PUBLICIDADE
Topo

CarnaUOL

Para conseguir vestir fantasia, Boing Boing precisa cortar aplique capilar

Natalia Guaratto

Do UOL, em São Paulo

24/02/2017 21h11

O Carnaval de São Paulo começou com drama para Sabrina Boing Boing. Musa da Acadêmicos do Tatuapé, quarta escola a entrar no Anhembi, ela contou em entrevista ao UOL que vai precisar cortar o aplique que fez nos cabelos para poder desfilar. "Quando eu medi a cabeça, tinha menos cabelo. Agora não está entrando. Vou fazer um coque, vai dar tudo certo", garantiu. 

Para complicar sua situação, sua fantasia ainda não chegou ao sambódromo. "O trânsito, a chuva, atrasou tudo. Só tenho a cabeça, o punho e a sandália. Mas eu vou entrar de qualquer jeito. Qualquer coisa passo um brilho no corpo e 'bora' para a avenida", disse a musa, que não se importa em desfilar nua. "Sempre fui adepta do 'menos é mais'". 

A musa, que pretendia se aposentar da folia este ano, contou que já desistiu da ideia. "Acho que só vou parar quando não tiver mais joelho". 
 
Representando uma guerreira africana, Boing Boing disse que gastou uma.fortuna na fantasia. "O.Brasil está em crise, mas agora eu estou ainda mais. Vou demorar o ano inteiro para pagar".

CarnaUOL