PUBLICIDADE
Topo

Honda WR-V ganha conteúdo para deixar de ser cobiçado só entre usados

Reestilização deixou WR-V com design mais elegante - Murilo Góes/UOL
Reestilização deixou WR-V com design mais elegante
Imagem: Murilo Góes/UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/10/2020 00h00

Resumo da notícia

  • Reestilização deixou WR-V com design mais elegante
  • Versão EXL custa R$ 94.700 e vem bem equipada de série
  • Carro dispensa assistências de condução presentes no rival VW Nivus

O WR-V surgiu em 2017 na crista da onda dos SUVs compactos. Lançado para ser uma alternativa mais barata ao HR-V, o modelo cumpre seu papel (a Honda diz que ele responde por 22% das vendas dos SUVs da marca), mas é no mercado de seminovos que ele tem ótima aceitação.

Disposta a mudar este cenário, a Honda lançou a linha 2021 do WR-V com algumas mudanças e melhorias. O design foi atualizado, enquanto o bem-vindo controle de estabilidade finalmente foi incorporado à gama. Existe ainda uma nova versão de entrada, a LX.

UOL Carros dirigiu a versão topo de linha EXL, que está à venda por R$ 94.700, e te conta se o aventureiro tem condições de virar um sucesso de vendas.

Divulgação

Honda WR-V EXL 2021

Preço

R$ 94.700
Carros
4,0 /5
USUÁRIOS
3,8 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Nada surpreendente para o bem nem para o mal: números são bons

Motor 1.5 trabalha bem, mas é feito para andar sem pressa; suspensão é bem calibrada

Reestilização deixou o estilo mais refinado, mas ainda divide opiniões

Pacote da versão EXL é bem completo e vem com itens importantes de fábrica

Muito espaço no banco de trás, que também traz o ótimo sistema modular de rebatimento

Não há valor fixo de revisão: os preços variam de acordo com a concessionária

Bem equipado, mas podia ter assistências de condução como alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência

Pontos Positivos

  • Dirigibilidade
  • Espaço interno

Pontos Negativos

  • Design
  • Itens de segurança

Veredito

O WR-V se 'vende' como o SUV de entrada da Honda, e essa é uma boa definição. Embora seja baseado em um monovolume (o Fit), ele tem ângulos de entrada e de saída melhores do que alguns utilitários esportivos. Sua suspensão mais firme também ajuda em pisos sem asfalto, mas é na cidade que ele se dá bem. O interior espaçoso se destaca pela modularidade do sistema de bancos, permitindo carregar objetos e bagagens de vários tamanhos e tipos. Porém, se você preza características como a posição mais alta de dirigir e a maior sensação de proteção, pense também no VW Nivus. Ele é mais acanhado por dentro, mas tem o bom desempenho do motor turbo, o estilo mais moderno e pode vir com importantes itens de segurança, como frenagem autônoma de emergência e piloto automático adaptativo.

WR-V 1 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Frente ficou mais moderna com atualização no visual
Imagem: Murilo Góes/UOL

Vamos ser honestos: o WR-V é uma versão aventureira do Fit - e não há demérito algum nisso. Só que, mesmo com algumas alterações no design, as semelhanças com o monovolume renderam críticas em seu lançamento.

O parentesco continua inegável, mas a reestilização refinou o estilo do modelo. Na frente, os faróis ganharam novo desenho e iluminação full LED nas versões EX e EXL. Grade frontal também foi redesenhada, assim como o para-choque.

Atrás, as lanternas são as mesmas, mas ganharam refletores em formato de "C" e iluminação por LEDs. O para-choque, inclusive, está 67 mm mais comprido, o que deve ser bom para evitar amassados nas pequenas encostadas.

Apesar de sutis, as mudanças deixaram o WR-V mais moderno. Por dentro nada mudou em termos de estilo - e nem precisava, já que a cabine ainda é atual.

O espaço interno é um dos destaques do carro, já que o prático sistema modular de rebatimento do banco traseiro facilita a vida de todos. É possível rebater o encosto, erguer a base dos assentos ou deixar quase todos os bancos deitados.

Passageiros mais altos também não tem do que reclamar no banco de trás, já que sobra espaço para pernas e cabeças, graças ao teto elevado.

Já o acabamento é de boa qualidade, embora os plásticos utilizados em algumas partes da cabine sejam um pouco duros.

WR-V 2 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Motor 1.5 i-VTEC entrega até 116 cv com etanol
Imagem: Murilo Góes/UOL

Nenhuma alteração foi feita no motor 1.5 i-VTEC de até 116 cv e 15,3 kgfm quando abastecido com etanol. Se a escolha for pela gasolina, os números são quase idênticos: 115 cv e 15,2 kgfm, respectivamente.

Associado ao câmbio CVT, o WR-V não preza pelo desempenho. Assim como o Fit, ele é um carro feito para andar sem pressa.

A condução é confortável e silenciosa, exceto quando o motorista precisa realizar ultrapassagens ou retomadas - situações nas quais o som do motor invade excessivamente a cabine, algo recorrente em veículos com transmissão CVT.

No caso específico do WR-V, a suspensão tem uma calibragem mais firme que a do Fit. Isso acontece porque o carro tem amortecedores com batente hidráulica, haste do amortecedor reforçada e uma barra estabilizadora exclusiva.

Na prática, ele é bem mais agradável de dirigir do que seu "irmão", famoso por não lidar muito bem com as irregularidades do piso. E isso faz diferença em qualquer veículo com pretensões de fora-de-estrada.

WR-V 3 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Bem equipado e com acabamento de qualidade, WR-V agrada por dentro
Imagem: Murilo Góes/UOL

Completona, a versão EXL sai por R$ 94.700 e não traz opcionais.

Além do controle de estabilidade, o WR-V sai de fábrica com 6 airbags, assistente de partida em rampas, ar-condicionado digital com tela tátil, central multimídia com tela de 7 polegadas e suporte a Android Auto e Apple CarPlay, bancos revestidos em couro, sistema de navegação por satélite (GPS), acendimento automático dos faróis, espelhos retrovisores com rebatimento elétrico, câmera de ré, apoio de braço no console central, volante revestido em couro, paddle shifts para trocas atrás do volante, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e piloto automático.

WR-V 5 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Olho vivo nos valores de revisão, que não são fixos
Imagem: Murilo Góes/UOL

A Honda oferece mão de obra gratuita nas duas primeiras revisões.

Porém, vale a pena pesquisar bem antes de escolher qual concessionária levar o carro, uma vez que as revendas praticam valores distintos entre si. Por isso, levamos em consideração a média dos valores cobrados por quatro concessionárias em regiões distintas do pais.

Na segurança, o WR-V EXL vem com um bom pacote, que inclui 6 airbags, controles de estabilidade e de tração e assistente de partida em rampas.

WR-V 4 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
WR-V enfrenta Nivus e Ecosport
Imagem: Murilo Góes/UOL

O WR-V encara como principais concorrentes Ford EcoSport Freestyle (R$ 91.990) e VW Nivus Highline (R$ 98.290)

O EcoSport custa menos e traz um motor mais potente (137 cv), mas perde ao vir apenas com o airbag duplo frontal obrigatório por lei - o WR-V oferece 6 bolsas infláveis.

Diante do Nivus, o Honda é mais barato, mas perde em conectividade (a central multimídia VW Play traz mais recursos e uma tela maior de 10,1 polegadas) e sobretudo em segurança.

O modelo da Honda não oferece nenhuma das assistências de condução presentes no rival, como alerta de colisão frontal, piloto automático adaptativo e sistema de frenagem de emergência.

Mecânica
  • Motorização

  • 1.5, 16V, 4 cilindros em linha, flex

  • Combustível

  • Etanol / Gasolina

  • Potência (cv)

  • 116 cv / 115 cv a 6.600 rpm / 6.000 rpm

  • Torque (kgf.m)

  • 15,3 kgfm / 15,2 kgfm a 4.800 rpm

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • n/d

  • Velocidade máxima (km/h)

  • n/d

  • Consumo cidade (km/l)

  • 8,1 km/l / 8,8 km/l

  • Consumo estrada (km/l)

  • 11,7 km/l / 12,4 km/l

  • Câmbio

  • CVT

  • Tração

  • dianteira

  • Direção

  • elétrica

  • Suspensão Dianteira

  • independente, McPherson

  • Suspensão Traseira

  • independente, eixo de torção

  • Freios Dianteiros

  • discos ventilados

  • Freios Traseiros

  • tambor

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 195/60 R16

  • Rodas

  • 16 polegadas

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1599 mm

  • Comprimento (mm)

  • 4068 mm

  • Entre-eixos (mm)

  • 2555 mm

  • Largura (mm)

  • 1695 mm

  • Ocupantes

  • 5

  • Peso (kg)

  • 1130 kg

  • Porta-malas (L)

  • 363 l

  • Tanque (L)

  • 45 l

Preço das Revisões, Seguro e Garantia
  • 10.000 km

  • R$ 346,43 (média)

  • 20.000 km

  • R$ 525,01 (média)

  • 30.000 km

  • R$ 581,98 (média)

  • 40.000 km

  • R$ 2.196,03 (média)

  • 50.000 km

  • R$ 581,98 (média)

  • 60.000 km

  • R$ 962,46 (média)

  • Seguro

  • R$ 2.100 (média)

  • Garantia

  • 3 anos

Equipamentos
  • Airbags Motorista

  • Airbags Passageiro

  • Airbags Laterais

  • Airbags do tipo Cortina

  • Controle de Estabilidade

  • Controle de Tração

  • Freios ABS

  • Distribuição Eletrônica de Frenagem

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Piloto Automático

  • Volante com Regulagem de Altura

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Vidros Elétricos Traseiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Entrada Auxiliar

  • Banco de Couro

  • Banco do motorista com ajuste de altura

  • Desembaçador Traseiro

  • Computador de Bordo

  • Acendimento automático dos faróis

  • Faróis de neblina