PUBLICIDADE
Topo

Mercedes-Benz C300 mostra porque sedã está em sua melhor forma

Colaboração para o UOL, de São Paulo (SP)

04/07/2022 04h00

Resumo da notícia

  • Sexta geração do Classe C é vendida com motorizações híbridas leves
  • C300 combina motor 2.0 turbo de 258 cv com sistema elétrico de 48 volts
  • Design refinado e bom pacote de segurança são maiores destaques

Desde meados dos anos 90, a Mercedes-Benz já se aventurou em vários segmentos. Assim surgiram hatches como o Classe A, minivans como a Classe B e, claro, muitos SUVs. Mesmo assim, um modelo se manteve prestigiado desde sua estreia: o Classe C.

A sexta geração do sedã estreou em janeiro com a promessa de ser a melhor da história.

Mercedes-Benz C300 AMG Line

Preço

R$ 396.900
Carros
4,7 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Pontos Positivos

  • Consumo
  • Desempenho
  • Design

Pontos Negativos

  • Preço

Veredito

Nunca houve um Classe C tão bom como essa sexta geração. Além de ter um design muito atraente, o sedã esbanja tecnologia e segurança. Para completar, o conjunto híbrido leve faz com que o consumo seja muito bom. Entretanto, tudo tem seu preço - e, no caso do C300, ele é bem salgado. Pelo menos quem puder pagar quase R$ 400 mil por ele não vai se arrepender.

Design e espaço interno

É normal que a Mercedes-Benz busque inspiração nos modelos do topo da gama na hora de desenhar o Classe C. No caso dessa geração, o parentesco com o novo Classe S fez muito bem ao carro.

As linhas esportivas do pacote AMG Line ganham ainda mais beleza com o pacote Night, que acrescenta alguns detalhes externos na cor preta. No geral, o sedã ficou 7 cm mais longo e 2,5 cm maior na distância entre eixos.

Na frente, a grade dianteira tem um detalhe muito charmoso: pequenas estrelas de três pontas formam o desenho da peça. Os faróis têm formato amendoado e o para-choque tem entradas de ar bem grandes - que remetem ao hiperesportivo AMG One. A traseira traz lanternas horizontais com um formato bastante esguio e que, pela primeira vez, invadem a tampa do porta-malas.

A cabine impressiona pelas duas vistosas telas: uma delas tem 12,3 polegadas e faz as vezes do quadro de instrumentos. Já a outra de 11,8 polegadas tem formato horizontal e lembra muito um tablet. A navegação é bastante intuitiva em qualquer uma delas, embora a profusão de botões no volante cause certa confusão inicial.

A posição de dirigir é muito confortável, embora não seja esportiva como nos modelos da BMW. Atrás, há bom espaço para os joelhos dos passageiros que viajam nas extremidades. Infelizmente não se pode dizer o mesmo para o quinto passageiro, que precisa se sentar com um túnel central extremamente alto entre as pernas. O amplo porta-malas de 455 litros não mudou em relação ao antigo Classe C. Ainda bem.

Consumo e desempenho

C300 1 - Divulgação - Divulgação
Desempenho só não agrada mais do que o consumo
Imagem: Divulgação

O C300 traz o mesmo conjunto híbrido leve oferecido na geração anterior do Classe C. São 258 cv e 40,8 kgfm extraídos do motor 2.0 turbo e mais 27 cv e 20,4 kgfm vindos do motor elétrico.

O bom desempenho resulta em aceleração de 0 a 100 km/h em seis segundos e velocidade máxima de 250 km/h. A nomenclatura "híbrido leve" se dá pelo fato de o propulsor elétrico realizar algumas funções do carro em vez de tracioná-lo, como ocorre em um veículo híbrido puro. Sua função principal é poupar o motor a combustão em situações que não demandam acelerações, como nos momentos de viagem em cruzeiro. Nesta condição, o veículo roda em Neutro - algo parecido com a famosa "banguela".

Evidentemente essa atuação do conjunto de 48 volts contribui para reduzir o consumo de combustível. Durante nossa avaliação, que incluiu um percurso de aproximadamente 150 quilômetros em rodovias, nós chegamos a uma média acima de 13 km/l. Ou seja, praticamente o mesmo que os 12,9 km/l declarados pela fabricante no mesmo ambiente. Na cidade, também conseguimos se aproximar da média de 10,9 km/l.

Equipamentos

C300 2 - Divulgação - Divulgação
Cabine futurista encanta pelas duas telas gigantescas
Imagem: Divulgação

O C300 é a versão mais luxuosa da gama - ao menos até a chegada das configurações preparadas pela AMG. Isso significa itens como 6 airbags, destravamento das portas sem chave, sistema de assistente de estacionamento, câmera de ré, iluminação ambiente, projeção do logotipo no lado externo do carro, soleiras iluminadas, bancos dianteiros com regulagens elétricas, central multimídia MBUX com assistente pessoal e reconhecimento de comandos de voz, carregamento de celular por indução, teto solar panorâmico, espelhos retrovisores com rebatimento elétrico, faróis com iluminação full LED.

Frente à configuração de entrada C200, a versão de topo acrescenta rodas de liga leve de 19 polegadas, ar-condicionado digital com quatro zonas de temperatura, head up display e câmera de estacionamento com visão em 360 graus.

Manutenção e segurança

Na segurança, o C300 vem com diversas assistências de condução. Há alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, controle de cruzeiro adaptativo (capaz de acelerar, frear e fazer curvas leves sem intervenção humana) com função de tráfego, assistente de permanência em faixa de rolagem, sensor de pontos cegos, farol alto adaptativo e alerta de saída de faixa, entre outros itens.

Concorrentes

C300 5 - Divulgação - Divulgação
BMW 330e é maior rival por trazer propulsão híbrida
Imagem: Divulgação

Como já é de praxe, o Classe C concorre com os conterrâneos BMW Série 3 e Audi A4. Só que, no caso do C300, a briga principal é com o BMW 330e M Sport.

Assim como no representante da Mercedes-Benz, o sedã usa a tecnologia híbrida. A diferença é que, enquanto o Classe C é um híbrido leve, o 330e é um híbrido puro - ou seja, efetivamente possui dois motores. Estamos falando de um motor 2.0 turbo de 184 cv com um propulsor elétrico de 113 cv.

Nos números combinados, o 330e chega a 292 cv e 42,8 kgfm de torque máximo - mais do que no C300. O tempo de aceleração de 0 a 100 km/h é praticamente idêntico nos dois carros (o BMW é 0,1 segundo mais rápido) e a autonomia do 330e no modo elétrico chega a 56 km. Para terminar, o preço também favorece o rival: R$ 379.950.

Mecânica
  • Motorização

  • 2.0, turbo, 4 cil.

  • Combustível

  • Híbrido leve / Gasolina

  • Potência (cv)

  • 258 cv / 27 cv

  • Torque (kgf.m)

  • 40,8 kgfm / 20,4 kgfm

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • 6 s

  • Velocidade máxima (km/h)

  • 250 km/h

  • Consumo cidade (km/l)

  • 10,4 km/l

  • Consumo estrada (km/l)

  • 12,9 km/l

  • Câmbio

  • Automático de 9 marchas

  • Tração

  • Dianteira

  • Direção

  • Elétrica

  • Suspensão Dianteira

  • Independente, duplo A

  • Suspensão Traseira

  • Independente, multilink

  • Freios Dianteiros

  • Discos ventilados

  • Freios Traseiros

  • Discos ventilados

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 225/40 R19 (diant.) / 255/35 R19 (tras.)

  • Rodas

  • 19 polegadas

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1438 mm

  • Comprimento (mm)

  • 4751 mm

  • Entre-eixos (mm)

  • 2865 mm

  • Largura (mm)

  • 1820 mm

  • Ocupantes

  • 5

  • Peso (kg)

  • 1675 kg

  • Porta-malas (L)

  • 455 l

  • Tanque (L)

  • 66 l

Preço das Revisões, Seguro e Garantia
  • 10.000 km

  • R$ 1.700,00

  • 20.000 km

  • R$ 3.100,00

  • 30.000 km

  • R$ 4.200,00

  • 40.000 km

  • R$ 3.100,00

  • 50.000 km

  • R$ 1.700,00

  • Seguro

  • n/d

  • Garantia

  • 3 anos

Equipamentos
  • Airbags Motorista

  • Airbags Passageiro

  • Airbags Laterais

  • Airbags do tipo Cortina

  • Airbags para joelho do motorista

  • Controle de Estabilidade

  • Controle de Tração

  • Freios ABS

  • Distribuição Eletrônica de Frenagem

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Piloto Automático

  • Volante com Regulagem de Altura

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Vidros Elétricos Traseiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Entrada Auxiliar

  • Banco de Couro

  • Banco do motorista com ajuste de altura

  • Bancos com ajustes elétricos

  • Desembaçador Traseiro

  • Teto Solar

  • Computador de Bordo

  • Acendimento automático dos faróis

  • Faróis de neblina

  • Frenagem autônoma de emergência

  • Alerta de permanência em faixa

  • Sensor de pressão dos pneus

  • Sensor de pontos cegos

  • Alerta de colisão

  • Faróis com regulagem de altura

  • Sistema de estacionamento autônomo