PUBLICIDADE
Topo

Coisa de Meninos Nada

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Cuidado no posto: como golpe te faz pagar caro e receber menos combustível

Conteúdo exclusivo para assinantes
Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colunista do UOL

19/04/2022 04h00

Coloquei recentemente uma dica no Instagram falando sobre o golpe de litragem incorreta aplicado por alguns postos de combustível - e ela gerou o maior alvoroço. Sendo assim, em tempos de gasolina cada vez mais cara, achei legal fazer um texto para explicar como essa prática funciona.

Alguns postos já foram flagrados adulterando as bombas para colocar menos combustível no seu carro do que está aparecendo no contador. Quando o tanque está na reserva e você vai completar, fica fácil perceber o trambique caso você tenha lido no manual do seu carro quantos litros de combustível cabem no seu veículo.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Mas em outras situações pode ser difícil detectar o problema, então a dica de ouro é colocar, no máximo, 20 litros de combustível. Isso porque o galão da ANP (Agência Nacional de Petróleo), que é usado para conferir esse parâmetro nas bombas, tem 20 litros. Então o mais comum é o posto adulterar o valor a partir dessa litragem.

Não vai te livrar do golpe completamente, já que tem outros tipos de gambiarras que alguns postos fazem nas bombas para que ela calcule errado a litragem. Mas esse é o golpe mais comum.

Em qualquer caso, vale lembrar que é sempre muito importante pedir a nota fiscal. É ela que garantirá seus direitos se qualquer irregularidade for detectada, inclusive adulteração no combustível que cause danos ao motor do seu carro.

Se desconfiar de algo, chame a polícia e faça o boletim de ocorrência. Muita gente tem preguiça de fazer o B.O. por achar que não dará em nada, que já conversou e acertou tudo com o dono do posto. E depois sofre com a dor de cabeça por não ser ressarcido conforme o prometido.

Qualquer cidadão também pode fazer denúncias diretamente para a ANP. No site deles tem 0800 ou formulário online para fazer isso.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.