PUBLICIDADE
Topo

Infomoto

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Viagem de moto: 7 itens que você deve revisar antes de pegar a estrada

Para garantir a segurança, faça a manutenção da sua moto antes de viajar - Arthur Caldeira/Infomoto
Para garantir a segurança, faça a manutenção da sua moto antes de viajar Imagem: Arthur Caldeira/Infomoto
Conteúdo exclusivo para assinantes
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

11/12/2021 04h00

Com a proximidade do final do ano, muitos motociclistas decidem aproveitar o clima quente e os dias livres para pegar a estrada e curtir o vento no rosto sobre duas rodas. Porém, mais do que apenas abastecer o tanque, o preparo para uma viagem precisa incluir a revisão de itens importantes na moto. Principalmente daquelas que rodam pouco e ficam paradas por muito tempo.

Afinal, uma coisa é ir até o banco com a sua moto, outra é fazer uma viagem. "Colocar a moto para rodas longas distâncias em maiores velocidades requer muita atenção dos motociclistas em relação à manutenção, pois algumas peças têm o funcionamento diretamente ligado à sua rodagem. A falta de cuidado pode ocasionar o mau funcionamento de peças, podendo causar panes no veículo, e até acidentes", explica Fabio de Andrade, analista de produto da Laquila, empresa líder do mercado de motopeças na América Latina.

Por isso, conversamos com especialistas e mecânicos, para saber quais itens exigem maior atenção dos motociclistas antes de viajar; confira.

Pneus

Nas motos, os pneus são fundamentais para rodar com segurança, afinal são responsáveis diretos pelo equilíbrio e aderência. Antes de viajar, não basta apenas calibrar os pneus. É preciso verificar se estão em boas condições.

pneu  - Divulgação - Divulgação
TWI indica a hora certa de trocar o pneu da sua moto
Imagem: Divulgação

"Essa conferência pode ser realizada por meio do TWI, relevo que se encontra entre os sulcos. O desgaste indica que chegou o momento da troca. Pneus deteriorados ou de baixa qualidade conferem menor aderência, deixando o motociclista propenso a acidentes", alerta Fabio.

Fique atento também a rachaduras e a sinais de ressecamento, indícios de que seu pneu está velho. Ele pode não estar desgastado, ou seja, ainda tem "borracha", mas já passou do prazo de validade - em geral de cinco anos - e não oferece a mesma aderência no piso molhado ou em frenagens.

Kit de transmissão

Essencial para a pilotagem segura, o kit de transmissão, também chamado de relação final, é responsável por transferir a potência do motor para a roda traseira. Por isso, é fundamental regular e lubrificar a corrente para garantir a segurança na estrada.

Mas, com o tempo e os quilômetros rodados, a corrente pode ficar folgada e não dar mais ajuste. Se este for o caso, substitua todo o kit de transmissão: coroa, corrente e pinhão. Escolha um kit de transmissão que tenha selo de verificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), alerta o analista de produto da Laquila.

Troca de óleo

Essencial para o bom funcionamento do motor, verifique o nível de óleo da sua moto antes de pegar a estrada. Caso o período de troca estiver próximo, faça isso antes de viajar.

troca de óleo - Divulgação - Divulgação
Se o prazo para trocar o óleo estiver próximo, troque antes de pegar a estrada
Imagem: Divulgação

Se você não se lembra quando foi a última vez que trocou, faça isso agora, para viajar tranquilo, mesmo que ainda não tenha atingido a quilometragem máxima.

Óleos lubrificantes têm validade e, quando vencidos, perdem suas propriedades lubrificantes. Use o óleo com as especificações recomendadas pelo fabricante da sua moto e evite problemas.

Filtros de ar, combustível e óleo

O cuidado com a troca dos filtros é essencial para o desempenho da moto em qualquer ocasião, e antes de uma viagem longa se torna ainda mais fundamental, uma vez que a falta de manutenção dessas peças pode ocasionar riscos para o bom funcionamento do motor.

Cada motocicleta conta com um prazo específico para a troca dos filtros, tendo o tempo de vida útil dos itens determinado de maneira diferente de montadora para montadora.

"Filtros de ar desgastados permitem que impurezas, como poeira e até pedras, entrem em contato com componentes internos do motor, formando um sistema abrasivo, que danifica as peças internas do motor e encurta a sua vida útil. O mau funcionamento do filtro de óleo também é capaz de influenciar no trabalho do motor", conta Andrade.

"A negligência na troca do filtro de combustível possibilita a entrada de impurezas diretamente na linha de alimentação de combustível, podendo entupir esses canais ocasionando o não funcionamento do motor", adverte o especialista da Laquila.

Lâmpadas de farol, freio e pisca alerta

De funcionamento obrigatório nas estradas e rodovias pela legislação de trânsito brasileira, as lâmpadas devem ser verificadas. A falta de qualquer uma desses itens gera menor visibilidade, trazendo riscos a segurança.

farol - Divulgação/Philips - Divulgação/Philips
Antes de viajar, verifique o funcionamento das lâmpadas da sua moto - farol, lanterna, luz de freio e piscas
Imagem: Divulgação/Philips

"É evidente que durante a noite a visibilidade nas estradas é muito menor, por isso as lâmpadas são cruciais, tanto para o motociclista ter uma visão melhor da pista, quanto para os motoristas de veículos grandes notarem a presença do motociclista, evitando todo o tipo de acidente.", destaca Fabio de Andrade.

Cabos de embreagem, acelerador e freio

Muito importante para a segurança dos motociclistas, cabos desgastados tem grande risco de estourar, colocando a vida do condutor em perigo. Se o acelerador estiver travando ou a embreagem muito "dura", talvez seja a hora de trocar os cabos. "O manuseio pesado da motocicleta indica que chegou a hora de trocar dos cabos, manutenção que deve sempre ser feita com o seu mecânico de confiança", afirma Andrade.

Documentação sua e da moto

Vale lembrar também que, no final do ano, o policiamento é reforçado nas rodovias e barreiras para verificar os documentos seus e da moto são comuns.

Para rodar dentro da lei, é preciso ter o IPVA pago e o documento licenciado para o ano em exercício, ou seja, 2021. O prazo para motos com placa final "0" (zero) é agora em dezembro, se você ainda não licenciou a sua, faça isso antes de pegar a estrada.

Verifique também a validade da sua CNH, pois os períodos de renovação, que haviam sido suspensos durante a pandemia, voltaram a valer.