PUBLICIDADE
Topo

Infomoto

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Lista: 7 novas motos naked entre R$ 40 mil e R$ 150 mil

Honda CB 1000R 2022: naked de quatro cilindros e 1.000 cc chegou renovada ao Brasil neste ano  - Divulgação
Honda CB 1000R 2022: naked de quatro cilindros e 1.000 cc chegou renovada ao Brasil neste ano Imagem: Divulgação
só para assinantes
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

30/07/2022 04h00

Os modelos do estilo naked já foram os preferidos dos brasileiros. Entretanto, as motos com "cara de moto", peladas, ou seja, sem carenagens e com o motor exposto, têm perdido espaço para as bigtrail.

No primeiro semestre deste ano, foram vendidas 11.486 modelos bigtrail contra 10.938 motos naked, segundo levantamento da Fenabrave, federação dos distribuidores de veículos.

Embora pequena, os números mostram uma vantagem para o estilo aventureiro, que oferece mais versatilidade e conforto para viajar. Por outro lado, as motos naked são mais leves e baixas, o que se traduz em mais agilidade no uso urbano e facilidade de manobrar.

Contudo, se você é fã do estilo naked não se preocupe. As fabricantes ainda têm desenvolvido motos interessantes nesse segmento e a boa notícia é que muitos deles já chegaram ou virão ao Brasil.

Pensando nisso, fizemos uma lista com 7 novas motos naked, com preços entre R$ 40 mil e R$ 150 mil, para você escolher a sua; confira.

Honda CB 500F - R$ 39.100

Apresentada recentemente ao mercado brasileiro, a nova geração da naked bicilíndrica da Honda trouxe novidades interessantes na parte ciclística. Além do visual renovado e de cores atraentes, a CB 500F 2023 ganhou suspensão invertida e freio a disco duplo, com pinças radiais, na dianteira.

Com isso, tornou-se possível pilotar mais esportivamente a naked em estradas sinuosas para aproveitar o desempenho razoável do seu motor de dois cilindros, 473 cm³, que produz bons 50,2 cv de potência máxima a 8.500 rpm. A CB 500F também ficou mais ágil e maneável no uso urbano. Uma boa pedida para quem procura uma naked divertida e estilosa, mas não quer esvaziar a sua conta bancária.

Kawasaki Z 650 RS - R$ 47.530

Para quem é fã das nakeds com estilo mais clássico, agora tem a disposição a nova Kawasaki Z 650 RS. Praticamente uma versão retrô da Z 650, o novo modelo usa o mesmo motor de dois cilindros e 68 cv, mas com uma roupagem que lembra as motos dos anos de 1970.

Z 650 RS 2022 - Divulgação - Divulgação
Kawasaki Z 650 RS 2022 chega ao país com estilo clássico, porém mecânica moderna
Imagem: Divulgação

Seu design mistura linhas clássicas com pitadas de modernidade. O farol é redondo como nas motos dos anos 70, mas usa LED. O painel tem dois mostradores redondos e analógicos, com uma tela de LCD ao centro.

Já o desenho das carenagens é bem clássico: o tanque tem formato arredondado e, na traseira, aparece o famoso "rabo de pato", inspirado na Z 650 B-1 de 1977. A Z 650 RS 2023 chega às concessionárias Kawasaki agora em agosto, apenas na cor cinza e preta. O preço sugerido é de R$ 47.530.

Kawasaki Z 900 "50th Anniversary Edition" - R$ 61.640

Por falar em nakeds, a Kawasaki está comemorando cinco décadas da "Linha Z", a família de motos naked da fábrica de Akashi nascida em 1971. Para celebrar a data, a marca está trazendo para o Brasil a Z 900 50th Anniversary Edition (edição de aniversário de 50 anos).

Z 900 50th anniversary edition - Divulgação - Divulgação
Kawasaki Z 900 edição de 50 anos traz grafismos que remetem a GPZ 1100 dos anos de 1980
Imagem: Divulgação

Com rodas, tanque e carenagens em vermelho, o modelo reverencia a lendária Z1100GP, dos anos de 1980, que trazia esta cor como assinatura da Kawasaki. Além da pintura exclusiva, a 'Z900 Edição de Aniversário' traz diversos grafismos em azul escuro e prata, que acentuam o vermelho vivo, assim como o emblema 'Z' e o logotipo da Kawasaki estampados em dourado.

As especificações são as mesmas da Z 900, ou seja, um motor de quatro cilindros em linha, 948 cm³ de capacidade, capaz de produzir 125 cv de potência máxima a 9.500 rpm. Para domar essa exclusiva naked, há modos de pilotagem, controle de tração e freios ABS de série.

Apenas 200 unidades da Kawasaki Z 900 edição de 50 anos chegam às lojas da marca agora em agosto. O preço sugerido de R$ 61.640 inclui ainda uma caixa comemorativa, que contém um livro com a história da 'Linha Z' e um chaveiro exclusivo.

Honda CB 1000R - R$ 71.900

Com design renovado, a Honda CB 1000R 2022 desembarcou por aqui em maio. A naked de quatro cilindros e 1.000 cc da marca japonesa passou por um face-lift, mas também ganhou mais potência além de um painel inédito com conectividade.

As mudanças mais perceptíveis no modelo 2022 são visuais: as tampas da caixa do filtro de ar e as molduras do radiador têm novo desenho; o farol adotou um formato de gota e as rodas de liga-leve ganharam mais raios e perderam peso. Mas o motor tetracilíndrico de 998,4 cm³ passou por uma afinação e ganhou potência: agora entrega 142,8 cv a 10.500 rpm.

Já o painel, com tela colorida de TFT, incorporou o sistema Honda RoadSync, que permite conectar smartphones Android com o painel da moto - desde que se tenha um intercomunicador ou um conjunto de alto-falantes Bluetooth, com microfone, no capacete.

CB 1000R Black Edition - Divulgação - Divulgação
CB 1000R também está à venda na versão Black Edition, que tem acabamento diferenciado e quickshifter de série
Imagem: Divulgação

Além da versão Neo Sports Café, vendida a partir de R$ 71.900, a CB 1000R é comercializada na versão Black Edition que tem pintura preta e detalhes exclusivos, como uma pequena carenagem sobre o painel, opção de banco monoposto e o exclusivo quickshifter. A CB 1000R Black Edition, porém, tem preço maior: R$ 79.970.

KTM 890 Duke GP - R$ 99.900

Outra famosa linha de motos naked é a Duke, da austríaca KTM. Para alegria dos fãs do estilo naked, a marca está trazendo para o Brasil a 890 Duke GP. Trata-se de uma versão inspirada nas pistas de MotoGP. Equipada com motor de dois cilindros paralelos e 115 cv de potência máxima, a 890 Duke GP traz o radical estilo da família com um pacote eletrônico de fazer inveja a muita superesportiva.

KTM 890 Duke GP - Divulgação - Divulgação
A naked 890 Duke GP tem grafismos inspirados na equipe KTM das pistas de MotoGP
Imagem: Divulgação

Na parte ciclística, a naked austríaca se destaca pelo baixo peso: apenas 169 kg. Também não podemos esquecer das suspensões WP, top de linha, e toda a esportividade para acelerar na pista.

Importada, a KTM 890 Duke GP já pode ser encomendada nas lojas da marca austríaca. O valor, porém, é mais salgado do que as concorrentes: R$ 99.900. É o preço da exclusividade.

Nova Ducati Monster - sem preço definido

Um dos modelos de maior sucesso da marca italiana, a Monster foi completamente renovada em 2020 e vai desembarcar no Brasil neste segundo semestre - a nova Monster vai ser apresentada para o mercado brasileiro, na próxima semana, mas o preço ainda não foi divulgado.

Nova Ducati Monster - Divulgação - Divulgação
Nova geração da Ducati Monster chega ao Brasil no segundo semestre, com menos peso e mais potência
Imagem: Divulgação

O modelo manteve sua essência, mas abandonou o chassi em treliça e aposentou as versões 797 e 821. Na prática, ficou 18 kg mais leve que a anterior e adotou um motor mais potente: o Testastretta 11° de dois cilindros e 937 cm³, que produz 111 hp de potência máxima.

A nova geração chama-se apenas Monster, mas foi alvo de críticas ferrenhas dos fãs mais puristas da Ducati por abandonar, segundo eles, o estilo característico da marca italiana. Mas quem vai dizer se a fábrica errou ou acertou serão as vendas. Com menos peso e mais potência, tem tudo para ser um sucesso.

KTM 1290 Super Duke R - R$ 149.990

A nova geração da bestial naked KTM 1290 Super Duke R também chegou ao País. Apresentada durante o Festival Interlagos 2022, a Super Duke oferece o que há de melhor em termos de controles eletrônicos e componentes ciclísticos e é a escolha ideal para os pilotos mais radicais, e "endinheirados".

KTM 1290 Super Duke R 2022 - Divulgação - Divulgação
KTM 1290 Super Duke R tem desempenho bestial: pesa apenas 189 kg e seu motor produz 180 cv de potência máxima
Imagem: Divulgação

Mais leve que a geração anterior, a 1290 Super Duke pesa apenas 189 kg. Como seu motor de dois cilindros em "V" passou por modificações e agora produz 180 cv de potência e 14,1 kgf.m de torque - quase 1 cv por quilo!

Outra novidade foi a atualização do seu pacote tecnológico, com controles mais precisos e modos de pilotagem atualizados. O preço dessa super naked também é exclusivo: R$ 149.990.