PUBLICIDADE
Topo

Caçador de Carros

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Carro velho ou celular novo? 5 bons veículos usados pelo preço do iPhone 13

É possível encontrar um Chevrolet Monza 1984 em bom estado e com potencial de se tornar colecionável pelo mesmo preço do iPhone 13 Pro Max de 1 TB - Divulgação
É possível encontrar um Chevrolet Monza 1984 em bom estado e com potencial de se tornar colecionável pelo mesmo preço do iPhone 13 Pro Max de 1 TB
Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Felipe Carvalho

Felipe Carvalho é administrador de empresas, consultor e primeiro "caçador de carros" profissional do país. Seu canal no YouTube dedicado a avaliações de achados automotivos tem mais de 100 mil inscritos. www.youtube.com/CarrosdoPortuga

Colunista do UOL

17/09/2021 04h00

Você pagaria R$ 15 mil em um telefone celular? E em um carro? Se você disse não para o primeiro e sim para o segundo, você é dos meus.

Essa semana, a Apple divulgou os preços da sua nova linha de celulares e o mais caro chega a inacreditáveis R$ 15.500. Trata-se do poderoso iPhone 13 Pro Max com 1 TB de armazenamento.

É inevitável imaginarmos a quantidade de coisas que podemos fazer com esse dinheiro. Como meu negócio são os carros, fiz o exercício de procurar boas opções por esse valor.

Foi difícil elaborar esta lista, com cinco modelos. Afinal, com a alta nos preços dos usados, R$ 15 mil é um valor baixo e pouco se consegue fazer com esse recurso. Na real, quem procurar nos classificados, vai se deparar com uma boa quantidade de opções, mas isso não significa que são bons negócios.

Os mais óbvios são os populares das marcas mais tradicionais brasileiras, como Chevrolet Corsa, Fiat Palio, VW Gol, Ford Fiesta e Renault Clio. Tem milhares desses modelos disponíveis no Brasil, mas tenho certeza que o leitor não chegou aqui para ler isso. Como eu sempre procuro fazer, penso fora da caixa para escolher os modelos mais inusitados possíveis, mas que eu verdadeiramente consideraria colocá-los na minha garagem.

Mas, depois de algumas horas mergulhado nos maiores classificados do Brasil, fiquei decepcionado por não ter conseguido nada. Qualquer carro mais "legal" que os modelos de entrada já citados custava mais que o mais caro dos Iphones. Não desisti e o jeito foi procurar pelos mais velhinhos, aqueles que, de acordo com o valor de tabela, valem muito pouco.

Contudo, por estarem em bom estado de conservação, atingem status de "raridade" ou "colecionável" e podem se tornar excelentes investimentos, já que esse tipo de mercado está cada vez mais forte.

Assim, encontrei cinco anúncios bem interessantes, sendo o carro mais antigo com 37 anos e o mais novo com 28. É bom deixar claro que eu não entrei em contato com nenhum dos anunciantes e me baseei apenas nas fotos e nas descrições de cada um. Caso o leitor se interesse por algum desses carros e encontre o anúncio na internet, recomendo que avalie bem o veículo antes de considerar fechar o negócio.

Vamos aos escolhidos, do mais velho para o mais novo.

Chevrolet Monza 1984

Chevrolet Monza 1984 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Um dos carros mais vendidos de sua época, que inclusive liderou o ranking por alguns anos, o Monza é um eterno queridinho do brasileiro. Na faixa dos R$ 15 mil, tem vários anunciados, dos mais simples aos mais completos. Mas, por ser um modelo colecionável, as versões mais completas e desejadas, quando em bom estado, atingem valores bem mais altos. Eu me deparei com o anúncio de um vermelho 1984 e fiquei encantado com a configuração.

Trata-se de uma versão de entrada, que nem sobrenome tem. Gostei da apresentação do carro nas fotos, onde a percepção que tive é de um carro alinhado, com boa qualidade de pintura e alto nível de originalidade. As rodas são de ferro sem calotas, os vidros são acionados por manivelas e o painel não tem conta-giros, três itens que equipam a grande maioria dos Monzas, e a ausência deles faz desse vermelho ainda mais especial.

O motor é o conhecido 1.8 a álcool, capaz de dar desempenho digno de carro moderno a esse belo Monza, que está anunciado por exatos R$ 15 mil e eu não tenho dúvidas que seu preço vai crescer ainda mais nos próximos anos.

Fiat Prêmio S 1985

Fiat Prêmio 1985 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Eu sou apaixonado pelo Fiat Prêmio e fiquei feliz em ter encontrado um exemplar em bom estado para poder incluir nessa lista. Cresci dentro de Prêmios entre 1988 e 1995, e depois fui ter o meu Prêmio como primeiro carro, no ano de 2001. Esse que encontrei, é um raríssimo S do ano de lançamento do modelo, que foi em 1985.

A versão de entrada era bem simples, e contava com o pequeno motor 1.3, o mesmo utilizado nas versões mais caras do Fiat 147. Anunciado por exatos R$ 15 mil, o carro já ostenta placa de colecionador, e tem tudo para valer ainda mais nos próximos anos. Os Fiats não valorizam tanto quanto Chevrolets e Volkswagens, mas por se tratar do primeiro ano, ele é altamente colecionável.

VW Apollo GLS 1991

Volkswagen Apollo GLS 1991 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Depois que Volkswagen e Ford se juntaram nos anos 80, não demorou muito para surgirem modelos das duas marcas que compartilhassem as mesmas peças. No caso do Apollo, ele era praticamente um Ford Verona, mas com pequenas diferenças estéticas, como desenho das rodas, lanternas fumês e painel exclusivo. Durou pouco tempo no mercado, e acabou virando um mico nos anos seguintes. Hoje, os poucos sobreviventes em bom estado de conservação, tendem a valorizar. Joga a seu favor, a facilidade de manutenção, já que o modelo é equipado com o famoso motor AP 1.8, que vendeu aos milhões no Brasil. Esse que encontrei, está anunciado por R$ 15 mil, e por ser a versão GLS, tem acabamento diferenciado e está equipado com o que chamávamos de trio elétrico: vidros, travas e retrovisores elétricos. As fotos sugerem um carro bem cuidado e original, tanto por fora como por dentro. O revestimento aveludado é a cara dos anos 90.

Ford Escort L 1992

Ford Escort 1991 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Um dos Fords mais queridos do Brasil é o Escort, com sua inconfundível e charmosa carroceria hatchback. E eles estão em alta, principalmente nas versões esportivas ou luxuosas, como o XR3 e o Ghia. Mas, essas versões estão muito caras e praticamente impossíveis de serem compradas com o valor do mais caros dos Iphones.

Restam as versões mais simples, ainda assim interessantes e colecionáveis. Encontrei o anúncio desse L 1992 por R$ 16 mil, o carro mais caro dessa lista. Apesar do acabamento simples, o L vinha equipado com o motor 1.6, famoso CHT, reconhecido por sua simplicidade mecânica, bom desempenho e baixo consumo de combustível.

É um carro delicioso de ser guiado, com dirigibilidade bem próxima de carros mais modernos. Destaque para o belo estofamento de tecido, superior a de muitos carros atuais.

Chevrolet Kadett SL/E 1993

Chevrolet Kadett SL/E 1993 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Quando o Kadett foi lançado no Brasil em 1989, estávamos há anos sem nenhum grande lançamento. Sendo assim, o modelo foi muito bem recebido por nós, e se tornou um carro altamente desejável, mesmo que nunca tenha tido as práticas 4 portas, numa época que o interesse por carros com apenas 2 portas começava a diminuir.

As versões esportivas GS e GSI, são as mais desejadas, mas os preços estão muito altos. Esse que encontrei por R$ 15 mil, é da versão intermediária SL/E, que contava com um lindo revestimento navalhado nos bancos, que pelas fotos, não apresentam desgastes.

O trio elétrico está presente, além do ótimo motor 1.8, que nessa época já contava com injeção eletrônica. Com exceção do aerofólio, o carro apresenta alto nível de originalidade, e também tem tudo para valer mais nos próximos anos.

Siga o UOL Carros no

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL