PUBLICIDADE
Topo

Leo Dias

Pedro Scooby e Cintia Dicker chegam de mãos dadas em camarote: "Voltamos"

Pedro Scooby e Cintia Dicker chegam de mãos dadas - Divulgação
Pedro Scooby e Cintia Dicker chegam de mãos dadas Imagem: Divulgação
Blog do Leo Dias

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.

23/02/2020 22h45

Cintia Dicker e Pedro Scooby chegaram de mãos dadas ao Nosso Camarote na noite deste domingo (23) após se beijarem no dia anterior no mesmo espaço vip. Eles terminaram a relação pouco depois do réveillon e se reencontraram no último sábado (22) e não resistiram à paixão.

"Voltamos, graças a Deus", revelou Pedro Scooby assim que chegou ao camarote.

O casal vai assistir ao show de Anitta nessa noite e para o surfista a apresentação de sua ex-namorada não vai causar nenhum climão.

"Que bom que vai ter. Vai ser um showzão", elogiou o surfista que não quis prolongar o assunto se vai assistir ao show da Poderosa com Cintia: "Ah, sei lá, provavelmente. Eu estou junto com a Cintia vai ter show da Anitta, então, sim".

Pedro Scooby também revelou que vai tentar desfilar pela Beija-Flor, escola de samba que tem entre os líderes Gabriel David, atual affair de Anitta.

"Estão namorando? Não sei disso, estou fora do Brasil há cinco meses, não acompanho essas coisas", despistou o surfista de ondas gigantes para a Rede TV durante os Bastidores do Carnaval.

Logo assim que terminaram o namoro, Cintia Dicker e Pedro Scooby apagaram as fotos que tinham juntos e deixaram de se seguir no Instagram. Mas após se reencontrarem no mesmo camarote na madrugada deste domingo (23) e se beijarem sem medo de serem flagrados juntos novamente, o surfista e a modelo voltaram a se seguir na rede social de fotos e vídeos.

Além de voltarem a se seguir, Cintia desarquivou algumas fotos que tinha em clima de romance com Scooby, ou seja, as imagens já podem ser vistas novamente no perfil da ruiva. Já as fotos do casal continuam fora do perfil do pai dos filhos de Luana Piovani.

*Com colaboração de Monique Arruda.

Leo Dias