PUBLICIDADE
Topo

Apuração do Rio tem Jojo estressada, Paolla Oliveira ausente e Lexa manca

Lexa com a delegação da Unidos da Tijuca, escola da qual foi rainha de bateria, durante a apuração das notas - Júlio César Guimarães/UOL
Lexa com a delegação da Unidos da Tijuca, escola da qual foi rainha de bateria, durante a apuração das notas Imagem: Júlio César Guimarães/UOL

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/02/2020 19h18

A disputa acirrada pelo título do Carnaval 2020 até o último quesito entre Grande Rio, Beija-Flor e Viradouro deixou o clima quente entre os integrantes das escolas de samba. Hoje, a vitória ficou com a escola de Niterói.

Jojo Todynho chegou atrasada para acompanhar os resultados da Beija-Flor, ao lado de Nicole Bahls. Enquanto a ex-panicat fechava os olhos e rezava momentos antes de anunciarem as notas da agremiação de Nilópolis, a funkeira, que foi destaque da azul e branco, se descontrolava toda vez que a escola recebia um 9.9. Jojo gesticulava e soltava meia dúzia de palavrões.

Nos momentos em que a Grande Rio liderou a apuração e sua mesa estava repleta de fotógrafos e cinegrafistas para registrarem as reações dos membros, muitos questionavam o paradeiro da rainha da bateria da escola: "Cadê a Paolla Oliveira?".

A atriz esteve mais cedo na praia com amigas e não marcou presença na apuração, diferentemente de outras rainhas famosas. Nervosa, Aline Riscado balançava as pernas a cada décimo perdido pela Vila Isabel. Viviane Araújo, de óculos escuros espelhados, estava apreensiva com as notas. Já Lexa, que levou um tombo na Sapucaí, surgiu, mesmo manca, para torcer pela Unidos da Tijuca, que amargou a nona colocação.

Quando estava tudo certo que a Viradouro seria a campeã, faltando o anúncio das notas do último quesito, os membros da escola já vibravam com o título. Nervoso, o presidente da escola Marcelinho Calil, batia na mesa, com uma imagem de São Miguel Arcanjo e gritava: "Não acabou ainda p....! Só acaba quando termina", disse ele, descontrolado, ainda incrédulo com o título.

"O Carnaval disputado é isso. Ser campeão é a melhor sensação do mundo. Dedico esse título a comunidade do Viradouro, que é incansável, e a minha família. Viradouro campeã, merecemos esse título", comemorou ele. Mas só quando todas as notas haviam sido anunciadas.

Rio de Janeiro