PUBLICIDADE
Topo

A nova voz do Carnaval da Globo em SP: veja como Michelle Barros se prepara

Michelle Barros fará a transmissão dos desfiles das escolas de samba do Carnaval de São Paulo - Divulgação
Michelle Barros fará a transmissão dos desfiles das escolas de samba do Carnaval de São Paulo Imagem: Divulgação

Thaís Sant'Anna

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/02/2020 04h00

A transmissão na Globo dos desfiles das escolas de samba do Carnaval de São Paulo, nos dias 21 e 22 de fevereiro, terá uma nova jornalista ao lado de Chico Pinheiro. Trata-se de Michelle Barros, rosto já conhecido pelo público em reportagens diversas na emissora e também no Hora 1, noticiário que apresenta na folga dos titulares.

Em conversa com o UOL, Michelle fala sobre a nova experiência, com a qual está acostumada, já que há 10 anos faz a cobertura do Carnaval como repórter na pista do Sambódromo.

"Quando me falaram da escolha [para apresentar], fiquei extremamente feliz e lisonjeada. São desafios completamente distintos. Conheço bem o Anhembi e as 14 escolas do Grupo Especial, o que facilita a tarefa. Agora há novas metas, e adoro me sentir desafiada. Estou empolgadíssima. O grande desafio é transmitir o desfile com alegria e informação até o amanhecer", diz ela.

Preparo

A jornalista conta que segue em constante estudo para a transmissão, em que terá de saber o detalhe de cada agremiação para passar tudo aos telespectadores.

"Estou organizando as informações que coletei nas visitas aos barracões, acrescentando pesquisa histórica para alguns itens que serão citados em alas e alegorias e participando das reuniões preparatórias com a equipe de transmissão", conta.

Dicas de colegas

Michelle apresentará os desfiles das escolas ao lado do já veterano Chico Pinheiro. Ela confessa que pediu algumas dicas ao colega.

"Conheço o Chico há anos, de quando ele ainda ancorava o SP1. E, claro, pedi ajuda a ele. Chico é um mestre e é um imenso prazer dividir uma tarefa com ele", celebra.

No Rio, quem faz a transmissão é a queridinha do público Fátima Bernardes, com quem Michelle também quer pegar alguns conselhos.

"Ela é o máximo e sempre simpática", elogia.

"Sucesso é consequência"

Michelle vem em uma carreira em plena ascensão na TV Globo. Com 40 anos de idade, sendo 11 só na emissora, ela já passou pelo SPTV, Hora 1 e apresenta reportagens diversas.

"Aprendi muito aqui, ainda tenho muito a aprender e acredito que, com trabalho e perseverança, se chega aonde se pretende. O sucesso é consequência", declara.

Se tem algum cargo ou jornal que ainda sonha, ela não entrega. "Tem muita coisa que quero fazer na vida. Como disse, adoro desafios. Os grandes são sempre mais interessantes", limita-se a dizer.

Discreta

Discreta na vida pessoal e nas redes sociais —ela tem 95,3 mil seguidores no Instagram, rede em que costuma postar apenas assuntos profissionais—, Michelle sabe valorizar o carinho do público e a visibilidade que a televisão proporciona.

"Sou bem quieta fora do ar. Gosto de estar comigo, ouvir música, ler. Mas ao mesmo tempo amo quando alguém diz que curte o trabalho que a gente faz. Isso é um retorno bacana da profissão", comemora.

São Paulo