Topo

Coluna

Caçador de Carros


Veja 5 bons carros usados faixa de R$ 50 mil que entrariam na minha garagem

Na faixa de R$ 50 mil, dá para encontrar uma grande variedade de usados bons de dirigir - Divulgação
Na faixa de R$ 50 mil, dá para encontrar uma grande variedade de usados bons de dirigir
Imagem: Divulgação
Felipe Carvalho

Felipe Carvalho é administrador de empresas, consultor e primeiro "caçador de carros" profissional do país. Seu canal no YouTube dedicado a avaliações de achados automotivos tem mais de 100 mil inscritos. www.youtube.com/CarrosdoPortuga

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

27/06/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Lista leva em conta opções com até cinco anos de uso
  • Na faixa de R$ 50 mil, tem grande variedade de usados que valem a pena
  • Prazer ao dirigir é algo que eu levo sempre em consideração

Listas de carros são sempre polêmicas. Em um passado não tão distante, eram tão poucas as opções disponíveis no nosso mercado, tanto que um "top 10" reuniria quase todos eles. Mas hoje são tantas marcas e modelos que dificilmente a minha lista será igual à sua, meu caro leitor.

E isso é completamente compreensível. Afinal de contas, não sou o dono da razão e certamente temos formas diferentes de pensar quando se trata de carros, um assunto bem subjetivo. Isso porque eu posso dar mais peso para quesitos que não são tão importantes para uma pessoa que valoriza um carro de outra forma.

Por exemplo, prazer ao dirigir é algo que eu levo sempre em consideração para definir meus favoritos. Para você, podem ser mais importantes o custo de manutenção, os equipamentos de segurança e até mesmo a depreciação. Tudo bem, nada de errado com isso.

Minha lista não será necessariamente a sua, mas tenho certeza que é coerente, já que tenho o privilégio de ter contato diário com vários modelos diferentes de carros.

Dessa vez, pensei em modelos que entrariam na minha garagem, caso meu orçamento estivesse na casa dos R$ 50 mil. Também limitei a idade em cinco anos, considerando o ano/modelo -- ou seja, modelos 2014 para cá.

Como eu sempre digo, aquelas figurinhas carimbadas não costumam aparecer na minha lista. Estou falando de alguns fenômenos japoneses, que obviamente são bons negócios, mas que não precisam de uma lista para dizer isso. Quer comprar um Toyota Corolla ou um Honda Fit? Vá em frente, meu amigo. O mundo inteiro fala bem desses carros.

Então vamos aos escolhidos:

Ford Fiesta Titanium manual 2016

O Fiesta acaba de sair de linha, mas isso não é problema. O carro é bonito, tem motor moderno e é ótimo de guiar - Murilo Góes/UOL
O Fiesta acaba de sair de linha, mas isso não é problema. O carro é bonito, tem motor moderno e é ótimo de guiar
Imagem: Murilo Góes/UOL

Escolha fácil e racional, caso eu estivesse atrás de um carro pequeno com câmbio manual. Sabemos que o Fiesta saiu de linha, mas isso não é um problema para mim. O carro é bonito, tem um motor moderno e é ótimo de guiar.

E também é dos mais seguros, com sete airbags e controles de estabilidade e tração.

Com Tabela Fipe de R$ 49.500, custa o mesmo que um simples Ford Ka SE Plus 1.0 zero-quilômetro.

Chevrolet Cruze LTZ 2014

Geração anterior do Cruze não tem motor tão moderno, mas ainda faz bonito em outros pontos - Divulgação
Geração anterior do Cruze não tem motor tão moderno, mas ainda faz bonito em outros pontos
Imagem: Divulgação

Minha categoria favorita é a dos sedãs médios. Além de gostar dessa clássica carroceria, entendo que são carros bem racionais para o uso diário. O Cruze atual, é um baita carro, bonito e com motor turbo, mas ainda está bem longe dos R$ 50 mil. O jeito é recorrer à geração anterior, que não tem um motor tão moderno, mas ainda faz bonito em outros pontos.

Para começar, o LTZ vem com pacote completo de segurança, com seis airbags e controles de estabilidade e tração. Também tem excelente dirigibilidade, com um dos melhores bancos da categoria.

A Tabela Fipe desse modelo está em R$ 53,5 mil -- valor que no mercado de novos só compra um Chevrolet Prisma Joy.

Suzuki Grand Vitara 4x4 2014

Suzuki Grand Vitara é um jipinho de verdade, que encara qualquer tipo de terreno - Divulgação
Suzuki Grand Vitara é um jipinho de verdade, que encara qualquer tipo de terreno
Imagem: Divulgação

Se a categoria dos sedãs é minha favorita, a dos SUVs é a que das que menos me agrada. Questão de gosto pessoal, ou teimosia... Porém, se um dia eu decidir colocar um desses grandalhões na minha garagem, terá de ser com tração nas quatro rodas.

Na faixa dos R$ 50 mil, o inquebrável Suzuki Grand Vitara me atenderia muito bem. O câmbio automático de quatro marchas não ajuda muito no desempenho, tampouco no consumo, mas é um jipinho de verdade, que encara qualquer tipo de terreno.

Seu desenho ainda agrada: é o tipo de carro que envelhece bem. No mercado de novos, não se compra absolutamente nada que tenha tração nas quatro rodas com esse orçamento.

Chevrolet Spin LTZ 2016

Spin é feia, mas é boa: leva quatro com conforto e outros três passageiros de forma mais limitada - Divulgação
Spin é feia, mas é boa: leva quatro com conforto e outros três passageiros de forma mais limitada
Imagem: Divulgação

Na lista passada, com carros de R$ 40 mil, também citei a Chevrolet Spin como boa opção de carros com sete lugares. Gostaria de apresentar outra opção na faixa nos R$ 50 mil, mas infelizmente essa é uma categoria que os fabricantes dão pouca atenção aqui.

Então, vamos de Spin novamente, mas dessa vez um pouco mais nova, já que a Tabela Fipe de uma LTZ 2016 está em R$ 52 mil.

Ela é feia, e a maioria concorda comigo, mas é boa: leva quatro com conforto e outros três passageiros de uma forma mais limitada -- sendo dois na terceira fileira e um no meio da segunda fileira. Ainda assim, é mais digno que espremer mais de cinco pessoas em um carro comum, algo proibido, mas nada raro de ser flagrado.

Citroën DS3 2014

Citroën DS4 tem motor de sobra e o delicioso câmbio de manual de seis marchas - Divulgação
Citroën DS4 tem motor de sobra e o delicioso câmbio de manual de seis marchas
Imagem: Divulgação

Eu sou casado e tenho uma filha de 11 anos. Claro que não faz sentido ter um DS3. Mas, se ou fosse o Felipe Carvalho de anos atrás, quando minha habilitação estava quentinha e eu ainda procurava meu primeiro carro, a história seria outra.

Com esse orçamento gordo para um primeiro carro, não consigo pensar em nada mais descolado que um Citroën DS3. Tem motor de sobra e o delicioso câmbio de manual de seis marchas, ideal para recém-habilitados.

E é lindo... como é lindo! Os franceses são craques em desenhar belos carros. Você até consegue levar um bom Citroën C3 zero-quilômetro para a garagem nessa faixa de preço. E o motor 1.2 será um ótimo amigo do seu bolso.

Porém, como primeiro carro, vá de DS3 e deixe os carros chatos para quando você estiver mais velho.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.