PUBLICIDADE
Topo

Kwid Outsider: vale pagar por "carro mais barato do Brasil" completão?

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/02/2022 04h00

A Renault mudou bastante o Kwid. Mais do que alterar o visual, a empresa fez um belo trabalho na gama de equipamentos desde a versão de entrada, focado especialmente na segurança - ainda que por obrigatoriedade que virá a partir de 2024.

Na versão de topo, Outsider, o apelo aventureiro continua firme com apliques de plástico nas caixas de roda, barras do teto e outros detalhes meramente visuais.

Essa versão, que chegou ainda na primeira fase do Kwid, ficou dentro do apelo que ainda havia de aventureiros para hatches compactos no mercado.

Essa versão custa R$ 67.690, não tem opcionais e é a mais completa da gama, apesar de ser essencialmente uma Intense com alguma perfumaria. Vale a pena investir tanto na Outsider? É o que UOL Carros quer descobrir.

Renault Kwid Outsider

Preço

R$ 67.690
Carros
3,0 /5
USUÁRIOS
5,0 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Pontos Positivos

  • Consumo
  • Equipamentos

Pontos Negativos

  • Espaço interno

Veredito

O Kwid teve boas melhorias na mudança para a linha 2023 e ficou mais seguro, o que é importante. Por outro lado, para manter o preço mais baixo dentro do que é possível nos dias atuais, manteve alguns defeitos já conhecidos. A versão Outsider em especial tem pouco a mais a oferecer que você não possa encontrar na Intense. Só vale mesmo para agradar o ego do proprietário com o visual aventureiro.

DESIGN E ESPAÇO INTERNO

O visual externo do Kwid está de acordo com as melhorias que ele passou a ter em termos de equipamento. O carro adotou a nova linguagem visual da Renault e, com isso, está mais elegante, especialmente com as luzes diurnas de LEDs integrados a continuação da nova grade.

A traseira mudou pouco. O charme fica aparente apenas quando as luzes estão acesas e é possível ver o novo contorno em formato de "C" das lanternas.

Por dentro, as mudanças são mais funcionais que visuais, mas o novo tecido dos bancos na versão Outsider tem seu brilho em sustentar a proposta de aventureiro que ele tem.

No que concerne ao espaço interno, o Kwid nunca foi e não tem como ser um primor. O carro aposta no estilo de teto mais alto para garantir um pouco mais de conforto para as pessoas, mas sua largura reduzida não proporciona um bom espaço interno.

Com isso, adultos maiores não tem muito espaço entre si na cabine. Pessoas altas e com ombros largos ficam com cerca de um palmo de distância do passageiro ao lado se for alguém com as mesmas dimensões.

Para referência, o Sandero, que tem um bom espaço interno, tem largura do carro, sem os espelhos, de 1.730 mm enquanto o Kwid, também sem os espelhos, tem 1.579 mm.

Se o espaço é reduzido na cabine, o restante do carro tem que acompanhar. Por isso, os assentos dos bancos dianteiros são bem estreitos e pouco confortáveis para pessoas maiores.

Atrás, com conforto viajam apenas dois adultos. Um quinto ocupante sofrerá bastante para ocupar o que restar de espaço, tanto de ombro quanto para as pernas.

O porta-malas tem, para as dimensões do veículo, bons 290 litros de capacidade, o que a Renault diz ser o maior da categoria - formada pelo Kwid e o Mobi como subcompactos.

Renault Kwid Outsider 2023 - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

CONSUMO E DESEMPENHO

O motor 1.0 de três cilindros recebeu melhorias, como nova central eletrônica, sensor de fase do comando de válvulas e nova calibragem. Com isso, a potência passou de 66 cv/70 cv para 68 cv/71 cv. O ganho de torque também é "ilustrativo": era 9,4 mkgf/9,8 mkgf e foi para 9,4 mkgf/10 mkgf.

Os números de consumo divulgados pela Renault são de 15,3 km/l com gasolina e 10,8 km/l com etanol na cidade. Na estrada, ele é capaz de fazer 15,7 km/l com gasolina e 11 km/l com etanol, respectivamente.

Para isso, além das novidades acima, ele ganhou o start-stop, que desliga o motor em pequenas paradas desde que se coloque o câmbio manual de cinco marchas em neutro e tire o pé do pedal da embreagem.

Na prática, o Kwid continua a ser um bom carro urbano, com consumo adequado, além de ágil e prático na cidade devido a suas dimensões diminutas. Na estrada ele também vai bem, mas sofre um pouco nas retomadas se estiver com carro cheio, além de ser alvo fácil do deslocamento de ar dos caminhões que passam.

A suspensão feita para encarar o piso ruim atende bem o conforto que se espera para a buraqueira da cidade no dia a dia. A direção elétrica é bastante leve e ajuda no uso urbano, mas na estrada incomoda pela sensação de "falta de peso" que não passa precisão.

Renault Kwid Outsider 2023 - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

EQUIPAMENTOS

A versão Outsider foi mantida na linha 2023 sendo a mais equipada da gama. De série traz assistente de partida em rampa (HSA), start-stop, sensor de pressão nos pneus, luzes diurnas de LEDs, novo painel de instrumentos digital todo de LED, que ficou mais completo e prático com um computador de bordo com várias funções.

Há também ar-condicionado que não é automático e nem digital, mas gela bem, trio elétrico com vidro elétrico apenas nas portas dianteiras, chave canivete e maçanetas na cor da carroceria.

Ele traz uma nova central multimídia com integração a Android Auto e Apple CarPlay, mas só pelo cabo USB. De todo modo melhorou muito o uso porque a entrada USB do tipo A foi deslocada da própria central para o porta-objetos no console central. Completa o pacote de entretenimento os comandos satélite de áudio na coluna de direção e a câmera de ré.

Na Outsider há de série rodas de liga leve de 14 polegadas - itens que não estavam disponíveis antes da reestilização no Kwid. Ele tem também para fechar o pacote aventureiro barras no teto que não podem ser utilizadas para afixação de rack e apliques de borracha nas caixas de roda.

Renault Kwid Outsider 2023 - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

SEGURANÇA

Em termos de segurança o Kwid, que contava com quatro airbags, teve adição de equipamentos que ainda serão obrigatórios aos carros comercializados no Brasil, como o controle de tração e de estabilidade integrados.

Além disso, o carro traz também duas posições com fixação Isofix para cadeirinhas infantis no banco traseiro e ajuste de altura do cinto de segurança na coluna, além d alerta visual e sonoro de uso de cinto de segurança para todos os ocupantes.

Por mais que seja um item que ganhou vezes de adição ao visual, as luzes diurnas de LEDs também são um item de segurança, que ficam sempre ligadas, duram mais que as halógenas e fazem o compacto ser visto à distância.

Renault Kwid Outsider 2023 - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

MERCADO

Único carro abaixo de R$ 60 mil, o Kwid é o carro "menos caro do Brasil" para as condições atuais. O carro ganhou uma série de melhorias, além de outras que foram feitas durante o primeiro período de vida do compacto, como os freios.

Mais seguro, levemente mais potente e ainda muito econômico, continuará a ser a primeira escolha de muita gente, especialmente com o novo visual, que deu até um pouco mais de requinte.

Por enquanto ele está na dianteira em relação ao Mobi, que continua com um motor velho e agora menos potente para também atender ao Pronconve L7.

Em relação à versão Outsider, apesar das melhoras, o consumidor precisará se perguntar se vale pagar mais pela perfumaria e rodas de liga leve quando tudo que ele precisa já se encontra na intermediária Intense.

Renault Kwid Outsider 2023 - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Mecânica
  • Motorização

  • 1.0, 3 cil, 12V

  • Combustível

  • Etanol / Gasolina

  • Potência (cv)

  • 71 cv @ 5.500 rpm (etanol) / 68 cv @ 5.500 rpm (gasolina)

  • Torque (kgf.m)

  • 10,0 kgfm @ 4.250 (etanol) / 9,4 kgfm @ 4.250 (gasolina)

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • 13,2 s (etanol) / 13,5 s (gasolina)

  • Velocidade máxima (km/h)

  • N/D

  • Consumo cidade (km/l)

  • 10,8 etanol / 15,3 gasolina

  • Consumo estrada (km/l)

  • 11,0 etanol / 15,7 gasolina

  • Câmbio

  • Manual, 5 marchas

  • Tração

  • Dianteira

  • Direção

  • Elétrica

  • Suspensão Dianteira

  • Independente

  • Suspensão Traseira

  • Eixo de torção

  • Freios Dianteiros

  • Discos ventilados

  • Freios Traseiros

  • Tambor

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 165/70 R14

  • Rodas

  • 14 polegadas

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1.479

  • Comprimento (mm)

  • 3.680

  • Entre-eixos (mm)

  • 2.423

  • Largura (mm)

  • 1.579

  • Ocupantes

  • 5

  • Peso (kg)

  • 825

  • Porta-malas (L)

  • 290 l

  • Tanque (L)

  • 38

Preço das Revisões, Seguro e Garantia
  • Garantia

  • 3 anos

Equipamentos
  • Airbags Motorista

  • Airbags Passageiro

  • Airbags Laterais

  • Controle de Estabilidade

  • Controle de Tração

  • Freios ABS

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Desembaçador Traseiro

  • Computador de Bordo

  • Sensor de pressão dos pneus