PUBLICIDADE
Topo

Carros seminovos: qual o limite de km para compra ainda valer a pena?

Siga o UOL Carros no
Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colunista do UOL

13/10/2020 10h55

Nossa matéria sobre carros seminovos gerou uma dúvida bem legal de um leitor. Ele quer saber se existe um limite aceitável de quilometragem para comprar um usado, por causa das manutenções.

Essa é uma dúvida bem comum entre as pessoas que me procuram querendo ajuda para comprar um seminovo. Conforme o carro vai ficando com a quilometragem alta, é natural precisar de manutenções em itens mais caros, mais duradouros ou de mão de obra mais trabalhosa.

Em geral, se você notar que a quilometragem está chegando perto de manutenções na suspensão do carro, é sinal de que vai gastar um pouco mais de dinheiro. Mas isso não é, necessariamente, uma regra. Tem carro que fica super caro para trocar a correia dentada por dar muita mão de obra, mas a suspensão é tranquila.

Consultar um mecânico na hora de comprar um seminovo não é só para avaliar as condições do carro, mas também para dar esse tipo de dica. Falar se as manutenções que estão chegando serão muito ou pouco custosas, se é fácil de conseguir peças...

Também é legal consultar um corretor de seguros para saber se esse detalhe não vai pesar demais no seu bolso - às vezes, mais até que as manutenções.

Mas uma coisa é importante ser destacada aqui. Carro com quilometragem alta não é sinônimo de roubada, viu! Como já comentei em várias oportunidades, carros parados ou que andam pouco podem ser um problema ainda maior. Então é comum você ir atrás de um veículo pouco rodado, ficar super feliz e depois ter um monte de problemas porque o antigo dono só usava o automóvel de fim de semana para ir até a padaria e voltar.

No fim das contas, tem que pesar entre o estado do carro e a proximidade de manutenções caras. Em alguns casos até mesmo o preço dos pneus pode deixar a compra desinteressante.

O leitor mencionou carros com 100 mil km na pergunta. Com essa quilometragem grande, parte dos carros já está chegando na época das revisões maiores e mais dispendiosas. Mas, de verdade, não acho que isso deva ser um parâmetro excludente.

Pode ser que você gaste com uma revisão maior agora e depois aproveite o carro por mais 100 mil km sem se preocupar com nada, comparado com outro de quilometragem baixa que vai te dar um montão de dores de cabeça.

A avaliação do mecânico e a orientação com relação aos problemas do carro vão ajudar demais na decisão. A não ser que você tenha se apaixonado perdidamente pelo carro? Aí não importa o que digam na hora de avaliar, você vai comprá-lo e pronto.

Se ainda tem dúvidas sobre seminovos, deixe para mim nos comentários, assim como sugestões de temas para nossas matérias.