PUBLICIDADE
Topo

Infomoto

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Esportiva BMW M 1000 RR será moto-madrinha na MotoGP

M 1000 RR, primeiro moto preparada pela divisão de Motorsports da BMW, fará sua estreia como safety-bike da categoria - Divulgação
M 1000 RR, primeiro moto preparada pela divisão de Motorsports da BMW, fará sua estreia como safety-bike da categoria Imagem: Divulgação
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

25/03/2021 04h00

Neste final de semana, acontece a etapa de abertura da temporada 2021 da MotoGP no Catar. Embora não tenha uma equipe oficial na competição, a BMW terá uma moto na pista: a superesportiva M 1000 RR será a moto-madrinha, ou safety bike, da competição.

Tradicional fornecedora dos safety cars da MotoGP, a BMW terá uma inédita safety-bike. O modelo escolhido não poderia ser outro senão a moto mais esportiva e potente da marca alemã. Apresentada no ano passado, a M 1000 RR é a primeira moto da marca preparada pela divisão "M", de motorsports da BMW.

O modelo M 1000 RR se diferencia da S 1000 RR por ter recebido uma preparação especial. Traz pistões forjados, bielas de titânio, alterações nos dutos de admissão e uma taca de compressão maior. Tudo para oferecer ainda mais potência: são 212 cv a 14.500 rpm contra 207 cv a 13.500 giros na S 1000 RR.

M 1000 RR - Divulgação - Divulgação
BMW M 1000 RR tem 212 cavalos de potência máxima; cinco a mais do que a S 1000 RR convencional
Imagem: Divulgação

A esportiva BMW M ainda traz asas na carenagem e uma bolha maior para garantir mais downforce e proteção aerodinâmica nas acelerações. Vale destacar ainda o chassi de alumínio, as rodas feitas em fibra de carbono e os freios desenvolvidos nas pistas do Campeonato Mundial de Superbike, no qual a BMW participa com uma equipe oficial de fábrica.

Apesar das mudanças, a M 1000 RR ainda fica longe do desempenho das máquinas da MotoGP que, em geral, são protótipos mais leves que ultrapassam os 250 cv de potência máxima e alcançam facilmente mais de 300 km/h.

frota bmw m na motogp - Divulgação - Divulgação
Um BMW M4, um M5 CS e um M3 completam a frota de carros madrinha da MotoGP no Catar
Imagem: Divulgação

Para liderar os competidores nas voltas de aquecimento e apresentação, ou ainda nos momentos críticos da prova, a M 1000 RR recebeu poucas alterações. Foram retirados apenas os retrovisores e aplicados adesivos da MotoGP e seus patrocinadores.

Frota de respeito

Além da M 1000 RR, a BMW também terá os carros esportivos da divisão "M" como safety cars da MotoGP. Na prova do Catar, o BMW M3, o BMW M4 e o BMW M5 CS farão sua estreia como "carros-madrinha" e farão companhia à primeira moto M da BMW.

Mas a frota de safety cars da MotoGP 2021 só estará completa na primeira prova europeia da temporada, o Grande Prêmio de Portugal, que acontece em 18 de abril, em Portimão. O BMW M8 Competition Coupe, um BMW M8 Competition Gran Coupe, um BMW X5 M Medical Car e outra BMW M 1000 RR safety bike vão entrar em ação a partir da GP de Portugal. Uma frota de respeito para fã nenhum da BMW Motorsports colocar defeito.