PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Vila Maria supera problemas e empolga com pandas ao homenagear a China

Pandas foram destaque em um dos carros da Unidos de Vila Maria - Ricardo Matsukawa/UOL
Pandas foram destaque em um dos carros da Unidos de Vila Maria Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL

Do UOl, em São Paulo*

23/02/2020 04h33

A Unidos de Vila Maria foi longe para buscar inspiração na tentativa de um título inédito no Carnaval de São Paulo: a China.

A agremiação da zona norte desfilou homenageando o país mais populoso do mundo com o samba-enredo "A Grandeza da China e suas mentes sábias e brilhantes remetem ao mundo seus encantos. China o sonho de um povo embala o Samba e faz a Vila sonhar".

Savia David foi novamente à frente da bateria da Vila Maria como rainha. A ex-panicat Dani Bolina desfilou como madrinha. Momentos antes de entrar na avenida, ela confessou ao UOL tensão por se sentir "pelada" com sua fantasia de guerreira chinesa.

Problemas na avenida

O desfile começou tenso, depois que o abre-alas teve problemas para sair do lugar. Com muitos painéis de led estampando a Muralha da China e com um enorme dragão, outro símbolo da cultura asiática, o carro estava muito pesado. Na concentração, um membro da diretoria culpava o tanque de água acoplado na alegoria pelo excesso de peso.

Após esforço de vários integrantes da escola, que se uniram para empurrar o carro abre-alas na concentração, a estrutura com 50 metros de comprimento e 16 metros de altura saiu do lugar sob aplausos de alívio e a tempo do início do desfile.

Musa da Unidos de Vila Maria - Ricardo Matsukawa/UOL - Ricardo Matsukawa/UOL
Musa da Vila Maria, Jacqueline Grohalski desfilou com o costeiro pela metade
Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL

A ex-BBB Jacqueline Grohalski, que foi destaque de chão à frente de um dos carros, desfilou com o costeiro pela metade. Ela contou que teve problemas com atraso na entrega da fantasia, e quando a roupa finalmente chegou, as penas do costeiro estavam escassas.

O segundo casal de mestre-sala e porta-bandeira também enfrentou problemas na avenida. O mestre-sala Paulo também perdeu um pedaço de seu costeiro. A roupa do casal representava "A Invenção dos Fogos de Artifício".

O incidente, no entanto, não deve gerar punição, já que o segundo casal não pontua, apenas por fantasia. A falta de um pedaço da roupa, porém, pode ter sido notada pelos jurados.

Pandas fofinhos

O desfile com 23 alas, 5 carros e 2.900 componentes seguiu uma ordem cronológica, destacando as principais invenções, monumentos e lendas chinesas. Para criá-lo, o carnavalesco Cristiano Bara passou 45 dias na China.

Enquanto a comissão de frente representava a lenda do Rei Macaco, história que marca a forma como crianças chinesas aprendem literatura, o último carro em formato de nave espacial destacava um projeto recente que pretende levar parte da população da China para a Lua.

Destaque também para o carro "Cidades Inteligentes", que trouxe pandas divertidos na frente, um panda articulado no topo e vários pandinhas crianças desfilando na lateral, criando um dos momentos mais fofos do segundo dia de desfiles do Grupo Especial de São Paulo. O público aprovou e se empolgou, fazendo muitas fotos da alegoria.

Pandas Vila Maria - Ricardo Matsukawa/UOL - Ricardo Matsukawa/UOL
Ala das crianças da Unidos da Vila Maria veio fantasiada de pandinhas
Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL

Com muitas cores distribuídas entre as alas, que remetiam a temas como biomedicina, tecnologia, acupuntura, flores exóticas, algumas fantasias se destacaram pelo uso da tecnologia LED. A chuva de papel picado do carro abre-alas do início ao fim do desfile também garantiu um brilho diferente para a Unidos de Vila Maria na avenida.

No ano passado, a agremiação teve seu melhor desempenho desde que voltou à elite em 2015 — terminou na quarta posição, atrás de Mancha Verde, Dragões da Real e Rosas de Ouro.

*colaborou Anahi Martinho e Soraia Gama

Samba-enredo

"A Grandeza da China e suas mentes sábias e brilhantes remetem ao mundo seus encantos. China o sonho de um povo embala o Samba e faz a Vila sonhar"

Compositores: Cacá Camargo, Tim Cardoso, Acerola de Angola, Sérgio Carmo, Renan Takacs, Xuxu do Cavaco, Bruno Pelé, Marcos Thiago, André Luiz, Luiz Jacaré e Rapha Maslionis.

Vila, um caso de amor na avenida
O mundo hoje te reverencia,
Oh, China! Oh, China!
Um caso de amor na avenida
O mundo hoje te reverencia,
Oh, China! Oh, China!

Meu dragão milenar
Emana a energia que me faz sonhar
Grandes impérios se erguiam,
Mentes brilhantes que criam
Viver em perfeita harmonia
Caminho traçado, que maravilha!
Da lua, posso ver os astros a bailar
Artes de um povo em união
Filhos de uma só nação

Oh, pátria guerreira da sabedoria
Em cores e versos, essa melodia...
Tão bela ternura espalha no ar...
Faz encantar!

É fascinante, sonho real
Que retrata esse país continental!
Renova o corpo e a alma
Com o verde da esperança
Desperta a potência e a bonança
Xiè Xiè! A Vila Maria vem agradecer
Por tuas glórias, meu canto ecoou
O nosso momento chegou!
E faz a festa... a hora é essa
Um novo tempo vem aí
A Mais Famosa a reluzir

Veja os destaques do segundo dia de desfiles

São Paulo