PUBLICIDADE
Topo

Os cachorros adotados com a promessa de "porte pequeno" que ficaram enormes

Do UOL, em São Paulo

26/09/2020 04h00

Os vira-latas são os pets número um dos brasileiros, e tem até pesquisa provando isso! De acordo com o PetCenso 2019, os sem raça definida representam 29,4% dos cachorros nos lares do país - com o segundo colocado, o shih-tzu, bem atrás com 9,8%. Ao adotar um vira-latinha, além de contribuir para a diminuição dos animais abandonados nas ruas, você ainda conta com momentos de surpresa e diversão como esses aqui, que vários pais de pets adotados relataram em grupos e páginas no Facebook:

Os "tios" das ONGs até tentam, mas às vezes fica difícil mensurar o quanto o filhotinho vai, de fato, crescer. Alguns, acabam ficando maiores que os donos!

Cachorro adotado cresceu demais e ficou maior que o dono - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Tem estimativa que sai um pouquinho fora do esperado, como no caso do Loki.

Cachorro adotado que cresceu muito - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Ou do Bento:

Tem um que bateu recorde e se tornou o maior cachorro do condomínio:

Cachorro adotado se tornou o maior do condomínio - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

E teve até pais de gatos caindo no conto do "pode levar, não cresce muito não"

E mãe de bode:

Bode adotado que cresceu muito - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

E para não dizer que só tem gente surpresa com os pets que cresceram, tem aqueles que estão esperando seu "doberman" crescer até hoje: