PUBLICIDADE
Topo

"Sou discurso ambulante de empoderamento", diz Pitty em pré-carnaval no Rio

A cantora baiana Pitty se aprenta no Festival do Spanta, na Marina da Glória, na noite de sábado (25) - Ricardo Borges/UOL
A cantora baiana Pitty se aprenta no Festival do Spanta, na Marina da Glória, na noite de sábado (25) Imagem: Ricardo Borges/UOL

Monique Arruda

Colaboração para o UOL, no Rio

25/01/2020 20h59

A cantora Pitty abriu os shows do palco principal do Festival do Spanta na noite deste sábado, 25, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro. Após a apresentação no evento, que faz parte da programação de pré-carnaval na cidade, a cantora falou sobre empoderamento feminino, principalmente no Carnaval, uma época que muitas mulheres sofrem com assédio.

"Sou um discurso ambulante de empoderamento da mulher, desde a hora em que eu acordo até a hora em que eu vou dormir. Não preciso falar disso em todos os shows, minha imagem e minhas músicas já falam por si".

A roqueira pulou tanto durante a apresentação que teve de tirar os sapatos e estava com uma super bolha no pé. "Esse é o resultado do mega show que fiz. Está doendo, mas estou muito feliz."

Sobre cantar rock em um evento de pré-carnaval, a artista comentou: "Achei o máximo ser convidada. Esse evento reúne uma diversidade linda da música brasileira. Fiquei muito feliz vendo a galera curtir e cantar todas as músicas"

A edição deste sábado do Festival do Spanta tem entre as atrações principais os artistas Xenia França, Luan Santana, Belo, Dona Onete e a Banda Eva.

Blocos de Rua