PUBLICIDADE
Topo

Michelle Barros estreia na cobertura do Carnaval de SP com Chico Pinheiro

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

21/02/2020 14h05

Com 20 anos de transmissão do Carnaval de São Paulo, Chico Pinheiro ganhou uma nova companheira para a cobertura do evento neste ano: a jornalista Michelle Barros. Ela estreia no comando, ao lado do veterano, trazendo na bagagem a experiência de dez anos como repórter do tema.

"Acompanho há muito tempo a evolução das escolas e posso dizer que é maravilhoso ver o quanto elas cresceram. Conheço Chico há anos, desde quando ele ainda ancorava o SP1. Ele é um mestre e é um imenso prazer dividir uma tarefa com ele", disse Michelle.

Michelle e Chico contam que o trabalho precede os dias de desfiles. Há muita pesquisa para entender os detalhes que cada escola leva à avenida.

"Após realizar visitas técnicas nos barracões das escolas, conversamos com carnavalescos para entender o que estava sendo produzido para cada desfile. Peguei informações extras sobre fantasias e outros detalhes com os carnavalescos e componentes como os casais de mestre-sala e porta-bandeira. Além disso, tenho me dedicado a exercícios de fono para dar conta das horas de narração", contou Michelle.

"Além dessas visitas, procuramos ouvir os sambas de cada escola para entender melhor suas histórias e significados", acrescentou Chico.

Para o apresentador, a evolução do Carnaval paulista foi grande nos últimos anos. "A reunião de vários barracões em um único espaço (a Fábrica do Samba) é um dado importante da evolução do nosso carnaval. A Fábrica do Samba deu às escolas melhores condições para a evolução de seus trabalhos. Outro ponto importante é a presença, cada vez maior, de experientes carnavalescos e técnicos. Não há ano em que não se note avanços, em todos os aspectos", elogiou Chico.

A Rede Globo transmite os desfiles do Grupo Especial hoje e amanhã para todo o Brasil, menos Rio de Janeiro, a partir das 23h15.

São Paulo