PUBLICIDADE
Topo

Blocos de Rua

Bloco de drags, MinhoQueens faz discurso contra gordofobia

Marley Galvão

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/02/2020 15h59

Durante o trajeto do bloco MinhoQueens, neste sábado, 22, que saiu da esquina das avenidas São João com a Ipiranga pontualmente às 15h, a drag queen Kikaboom animou uma multidão que se espremia pelas ruas em torno do bloco. Após a terceira música, ela parou para falar sobre gordofobia.

"Vai ter drag queen gorda cantando e usando todos os espaços dessa sociedade, sim", disse a cantora Kikaboom do trio do bloco MinhoQueens, em resposta a uma pessoa que se incomodou com seu biotipo e a chamou de gorda. "Ela não mentiu, mas vai ter gorda cantando no Carnaval sim", disse enquanto o bloco seguia seu roteiro pelas ruas da região.

Apesar da fina garoa, os foliões não desanimaram. A previsão do tempo é de céu nublado durante todo o trajeto com garoa. Nada que atrapalhe o Carnaval de milhares de foliões

A fundadora

Emocionada, a Mama Darling, fundadora do bloco, chegou às 14h15 no bloco. "Já chorei muito de emoção. Estamos comemorando 5 anos com o bloco muito maior".

Na concentração, marcada para às 14h, na Praça da República, os foliões chegaram antes das 13h fantasiados dos mais diversos personagens. Aqui, a ordem é investir na criatividade. Tem Padre, fantasia usada pelo jovem aprendiz Kaio Teixeira e até homenagem à Bjork no Oscar 2001, quando a cantora andou no tapete vermelho com um vestido em forma de cisne.

Quem escolheu e fez a fantasia foi Alison Alvarez, cabelereiro que todo ano homenageia uma grande diva internacional.

Mama Darling ainda falou do jovem público. "Olha toda essa gente nova. Eu já sou quase avó", brincou minutos antes de subir ao trio e dar início à folia.

No meio da multidão, a administradora de animais, Thais Caju, resolveu aumentar a renda com criatividade. Ela faz glitter caseiro livre de testes em animais. Eu uso gel caseiro, essência e glitter comestível usado em confeitarias", explicou ela, garantindo que o glitter sustentável adere mais à pele do que o comum. A ideia surgiu no Carnaval passado. "Como trabalho com animais resolvi apostar na ideia", completou Thais.

Sobre o MinhoQueens

O bloco, que reúne milhares pessoas tradicionalmente na Praça da República, nasceu em 2015 pela iniciativa do executivo e drag queen Fernando Magrin, a Mama Darling, gerente de negócios de uma companhia aérea. O bloco surgiu da ideia de resgatar a folia dos velhos carnavais de rua e tem como premissa contribuir com a inclusão e o reconhecimento da comunidade LGBT, tudo de forma leve e divertida.

Blocos de Rua