-venda.

Na China, onde o SUV foi criado e produzido, o Territory já recebeu atualização de estilo e motores, além de um sublogotipo S - que o torna levemente diferente do que era oferecido anteriormente.

Na parte externa, observe os faróis de máscara negra com a iluminação por lâmpadas de LED. A grade frontal também foi trocada e ganhou elementos retangulares, ficou mais elegante. Os acabamentos de algumas peças, onde eram cromados, agora são pintados de preto brilhante - menos China e mais exportação. As lanternas traseiras ganharam novo desenho e São em LED.

O que esperar por dentro? Luxo e estilo para impressionar o consumidor maduro, mais conservador e que vai encher os olhos pelo acabamento que une couro e detalhes de madeira. A central multimídia provavelmente estará fora da tecnologia do Sync3.

Territory - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Lembro do tema quando perguntei aos executivos da Ford se a nova geração do Sync - que vai estrear no Mustang elétrico - faria parte ou não do Territory. E eles disseram, em novembro do ano passado, nos Estados Unidos, que a oferta de tecnologia seria outra, mas Car Play e Android Auto estão programados.

Mesmo com os ajustes de design, a principal novidade da nova versão do Territory certamente ficará por conta da motorização. Na China, o utilitário possui a opção de um sistema híbrido-leve com um conjunto de baterias de 48V. Elas alimentam um motor elétrico que substitui o alternador e ainda ajuda nas arrancadas e no uso do start/stop. É público isso. Mas seria essa a versão?

O motor a combustão permanece sendo o 1.5 turbo de quatro cilindros, que apontam para 140 cv de potência e 22,9 kgfm de torque. Mas vamos esperar como a engenharia local vai programar isso e ajustar o importado, que tem caixa automática do tipo CVT.