PUBLICIDADE
Topo

Bichos

Tudo o que você precisa saber para cuidar do seu pet

Anitta encontrou cachorro perdido; saiba o que fazer nesse tipo de situação

Anitta contou nos stories a história do cachorro perdido encontrado por ela - Reprodução/instagram
Anitta contou nos stories a história do cachorro perdido encontrado por ela Imagem: Reprodução/instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/10/2020 09h55

Nesta quarta (14), Anitta postou uma série de stories em sua conta no Instagram mostrando seu desafio em reencontrar o dono de um cãozinho perdido, que foi parar na porta de sua mansão. "Esse doguinho calminho apareceu na porta da minha casa hoje. A gente está tentando fazer ele catar o rumo da casa dele e ele não quer.", contou no primeiro vídeo, mostrando o cachorro sentado ao seu lado.

A cantora e sua mãe tentaram, segundo ela, incentivar o animal a encontrar sozinho o caminho de casa, mas como ele se recusava a ir embora, precisaram acompanhá-lo em uma volta pelo condomínio. No final das contas, a história teve um final feliz com o dono do cachorro indo buscá-lo na casa de Anitta.

Mas imagine só se o cãozinho encontrado pela cantora não fosse tão "calminho" e estivesse na verdade assustado? Ou se ele não permitisse que colocassem uma coleira para tentar transportá-lo? Encontrar um animal perdido pode não ser tão tranquilo quanto foi no caso de Anitta. Por isso, reunimos algumas dicas para ajudá-lo a lidar com a situação caso você mesmo encontre um cachorrinho que se perdeu de casa.

Aproxime-se com cuidado

Perder-se de casa e dos tutores é, por si só, uma situação que pode ser muito estressante para alguns cachorros, variando de acordo com a personalidade deles e com o quanto estão ou não habituados a outras pessoas. Por isso, ao encontrar um cãozinho que parece perdido, aproxime-se com cuidado, use um tom de voz gentil e amigável e respeite o tempo dele antes de tocá-lo. Assim, ele ficará mais confiante e pode aceitar ajuda.

Ofereça água e ração

Ao se deparar com um animal perdido, é difícil mensurar a quanto tempo ele está naquela situação - pode estar vagando há algumas horas ou até dias. Por isso, experimente oferecer água e ração para o animal, já que ele pode estar com fome e sede.

Verifique se ele possui alguma identificação

Muitos cães e gatos costumam andar com coleiras que levam uma pequena chapa de identificação presas a elas. Nessa placa, geralmente está anotado o nome e telefone do tutor do animal! Caso o bichinho não tenha coleira ou qualquer outro tipo de identificação aparente, você ainda pode tentar levá-lo ao veterinário para verificar se ele possui algum microchip subcutâneo que ajude a chegar até os tutores.

Proporcione um ambiente confortável para o animal até que encontre os donos

Não encontrou nenhuma identificação que ajude a levar o animal de volta para a casa dele? Não se desespere. Você pode iniciar uma busca mais detalhada pela vizinhança, distribuindo cartazes, anunciando em grupos no WhatsApp e até nas redes sociais. Enquanto isso, busque um ambiente confortável para o animal em sua casa (ou na casa de algum conhecido, caso não possa oferecer isso), onde ele possa descansar e alimentar-se. Lembre-se de não colocar o animal em contato com seus próprios bichinhos de estimação neste tempo que ele passar na sua casa, já que você não conhece o histórico de saúde e vacinação dele.