PUBLICIDADE
Topo

CarnaUOL

Minerato se preocupa com atraso de Sabrina e torce para não perder pontos

Tati Minerato, rainha da bateria da Gaviões da Fiel, na primeira noite de desfiles no Carnaval 2017 de São Paulo - Iwi Onodera/UOL
Tati Minerato, rainha da bateria da Gaviões da Fiel, na primeira noite de desfiles no Carnaval 2017 de São Paulo Imagem: Iwi Onodera/UOL

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

26/02/2017 04h58

Tati Minerato sai à frente da bateria da Gaviões da Fiel e já se acostumou a ter sempre Sabrina Sato ao seu lado como madrinha. Por isso, a rainha da escola de samba admite que se preocupou com o atraso da apresentadora no último desfile, mas não teme que a escola perca pontos.

"Ela chegou atrasada e não pegou o costeiro. Eu fiquei preocupada na hora, como tem horário, né? Mas ela pegou o desfile todo desde o inicio, só não pegou a concentração. Não tem risco de perder ponto", disse.

Minerato disse ainda estar muito feliz com o desempenho de sua escola. "Foi maravilhoso, é muito bom estar na avenida. Quando acaba, me sinto muito aliviada. Antes eu fico apreensiva, fico uma noite sem dormir", disse.

Sabrina Sato se atrasou para o desfile da Gaviões da Fiel no primeiro dia e atravessou a avenida sem o costeiro da fantasia. Ao UOL, ela relembrou os momentos de tensão antes de entrar no sambódromo.

"Imprevistos acontecem, mas quando o final é feliz tudo bem. Saí emocionada. Me pediram para atender a imprensa no hotel, eu fiz isso. Estava pronta havia duas horas. Falaram para eu ir de carro, mas depois de 20 minutos eu comecei a ouvir o samba. Desci no meio da marginal [Tietê], de salto alto, com a fantasia, do jeito que vocês me viram. Corri sozinha, eu chorava. Passei no meio de todas as escolas e encontrei um anjo da Gaviões, que me deu a mão. Parecia filme. No meio disso tudo ainda menstruei", recordou.

CarnaUOL