PUBLICIDADE
Topo

Autos Segredos

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Fiat Scudo: como é o furgão "cosplay" de irmãos de marcas francesas

Marlos Ney Vidal

Marlos Ney Vidal é repórter, fotógrafo, editor e criador do site Autos Segredos. Formando em jornalismo pela PUC Minas, atuou na redação do jornal Estado de Minas por 24 anos, além de ter colaborado com Quatro Rodas, Auto Esporte e Carro Etc., do jornal O Globo.

Colunista do UOL

25/06/2022 04h00

Atualmente atuando com Fiorino e Ducato, a Fiat se vale da sinergia entre as marcas da Stellantis e lança o Scudo, cosplay italiano dos Citroën Jumpy e Peugeot Expert. A novidade foi antecipada pela coluna em março aqui no UOL Carros.

O furgão vendido em sistema de pré-venda fará sua estreia nas lojas no dia 1° de agosto. Inicialmente, o Scudo 2023 será vendido nas versões Cargo e Multi com motor 1.5. BlueHDI diesel e na opção Cargo com motor elétrico.

O mercado anual de furgões comercializa anualmente 65 mil unidades. Herlander Zola, vice-presidente sênior da Fiat na América do Sul, estima que o Scudo venderá 10% das vendas totais no segmento de furgões comerciais, incluindo os segmentos de B-van, D-Van e E-van.

Os preços do Scudo 2023 ficam em R$ 187.490 para a versão Cargo, R$ 192.490 para opção Multi com motor térmico e R$ 329.990 para opção Cargo com motor elétrico. As versões diesel virão importadas do Uruguai e a elétrica virá da Europa, à exemplo dos primos franceses.

O Fiat Scudo 2023 chega para atuar no segmento de D-van com capacidade de para 1.500 quilos na versão térmica e 1.000 quilos na opção elétrica. Já a capacidade térmica é de 6,1 m³ é comum em ambas as versões.

Visualmente, o Scudo é idêntico aos irmãos, os faróis vieram do Jumy e o capô do Expert. Para-choques são comuns nos três modelos. A grade do italiano é exclusiva e abriga o novo logo Fiat, ela tem formato que remete a um escudo.

Fiat Scudo Cargo - Marlos Ney Vidal/Autos Segredos - Marlos Ney Vidal/Autos Segredos
Fiat Scudo Cargo tem capacidade para levar até 1.500 quilos
Imagem: Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Segundo os executivos da Fiat, maçanetas, capa dos retrovisores e para-choques sem pintura foram pensados para diminuir os custos de reparação, já que os plásticos sem pintura tem preço de substituição mais baixo.

Por dentro, o Scudo é cópia dos irmãos, a única mudança é o nome Fiat no volante, aliás, curiosamente a marca uso o antigo na cor vermelha com o escrito em prateado.

O motorista tem banco com regulagem de altura e apoio de braço, o assento apoia bem as pernas do ocupante e o encosto tem abas largas segurando bem as costas do condutor.

O volante tem regulagem de altura e profundidade e a alavanca de câmbio em posição elevada contribui para um maior conforto do condutor.

Há airbag frontal para o motorista e do passageiro protege os dois ocupantes.

Fiat Scudo Multi - Marlos Ney Vidal/Autos Segredos - Marlos Ney Vidal/Autos Segredos
Fiat Scudo Multi pode ser customizado para levar passageiros, ambulância, entre outras implementações
Imagem: Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

O acabamento é condizente com a proposta de trabalho e não há luxo, mas os materiais de revestimento são de boa qualidade e há muitos porta-objetos. Os vidros são elétricos e os retrovisores contam com ajustes elétricos.

Entre os itens de conforto, o Fiat Scudo oferece direção eletro-hidráulica e ar-condicionado. A escorregada para quem está no posto de comando é falta de câmera de ré e estacionamento traseiro, na hora de manobras, os itens fazem falta para auxiliar o condutor. Eles só estão disponíveis na versão elétrica. Os retrovisores externos poderiam ser maiores.

Andando

As versões térmicas do Scudo são equipadas com o motor 1.5 BlueHDI de 120 cv de potência a 3.500 rpm, com torque de 30,6 kgfm a 1.750 rpm. Ele é ligado ao câmbio manual de seis marchas.

O bom torque em baixas rotações contribui para ter força suficiente em ultrapassagens e retomadas de velocidades. Em veículos de carga, os números de torque são mais importantes que cavalos de potência. No entanto, os 120 cv de potência também contribuem para deixar o Scudo bem ágil no trânsito urbano e no rodoviário.

O tanque de combustível com capacidade de 69 litros oferece autonomia de até 800 quilômetros. O furgão é nota "A" no Selo Conpet em seu segmento, em números aferidos pelo Inmetro, o Scudo faz média de 12,4 km/l na cidade e 11,9 km/l em estrada. Para ajudar na economia de combustível, o modelo conta com sistema Start&Stop.

Fiat e-Scudo - Marlos Ney Vidal/Autos Segredos - Marlos Ney Vidal/Autos Segredos
Fiat e-Scudo é 100% elétrico e tem autonomia de até 330 quilômetros
Imagem: Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

O elétrico e-Scudo tem motor com 136 cavalos de potência e torque um pouco menor, são 26,5 kgfm, no entanto ele é imediato e deixa o furgão bem ágil, como nos carros elétricos de passeio. A autonomia oficial é de até 330 quilômetros com a carga da bateria completa.

Tanto na versão térmica quanto na elétrica, o Fiat Scudo tem rodar suave e apesar do centro de gravidade mais alto, ele tem comportamento de carro de passeio. Mesmo vazio, o bom trabalho realizado na suspensão evita que o furgão pule como um cabrito.

Quanto custa?

Os preços são idênticos aos dos irmãos. A versão Cargo R$ 187.490, a Multi tem preço sugerido de R$ 192.490 e o elétrico Cargo custa R$ 329.990.

Para vender o Scudo, a marca apresenta o Fiat Professional para atendimento aos veículos comerciais da marca. Até o dia 1° de agosto, a rede será composta por 200 pontos de vendas e assistência técnica.

O discurso da Fiat é que o Scudo não irá tirar vendas dos irmãos Citroën Jumpy e Peugeot Expert, no entanto, na prática, com a maior rede italiana, isso deverá ser pouco provável.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.