PUBLICIDADE
Topo

Carnaval em 2022 é reconhecido como patrimônio imaterial de SP

Detalhe do troféu de campeã do Carnaval de São Paulo, título conquistado pela Águia de Ouro - Ricardo Matsukawa/UOL
Detalhe do troféu de campeã do Carnaval de São Paulo, título conquistado pela Águia de Ouro Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL

Do UOL, em São Paulo

09/11/2021 21h41

O Carnaval de São Paulo de 2022 foi reconhecido hoje, em reunião da Liga-SP com o governador João Doria (PSDB), como patrimônio imaterial do Estado.

Em decisão unânime, o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico reconheceu que as práticas carnavalescas traduzem "saberes, fazeres e uma identidade coletiva que criam relações de pertencimento".

Também estiveram presentes no encontro, realizado no Palácio dos Bandeirantes, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB); o secretário Estadual de Cultura, Sérgio Sá Leitão; a secretária adjunta de Desenvolvimento Social, Nayra Kamon; e o superintendente de Comunicação da Sabesp, Fabio Toreta.

A Liga-SP foi representada pela vice-presidente, Luciana Silva, também presidente da Tom Maior; Paulo Serdan, presidente da Mancha Verde; e Lúcia Helena Silva, do Departamento Sociocultural da Liga-SP.

"Depois de anos sem serem recebidos por um chefe do poder executivo do Estado de São Paulo, os representantes da Liga Independente das Escolas de São Paulo se reuniram nesta terça (9) com João Doria, governador de São Paulo, para falar sobre o Carnaval SP 2022 e o reconhecimento das práticas e saberes carnavalescos como Patrimônio Imaterial do Estado de São Paulo. O Carnaval de São Paulo colhe bons frutos deste encontro. O carnaval da vida!", comemorou a Liga-SP.

Em contato com o UOL, o deputado Alexandre Frota afirmou ainda que novas pautas e patrocínios para o Carnaval foram acordados na reunião. A parceria será concretizada em um evento no dia 7 de dezembro.