Topo

Recife e Olinda


Estátua do percussionista Naná Vasconcelos é inaugurada no Recife

05.fev.2016 - Naná Vasconcelos na festa de abertura do Carnaval do Recife  - Peu Hatz/Seturel-PE
05.fev.2016 - Naná Vasconcelos na festa de abertura do Carnaval do Recife
Imagem: Peu Hatz/Seturel-PE

Do UOL, em São Paulo

22/02/2017 15h50

Uma estátua do percussionista Naná Vasconcelos será inaugurada, nesta quarta-feira (22), no Marco Zero, Recife. Um dos mais importantes músicos brasileiros e figura histórica do Carnaval da capital pernambucana, Vasconcelos morreu em março do ano passado, vítima de um câncer de pulmão. A inauguração acontece às 18h30.

A obra, assinada pelo artista plástico Demétrio Albuquerque, tem quatro metros de altura -- a figura do músico tocando berimbau tem 1,70 e está em cima de tambores empilhados. O trabalho integra o Circuito da Poesia, um projeto com 16 estátuas em homenagem a artistas como o músico Chico Science e o escritor Ariano Suassuna.

O monumento será instalado ao lado dos armazéns do porto do Recife, no Marco Zero. Neste local, por 16 anos Naná Vasconcelos coordenou a abertura oficial do Carnaval da cidade, regendo mais de 500 batuqueiros de maracatu.

Homenagem 

Além da estátua, Naná Vasconcelos também ganha uma homenagem na abertura oficial do Carnaval do Recife. Na próxima sexta-feira (24), Lenine e Virgínia Rodrigues cantam no Marco Zero, acompanhados de 13 nação de maracatu e do coral feminino Voz Nagô.