PUBLICIDADE
Topo

Chevrolet Spin ignora idade e ainda é boa compra para quem quer espaço

Vitor Matsubara

Colaboração para o UOL, de São Paulo (SP)

04/05/2022 04h00

Resumo da notícia

  • Minivan é única opção para quem precisa de 7 lugares na faixa dos R$ 100 mil
  • Linha 2023 da Spin traz novas versões e ganhou alguns equipamentos
  • Custo de manutenção também é ponto forte da veterana Spin

Faz quase uma década que a Chevrolet Spin estreou no Brasil. Mesmo com a ingrata missão de substituir as consagradas Meriva e Zafira, a minivan caiu nas graças de quem precisava de espaço para levar até sete pessoas.

O tempo passou e bastante coisa mudou na indústria automotiva. Ou nem tanto assim, já que a Spin segue à venda. Prestes a completar 10 anos de vida, o modelo ganhou algumas mudanças na linha 2023. Mas será que elas foram suficientes para dar fôlego à veterana minivan?

Chevrolet Spin Premier

Preço

R$ 122.450
Carros
3,9 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

A engenharia da Chevrolet se esforça para realizar melhorias no motor 1.8, mas as médias de consumo não são exemplares

O veterano motor 1.8 teve inúmeras mudanças ao longo dos anos, mas já dá sinais de cansaço diante dos propulsores turbinados

A Spin ganhou formas mais harmoniosas com a reestilização de 2018, mas nunca foi exemplo de beleza

A versão Premier tem um bom pacote de equipamentos e até consegue amenizar o peso da idade do projeto

Aqui não tem conversa: a Spin é o carro mais espaçoso para quem precisa de sete lugares nesta faixa de preço

Pontos Positivos

  • Espaço interno
  • Relação custo/benefício

Pontos Negativos

  • Desempenho
  • Design

Veredito

A longevidade da Spin pode ser justificada por sua funcionalidade. Afinal de contas, não existe opção mais acessível para quem precisa de espaço para até sete passageiros. Essa é a maior virtude do modelo e a razão de sua existência, fazendo com que muitos clientes relevem algumas deficiências do projeto, como o desempenho tímido do motor 1.8 e o design que nunca foi um exemplo de beleza.

Design e espaço interno

Beleza nunca foi o ponto forte da Spin. As linhas idealizadas pelo controverso Carlos Barba renderam críticas lá em 2012 pela falta de harmonia. Os faróis pequenos e a grade dianteira de dimensões exageradas renderam piadas que não vamos reproduzir aqui.

Felizmente a reestilização feita em 2018 acabou com boa parte dos problemas do projeto original. O conjunto óptico ficou maior e mais afilado, combinando bem com a nova grade menor e mais larga. Atrás, as lanternas horizontais foram substituídas por peças horizontais, cujo efeito visual deixou a Spin com um estilo mais horizontal - e menos desajeitado.

A cabine, porém, pouco mudou nesses 10 anos de estrada. Muita coisa foi herdada do finado Cobalt, como as saídas de ar-condicionado e o desenho do console central. Na última atualização visual, a GM trocou o cansado painel digital por um quadro de instrumentos mais moderno vindo do antigo Tracker.

Só que tudo isso fica em segundo plano quando analisamos o espaço interno. Não existe automóvel zero quilômetro no Brasil mais espaçoso do que a Spin em sua faixa de preço. Só ela leva sete pessoas na faixa dos R$ 100 mil, já que outros modelos com a mesma capacidade custam bem mais caro.

Além das três fileiras de bancos, a minivan da Chevrolet também é valorizada por quem precisa de espaço para as bagagens. A capacidade do porta-malas varia de 553 litros com a terceira fileira dobrada a 162 litros se todos os lugares estiverem ocupados. Precisa de bastante espaço? Então é só rebater as duas fileiras traseiras para ter 710 litros à disposição.

Consumo e desempenho

Spin 1 - Vitor Matsubara/UOL - Vitor Matsubara/UOL
Veterano motor 1.8 sente o peso da idade
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

A Spin é o único modelo da gama atual da Chevrolet que usa o motor 1.8 SPE/4 Eco. Evolução do antigo Família I, o conjunto recebeu várias melhorias ao longo dos anos para se manter minimamente eficiente. São 111 cv com etanol e 106 cv quando o combustível é a gasolina. Já o torque máximo é de 17,7 kgfm e 16,8 kgfm, respectivamente.
Associado ao câmbio automático de seis marchas, o motor não esbanja fôlego nas acelerações e retomadas de velocidade. Ele também não é o mais silencioso em funcionamento, uma vez que o nível de ruído dentro da cabine é um pouco mais alto do que o desejado. Mas vamos ser sinceros: quem compra a Spin não liga para desempenho. Ou pelo menos não deveria.

O que é importante, sim, é o consumo de combustível. De acordo com o Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro, a Spin faz 7,7 km/l na cidade e 9 km/l na estrada com etanol no tanque. Caso você esteja com dinheiro sobrando para encher o tanque com gasolina, as médias de consumo devem girar em torno de 11,1 km/l no perímetro urbano e 12,7 km/l se você cair na estrada.

Só que, surpreendentemente, a Spin obteve médias de consumo melhores do que as informadas pelo Inmetro. Em meio ao horroroso trânsito urbano e com o ar-condicionado ligado, eu consegui fazer 8,5 km/l com etanol. E olha que até passei dos 9 km/l em alguns momentos.

Equipamentos

Spin 2 - Fábio Gonzalez/Divulgação - Fábio Gonzalez/Divulgação
Cabine pouco mudou em 10 anos de vida
Imagem: Fábio Gonzalez/Divulgação

Sim, a Spin pode estar defasada, mas ainda tem um público cativo. Culpa disso está também no bom pacote de equipamentos, como acontece com a versão Premier.

A minivan vem com acendimento automático dos faróis, partida do motor por um botão na chave, câmera de ré, sensor de chuva, ar-condicionado, direção elétrica, travamento central das portas, ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix, faróis de neblina, rodas de liga leve de 16 polegadas e central multimídia MyLink com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, entre outros equipamentos.

A Spin também vem com o sistema de concièrge e assistência OnStar, que pode ser acionado por meio de um botão no espelho retrovisor. Além de ajudar o cliente em situações de emergência, a central de atendimento do serviço (pago) da Chevrolet pode fornecer informações como a previsão do tempo ou até indicar pontos de interesse.

Manutenção e segurança

Spin 3 - Divulgação - Divulgação
Baixo custo de manutenção é um dos trunfos da Spin
Imagem: Divulgação

Além do ótimo espaço interno, a Spin também se apóia na boa relação custo/benefício. Isso inclui o custo das revisões períódicas, uma vez que o proprietário vai desembolsar menos de R$ 5 mil (ou R$ 4.784, para ser mais preciso) para realizar as seis primeiras revisões. Já o seguro gira na casa dos R$ 5 mil, dependendo do perfil e da seguradora.

A Spin Premier traz itens de segurança importantes, como os controles de estabilidade e de tração e o assistente de partida em rampas, embora cometa um deslize grave ao vir apenas com o airbag duplo frontal obrigatório por lei.

Mercado

Spin 4 - Divulgação - Divulgação
Sem rivais diretos, a Spin nada de braçada em sua categoria
Imagem: Divulgação

A Spin vive uma situação rara por não possuir concorrentes diretos. Hoje é a única minivan da categoria, já que seu último rival foi o Fiat Doblò, que deixou de ser fabricado no fim do ano passado por conta das novas leis de emissões de poluentes.

Com isso, quem não quiser levar uma Spin para casa precisará desembolsar mais de R$ 200 mil por modelos como o Caoa Chery Tiggo 8 ou o Jeep Commander, bem mais sofisticados (e caros, claro) do que a minivan da Chevrolet.

Eis, portanto, o principal motivo da longevidade da Spin, e que faz o modelo ser tão procurado por taxistas e frotistas em geral.

Mecânica
  • Motorização

  • 1.8, 8V, 4 cilindros, flex

  • Combustível

  • Etanol / Gasolina

  • Potência (cv)

  • 111 / 106

  • Torque (kgf.m)

  • 17,7 / 16,8

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • 10,2

  • Velocidade máxima (km/h)

  • 173

  • Consumo cidade (km/l)

  • 7,7 / 11,1

  • Consumo estrada (km/l)

  • 9 / 12,7

  • Câmbio

  • automático de 6 marchas

  • Tração

  • dianteira

  • Direção

  • elétrica

  • Suspensão Dianteira

  • independente, McPherson

  • Suspensão Traseira

  • eixo de torção

  • Freios Dianteiros

  • discos ventilados

  • Freios Traseiros

  • tambor

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 205/60 R16

  • Rodas

  • 16 polegadas

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1684

  • Comprimento (mm)

  • 4360

  • Entre-eixos (mm)

  • 2620

  • Largura (mm)

  • 1735

  • Ocupantes

  • 7

  • Peso (kg)

  • 1207

  • Porta-malas (L)

  • 756

  • Tanque (L)

  • 53

Equipamentos
  • Airbags Motorista

  • Airbags Passageiro

  • Controle de Estabilidade

  • Controle de Tração

  • Freios ABS

  • Distribuição Eletrônica de Frenagem

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Piloto Automático

  • Volante com Regulagem de Altura

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Vidros Elétricos Traseiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Entrada Auxiliar

  • Banco de Couro

  • Banco do motorista com ajuste de altura

  • Desembaçador Traseiro

  • Computador de Bordo

  • Acendimento automático dos faróis

  • Faróis de neblina

  • Faróis com regulagem de altura