PUBLICIDADE
Topo

Coisa de Meninos Nada

Por que ficar parado no trânsito detona seu carro mais do que você imagina

Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colunista do UOL

01/12/2020 04h00

Trânsito é um dos pesadelos de quem vive nos grandes centros e um vilão para o seu carro. Se você já se aventurou a ler o manual do veículo viu que é recomendado verificar certos itens com frequência diferente dependendo da situação, normal ou de uso severo.

É muito comum as pessoas pensarem em situação severa como sendo circular em estradas de terra, participação em competições ou transporte de cargas. Mas o trânsito também é uma condição severa, talvez a pior de todas, justamente por ser ignorada.

No trânsito, seu carro fica parado por um bom tempo, com motor ligado e em marcha lenta. O odômetro não está contando quilômetros, mas seu motor está trabalhando do mesmo jeito. Ou seja, o óleo de lubrificação está circulando no motor e sendo consumido, a bomba d'água está funcionando, assim como a correia dentada, as velas de ignição? tudo está sendo consumido e desgastado.

Aí você olha o odômetro, verifica o manual e planeja a próxima troca de velas para 20 mil km - e com apenas 10 mil km o carro começa a falhar. Você acha que o problema é a marca das velas, compra de outro fabricante... e não adianta. Antes de trocar o terceiro jogo ou outra marca, o motor funde por causa do óleo lubrificante.

Isso ocorre porque você usou o parâmetro errado para as revisões. Os congestionamentos te obrigam a fazer as revisões na metade do tempo (na maioria das vezes), ou seja, de acordo com as especificações de uso severo.

Mesmo que seu motor não chegue a fundir, ainda assim você pode ter problemas negligenciando as manutenções mais frequentes. O pior talvez seja o aumento no consumo de combustível, mas também começará a notar dificuldades na partida, falhas em retomadas e coisas do tipo. E se você se preocupa com as gerações futuras, seu carro também estará emitindo mais poluentes do que com a manutenção em dia.

E seu carro? Está seguindo o plano certo de revisões? Dê uma olhadinha no manual e conte tudo nos comentários.