PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Doria pede foto e provoca climão com Zeca Pagodinho em camarote

Zeca Pagodinho posa com João Doria e Amaral em camarote - Eduardo Martins/AgNews
Zeca Pagodinho posa com João Doria e Amaral em camarote Imagem: Eduardo Martins/AgNews

Janaina Nunes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/02/2018 02h21

O prefeito de São Paulo, João Doria, chegou de surpresa no camarote do Bar Brahma neste sábado (10) e causou a maior saia justa na área vip do local. Tudo porque Doria, sabendo da presença de Zeca Pagodinho, fez questão de tirar foto com o sambista.

Zeca até cumprimentou o prefeito, mas não queria tirar foto. A situação foi forçada pelo staff de Doria, que aproveitou a presença do ex-jogador Amaral para fazer a foto coletiva.

Contrariado, Zeca fez cara de poucos amigos no registro. O sambista evita ao máximo associar sua imagem com políticos. Ao UOL, Amaral diz que não percebeu a situação. "Não posso falar do que não vi. Não sei se o Zeca gostou ou não", desconversou.

No final da noite, a assessoria de imprensa do Bar Brahma divulgou mensagem à imprensa em que ressaltou algumas parcerias em projetos sociais com a prefeitura e minimizou o episódio, dando a entender que Zeca não queria tirar foto com o prefeito por estar muito concentrado nos desfiles. 

"Todo mundo queria tirar foto com o prefeito, impecável como sempre, apesar de todo o calor e da confusão a sua volta. Só quem parece não ter se animado muito foi Zeca Pagodinho, que queria acompanhar as escolas de samba no detalhe -- chegou a pedir um colírio para enxergar melhor. O clima de 'lá em casa' era tanto que convidou os amigos do futebol Marcos Assunção, Amaral e Ronaldo para um bom bate-papo com uma boa cervejinha", diz o texto.