PUBLICIDADE
Topo

Benê Gomes

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Fiat Cronos: vale investir no sedã que espera na fila pelo motor turbo?

Conteúdo exclusivo para assinantes
Benê Gomes

Jornalista e produtor de TV, desde 2001 atua como profissional especializado no segmento automotivo. Assina o boletim diário Sexta Marcha, da Rádio Transcontinental FM de SP, dirige e apresenta o_ _Programa Momento Vox – BAND SP. É diretor da Onze Produções, produtora de vídeo e conteúdo digital, e é o idealizador do Programa Auto+, onde atuou por 15 anos

Colunista do UOL

17/10/2021 04h00

Com suas atenções voltadas para a renovação da picape Toro - apresentada no primeiro semestre - e agora muito focada no lançamento do seu novo SUV, parecia que a Fiat estava deixando de lado o seu representante no segmento dos sedãs compactos, o Cronos.

Sim, parecia, pois em julho passado ela apresentou a linha 2022 e, apesar de não ter feito nenhuma alteração profunda no modelo, causou uma certa surpresa ao não incluir nesta renovação as versões com motor 1.8 flex. Mais um indício de que Cronos também deve ganhar o novo motor 1.0 turbo que estreará no Pulse, além de um provável novo câmbio automático do tipo CVT.

Sendo assim, neste momento o Cronos 2022 conta com três versões, todas equipadas com o câmbio manual de cinco velocidades: 1.3, Drive 1.3, e a versão especial S-design, essa a que recebeu um número um pouquinho maior de mudanças. A conhecida proposta visual com apelo esportivo recebeu o reforço de novos detalhes na cor bronze do lado de fora e também no acabamento interno; segundo a Fiat, uma ação para agregar mais sofisticação ao modelo

As demais versões também têm algumas alterações, mas a maiores e mais interessantes foram concentradas na Drive 1.3, a que experimentei nesta avaliação. É o caso do Hill Holder - o assistente de partida em rampa - e os controles eletrônicos de tração e estabilidade, agora itens de série, além da nova central multimídia com tela de sete polegadas e o volante com comandos de áudio.

Tem ainda a inclusão da luz de seta nos retrovisores, as bandeirinhas Fiat nos bancos dianteiros, assinatura em LED nos faróis e o sensor de estacionamento traseiro. No mais, o Fiat Cronos segue com aquelas boas características que já conhecemos. É um carro bonito e confortável, tem boa aerodinâmica, traz acabamento cuidadoso e com estilo, diferente da sobriedade encontrada, por exemplo, no Volkswagen Virtus, um dos concorrentes diretos.

Depois, lembrando de mais um concorrente direto, o Chevrolet Onix Plus, no Cronos o espaço no banco traseiro é reduzido, com conforto justo para quatro adultos. No entanto, tem um belo porta-malas de 525 litros, esse um quesito muito importante em qualquer sedã.

Neste momento, só motor 1.3 Firefly

O Cronos segue bem servido com o motor Firefly 1.3 flex, propulsor recente e eficiente, que entrega bem o que esse carro precisa. Na cidade, cumpre a proposta, garantindo agilidade com o torque alinhado com o peso do modelo: são 109 cavalos de potência e torque de 14,2 Kgfm.

Vale o elogio para os números de consumo, mesmo quando você anda só com etanol no tanque, mas é com gasolina que a situação é mais interessante, pois é fácil alcançar as médias oficiais divulgadas pela fabricante: 12,4 km/l na cidade e 14,8 km/l na estrada.

No uso de rotina, o motor exige um pouco de atenção, pois é menor, trabalha com um câmbio com cinco marchas, o que te obriga a fazer mais trocas e também explorar bastante as rotações altas. Mas agora é o que temos para o Cronos, já que na renovação de linha a Fiat não incluiu as versões com o motor E-TorQ 1.8 flex, mais antigo e hoje pouco eficiente em comparação aos novos turbinados.

O Fiat Cronos, é produzido na Argentina e no Brasil nunca liderou as vendas, mesmo antes das dificuldades impostas pela pandemia. Sempre figura entre os cinco e seis mais vendidos do segmento dos sedãs compactos, o que é um ponto positivo, mas uma condição modesta para as pretensões da Fiat. Para dar uma virada no mercado, o Cronos precisa de um bom reforço, como o novo motor 1.0 turbo, e isso é só uma questão de tempo.

Preço Fiat Cronos Drive 1.3 Flex: R$ 84.996,00

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL