Topo

Recife e Olinda


Com Lenine e Virgínia Rodrigues, Recife dá início ao Carnaval, nesta sexta

8.fev.2016 - A estimativa é de que mais de 250 mil pessoas lotaram o palco principal do carnaval do Recife para ver Nação Zumbi, Jota Quest e o Rappa - Roberta Guimarães/UOL
8.fev.2016 - A estimativa é de que mais de 250 mil pessoas lotaram o palco principal do carnaval do Recife para ver Nação Zumbi, Jota Quest e o Rappa
Imagem: Roberta Guimarães/UOL

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL, em Recife

24/02/2017 04h00

Embora o clima de Carnaval já impere na cidade desde o início do ano, o Recife começa oficialmente sua folia nesta sexta-feira (24). A cerimônia de abertura da festa acontece a partir das 18h, no Bairro do Recife, centro. Um cortejo reunindo cerca de 600 batuqueiros de maracatu, seguindo em direção à praça do Marco Zero, marca o pontapé inicial do maior festejo popular da capital pernambucana.

Os cantores Lenine e Virgínia Rodrigues foram convidados para participar do show de abertura, junto ao coral Voz Nagô. A noite desta sexta é dedicada ao percussionista Naná Vasconcelos, morto no ano passado. Nos últimos 16 anos, o músico foi responsável pela cerimônia que abre o Carnaval recifense.

Roberta Guimarães/UOL
Imagem: Roberta Guimarães/UOL
Acompanhada pela orquestra do maestro Edson Rodrigues, Vírginia é a primeira a subir ao palco. Ela canta o “Frevo Nº 1 do Recife”, composta por Antonio Maria e gravada na voz de Maria Bethânia. Lenine se junta ao espetáculo com as canções “Lavadeira do Rio”, “A Ponte” e “Loa” -- música composta por Naná Vasconcelos.

Imagens do percussionista pernambucano serão exibidas durante o espetáculo, nos telões, incluindo cenas de sua viagem à África e outras de ele cantando “Nizinga”, composição que faz referência a uma majestade africana.

Por fim, Lenine e Virgínia se juntam ao coral feminino Voz Nagô, ou maestro Nilsinho (amigo e parceiro artístico de Naná) e às 13 nações de maracatu para cantar “Sou a pele de um Tambor”, música inédita feita por Naná Vasconcelos.

Após o abre oficial, ao som do maracatu, o público ainda assiste a apresentações de caboclinhos e caem no frevo, com show de artistas locais e nacionais. Entre eles, a cantora Vanessa da Mata.

Atrações

Neste ano, durante os quatro dias de Carnaval do Recife, os foliões acompanham 2 mil apresentações, em cerca de 50 polos espalhados pela cidade. Nomes como Gaby Amarantos, Titãs, Jorge Aragão, Elba Ramalho, Alceu Valença, Geraldo Azevedo e Tulipa Ruiz estão entre as atrações da festa.