PUBLICIDADE
Topo

Benê Gomes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Volvo XC40 elétrico acelera como Mustang e traz bateria que te leva longe

Conteúdo exclusivo para assinantes
Benê Gomes

Jornalista e produtor de TV, desde 2001 atua como profissional especializado no segmento automotivo. Assina o boletim diário Sexta Marcha, da Rádio Transcontinental FM de SP, dirige e apresenta o_ _Programa Momento Vox – BAND SP. É diretor da Onze Produções, produtora de vídeo e conteúdo digital, e é o idealizador do Programa Auto+, onde atuou por 15 anos

Colunista do UOL

26/09/2021 04h00

Quem acompanha o universo automotivo, já está sabendo: para a Volvo, os modelos com motores a combustão são coisa do passado. Tanto que no Brasil, inclusive, agora a marca só vende modelos eletrificados, inclusive XC40 Pure Eletric, seu primeiro modelo totalmente elétrico.

Feito a partir da versão XC40 Recharge Hybrid, o SUV elétrico é praticamente o mesmo no visual. Para perceber o que muda, você precisa olhar atentamente para a dianteira sem a tradicional grade perfurada para ajudar na refrigeração do motor. Nele, esse ponto é fechado.

Depois, além da tomada de recarga na lateral ou das rodas exclusivas, não conta também com escapamento na traseira. Partindo disso, começa a experiência 100% elétrica e com algumas inovações, como o botão de acionamento do carro que, nele, não existe!

Isso mesmo, o XC40 elétrico não tem botão para ligar o motor; para começar a andar com ele, basta manter a chave inteligente dentro do veículo, posicionar a alavanca de câmbio na posição "D" e pisar no freio. O sinal de que podemos acelerar aparece no painel, com a palavra "ready", de pronto, em inglês. E, naturalmente, tudo em silêncio, a não ser pelo som do rolar dos pneus. Curioso? Então anota mais uma: também não tem alavanca ou botão para o freio de estacionamento. Quando você para, basta colocar a alavanca em "P"

O XC40 Pure Eletric tem dois motores elétricos, um em cada eixo, e as baterias ficam sob o assoalho. Outro ponto diferente envolve os pneus, com medidas distintas em cada eixo: 235/45 na dianteira e 255/40 na traseira. Ou seja, pneus mais largos atrás para ajudar na tração, que é integral.

E, como bom carro 100% elétrico, conta com um eficiente sistema de regeneração de energia, batizado de "one pedal drive". Isso significa que você pode, sim, andar com o SUV utilizando apenas um pedal na maior parte do tempo, acelerando ou reduzindo a velocidade apenas movimentando o acelerador.

No entanto, aqui temos outra dose de curiosidade, porque o sistema tem um comportamento bem fora do padrão. Quando você tira o pé do acelerador, a velocidade é reduzida muito rapidamente. Isso acontece porque o inversor do motor elétrico entra em ação e para rapidamente o carro se estiver em velocidade baixa.

Mas funciona bem ainda em alta velocidade, o que torna a experiência diferente para o motorista, exigindo uma adaptação para se tirar proveito desta condição que só um veículo movido a eletricidade pode oferecer. Agora, se incomodar, dá para desabilitar o recurso.

Acelera como Mustang

Volvo XC40 Recharge Pure Electric - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Veículo elétrico do tipo plug-in e com autonomia para rodar até 418 km com uma única carga, o XC40 Pure Eletric impressiona pela sua capacidade de aceleração, digna de um legítimo esportivo. A bateria elétrica de 78 kWh sustenta os motores que garantem potência combinada de 413 cv e torque de 67,3 kgfm.

Mesmo para quem já conhece o comportamento de um modelo 100% elétrico - que tem todo o torque disponível em qualquer condição - quando você acelera este XC40 pode levar um susto com o tranco instantâneo, indiscutivelmente muito forte. Sem dúvida, vale mais um tempinho de adaptação. Não por acaso, o XC40 Pure Eletric acelera de zero a 100 km/h em apenas 4,9 segundos. Então, é inevitável a comparação com o Ford Mustang Mach1, por exemplo, que faz isso em 4,3 segundos.

Serviços Google na tela da central multimídia

Volvo XC40 Recharge Pure Electric interior - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Os tradicionais serviços Google e as possibilidades de comando por voz oferecidas pela plataforma não são novidade. Mas esse recurso aplicado oficialmente em um carro é. Portanto, temos outro aspecto bem interessante deste SUV elétrico, que inaugura seu novo sistema de entretenimento e conectividade baseado na plataforma Google Automotive Services.

O resultado é uma integração total dos recursos multimídia com os do Google, permitindo acionar recursos do veículo e também solicitar informações gerais, como a temperatura, situação do trânsito e restaurantes próximos - exatamente como fazemos no smartphone. Tudo isso está disponível na boa tela vertical de nove polegadas com alta resolução já conhecida dos modelos Volvo.

Além disso, o XC40 elétrico traz todo o refinamento de acabamento e o ótimo sistema de som já conhecidos deste modelo - além da parafernália de segurança representada pelos sistemas de condução semiautônoma Pilot Assist e City Safety.

Bem, mas para encerrar, como você deve estar pensando aí, e o compartimento do motor, na dianteira? Sim, o XC40 elétrico ganhou mais um espaço para bagagens, não tão grande como a gente imagina antes de conferir, mas com bons 31 litros de capacidade.

No final, fica claro que o XC40 Pure Eletric acerta na proposta que reúne desenho bonito com cara de carro de passeio - como a gente está acostumado - inovação tecnológica e muita, mas muita mesmo, capacidade de acelerar. Esse é um detalhe onde até exagera, mas que, neste momento, tem um papel importante, como lembrou um executivo da Volvo Cars do Brasil: ajuda a comprovar rapidamente como um carro elétrico pode ser muito forte e encarar trajetos mais longos.

Mas isso, naturalmente, será realidade apenas quando a gente puder contar com uma rede de recarga eficiente no Brasil! Mas esse é um tema para outra conversa.

Preço do Volvo XC40 Pure Eletric: R$ 389.950

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL